Enteado me provocou

Autor

Oi primeira vez que ralato aqui um conto cujo qual eu nao resisti,me chamo Melyssa tenho 31 anos corpo bonito pernas grossas e uns peitos mais ou menos grandes.. meu segundo casamento pois o primeiro não deu muito certo pois meu ex so me traía.. casei com Marcos mais velho que eu tem 40 anos bonito de corpo e um homem maravilhoso na cama.. Marcos tem um filho de 21 anos se chama Heitor um menino educado e lindo.. eu não trabalho e sempre estou em casa fazendo meus afazeres de mulher casada.. meu marido trabalha em uma grande empresa aqui em Curitiba.. sempre bom de cama me satisfaz em tudo.. mais esses dias acabei fazendo uma besteira.. meu marido estava viajando a trabalho e Heitor em casa.. nunca tinha reparado de formas diferentes em Heitor mais esse dia eu estava com uma vontade imensa de fazer sexo.. minha mente estava parece em outro mundo.. tudo começou quando estava lavando roupa e a lavanderia fica próximo ao banheiro aqui em casa.. sempre uso shorts curto soltinho e normalmente em casa sem sutiam e apenas blusinha.. estava em meus afazeres normal quando Heitor diz que vai tomar banho e pede que eu o levasse uma toalha pois ele esqueceu.. eu como sempre tratei como filho não liguei e disse quando tivesse terminando levaria para ele.. como a lavanderia e próximo vi que a porta estava estava um pouco aberta.. eu sem querer passei e vi que estava se masturbando.. nossa que rapaz lindo.. reparei que seu pênis era uns 20cm maior que de seu pai mais Grosso e uma cabeça que parecia um cogumelo.. fiquei com um tesão tremendo.. comecei a passar mais vezes e ele acabou percebendo que eu passava e não tirava os olhos dele… minha vagina estava molhada e eu já com medo e mesmo assim um tezao enorme.. fui para terminar de lavar as roupas e apertei meus seios e pus a mão apenas para sentir que estava molhada.. mais sem eu perceber Heitor saiu do banheiro e atrás de mim disse.. orra Melyssa nem me trouxe a toalha ne.. gelei quando vi ele pelado em minha frente com o pau tão duro que paralizei.. disse Heitor isso é jeito de vir aqui.. sabe que seu pai ia brigar com você se visse você desta forma.. melyssa meu pai nem aqui está… nem da nada apenas vi que me olhou com vontade ne kķkk.. Heitor por favor vai se vestir…! A melyssa como posso me vestir com uma mulher linda dentro de casa.. ai Heitor pare.. nesta hora meus seios já se arrebitaram e ele disse.. viu você está morrendo de tezao ne kkk.. disse claro ne Heitor desse jeito que está claro que qualquer mulher fica.. ele sem medir esforços me abraçou e senti seu membro esfregando em cima de meu shorts e sua mão veio em direção de meus seios.. nossa gemi na hora e ele rio e apertou com gosto que quase gozei… eu ja naquela hora pus a mão em seu pau que latejava e melava meus dedos.. ele gemia com cada apertada que eu dava. O medo de fazer algo com ele e a vontade de fazer sexo me deixava louca.. ele me pegou pelos cabelos me deu um beijo e puchou minha cara em direção ao seu pau melado.. a bocanhei como nunca mau cabia na minha boca sentia seu mel salgadinho e latejando dentro que não pensava que iria passar disso.. apertava suas bolas que tezao danado.. ele tirou minha blusa e começou a acariciar meus seios chupava como um bebe faminto.. estava tremendo.. usou apenas uma mão e abaixou meu shorts que mal pude deter ele com o tezao que estávamos… quando ele passou a mão em minha bucetinha parecia que ia gozar pois melava a mão dele.. me ergueu e me pois em cima da máquina de lavar e veio com sua língua quente em direção a ela.. o menino faminto.. chupava muito cuspia e enfiava os dedos a língua… nossa quando estava prestes a gosar ele parou e me jogou no chão.. ergueu minhas pernas e subiu em cima como um cão com fome.. mirou seu pau grosso e grande na entrada da minha buceta e me beijava e eu dizendo que não poderíamos fazer aquilo pois ia me arrombar e seu pai ia perceber que deu uma Lasiada.. ele disse meu pai nem vai vir tão cedo.. e penetrou seu membro quente e melado na minha buceta.. eu virei os olhos.. metia muito ia e voltava numa frenetica que sentia seu pau latejando dentro de mim que estava prestes a gritar de tezao.. me posicionou de 4 me fez de cadela socava cada veis mais fundo e forte.. dei dei gostoso gritei que ia gosar.. agarrei junto a máquina e mijei de tanto goso que estava escorrendo de dentro de mim mais nao percebi que ele tirou e posicionou em meu cu cujo apenas seu pai teve a oportunidade de comer.. de tão melado que estávamos ele enfiou sem do que gritei tentei escapar mais nao tive jeito pois me segurava forte e disse que era a vez dele de gosar que seria dentro de meu cu… cada estocada que dava ardia mais o tezao era tanto que senti coisas que nunca tinha sentido antes.. metia tão rápido de vagar rebolava feito uma cadela sem dono.. nunca tinha gosado sentindo um pau por trás que disse que ia gosar de novo.. nesta hora ele me apertou segurou firme que gozei e gritava e ele me segurou e disse que estava gosando.. nossa que prazer filha da puta que tive.. me arregaçou inteira.. molhou tudo o chão… suava muito.. então ele terminou e eu fui tomar banho pois estava fedendo a sexo.. não pensei que ele poderia entrar no banheiro mais o fdp entrou de novo e seu pau ainda duro.. tomando banho lavei ele e chupei ele até ele gozar novamente mais quando ele foi querer gozar de novo botou em minha buceta e meteu muito que ele e eu acabamos gosando junto e dentro de mim.. medo de engravidar de meu próprio enteado criado como filho.. lavei por dentro escorria esperma.. terminamos e se vestimos e cada um ficou no seu canto sem reação alguma ou se quer falar algo um com o outro.. sábado meu marido chegou de viagem.. trazei com ele e ele nem percebeu nada.. mais meu pensamento não saía de Heitor…. escrevendo isso estou me masturbando esperando uma próxima vez com meu enteado..

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...