Este Natal foi maravilhoso acabei sendo corno

Ola o que vou contar aconteceu neste Natal, sou casado, minha esposa uma mulher bonita, pernas grossas, uma bunda empolada carnuda, adora se mostrar, eu fico doido de tesão quando osa homens ficam olhando para a bunda dela, e ela adora anal, ela adora provocar os homens, rebola, me deixa doido.

Neste Natal por acontecer num Domingo fomos convidados a ´passar o dia na chácara de um amigo, uma bela chácara, uma piscina maravilhosa, chegamos por volta de umas 10 horas da manha, ficamos bebendo e fizemos um churrasco, na casa este amigo, que é viúvo, tem dois filhos um casado e um outro solteiro, e alguns amigos dos filhos dele, esta um calor, resolvemos entrar na piscina, nossa ate eu fiquei envergonhado com o biquine da minha mulher, nossa a bunda toda de fora, e que bunda, os garotos não tiravam os olhos, e o Francisco o dono da chácara viúvo, em conversa ele disse para mim nossa eu numa seca danada vendo isso, eu respondi minha mulher e foda, ele disse não esquenta deixa ela aproveitar, eu respondi tudo bem ate deixo, e ficamos bebendo, o filho dele casado havia saído com a mulher visitar uns amigos, o Francisco disse tem uma cachoeira aqui perto quer ir conhecer, eu disse vamos chamei minha mulher, ela veio só de biquine falei a ela ela colocou uma saída de banho curta e fomos, para chegar lá tinha que passar por uma trilha pelo meio do mato, já passava das 15 horas, chegamos na cachoeira, muito gostoso, ela logo tirou a saída de banho e entrou na água, ele também entrou quando ele ficou de sunga deu para ver o vergalhão da rola dele, entramos na água não tinha ninguém só dava nos lá, minha mulher começou com uma brincadeira de agarra agarra, ela me agarrou de frente o Francisco agarrou ela por trás, eu sentia que ela rebolava a bunda nele, ele doidão tirou a caçeta para fora e colocou no meio das pernas dela, no meu ouvido ela disse amor ele esta com a rola no meio da minha pernas, eu respondi deixa quieto vamos brincar , ela respondeu e mesmo, pegou tirou a parte de baixo do biquine o Francisco não perdoou procurou o buraquinho e foi penetrando, ela dizia devagar que rola grossa, depois relaxou deixou ele meter todinha lá dentro isso tudo dentro d!água, ele meteu tudo e acabou gozando, ele disse que fazia muito tempo que não dava uma gozou rápido, saímos da água ela saiu pelada mesmo, ele começou a roçar a rola nela, ele tem a caçeta grande mais não tão grossa, tinha um tronco de árvore caído ele a debruçou ali e meteu no cu dela, ela adorou, ele tirava tudo e colocava ate o saco, gozamos, voltamos para a casa.

Já na casa começamos bebendo, e foi noite a dentro, minha mulher de biquine só com a saída de banho, deu meia noite todos se cumprimentaram comemos algumas coisas e ficamos bebendo, já estamos todos meio bêbados, o Francisco acabou indo dormir, o casal também ficou eu minha mulher e quatro rapazes, entre 20 e 30 anos, minha mulher disse amor foi dar um mergulho, a piscina estava meio escuro, ficou só de biquine, nossa os rapazes não sabia como olhar, nos iriamos dormir na casa do caseiro que fica perto da piscina, ela veio da piscina só de biquine e ficou assim ali bebendo, os rapazes já alcoolizados falaram você e linda em ela fazendo graça empinou a bunda e disse vocês acham, eles disseram nossa maravilhosa, ela já doidinha disse amor eu vou deitar tem um chuveiro ali perto ela ficou peladinha e saiu rebolando para o quarto, um cara mais afoito foi ate lá e entrou no quarto junto com ela pelada o cara era o filho do Francisco, os outros foram todos para lá, ai não prestou eu fui fiquei de fora na janela por uma fresta vi eles metendo com ela ela chupava um fez dupla penetração todos meteram nela, gozaram na boca dela, bagunçaram com ela, o filho do Francisco também dotado como pai só que bem mais grosso, ele meteu umas duas vezes no cu dela, acabaram indo embora eu entrei e chupei a boceta dela toda cheia de porra acabei gozando de novo delicia ver a mulher sendo currada por rapazes, fomos dormir.

Acabamos dormindo pelados e esquecemos de fechar a porta, já era uma seis horas o Francisco aparece e acabou fodendo com ela, meteu na bunda dela, fez ela chupar ele, e foi embora levantamos se arrumamos como se nada tivesse acontecido fomos tomar um café, já era umas 9 horas fomos para a piscina, começamos a beber, a esposa do outro filho do Francisco não quis entrar na piscina mais ele entrou, minha esposa disse só falta este, eu disse amor o cara e casado não vai arrumar problema, como nos estávamos sozinho na piscina ela saiu e foi para a casa do caseiro, ele saiu da piscina e foi atrás eu pensei que ele iria para a casa que nada foi meter com ela, outro dotado meteu na bunda dela, gozou e saiu para a casa, ela veio para piscina e disse nossa amor o cara também tem uma pau grande e grosso, o pessoal foi acordando e de um em um iam ate a casa do caseiro meter com ela, ela fodeu a manha inteira a mulher do cara não desconfiou nada ficamos ate as 17 horas e viemos embora nossa como fodemos, ela então nem se fala, acabei virando corno pela primeira vez mais bem servido meteu muito, foi maravilhoso, ela gostou tanto que quer mais.

espero que tenham curtido.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,50 de 2 votos)
Loading...