meu filho no colo de um amigo

Autor

olá, me chamo marcelo sou separado há alguns anos tenho 33a, branco, cerca de 78kg malho. trabalho com administração e moro sozinho no rio de janeiro, como ja tinha contado em um conto anterior, tenhu um filho de 8 anos que não mora comigo mas devido ordem judicial ele passa um final de semana comigo um vez por mes e feriados.

meu filho é bem mulekão, branquinho, cabelo curto tipo surfista, baixinho e corpo desenvolvido mesmo sendo novinho, ele é matriculado em uma escolinha de futebol e por isso tem corpinho definido, depois que me separei tenho tido muitas experiencias sexuais, sou doido em comer um rabo de maxo mas sou muito discreto e não falo com nimguem a respeito.
pois bem, no final do mes meu filho vem ficar comigo sempre tivemos relação muito boa, mas nunca pensei sanagem com ele, ate que um dia meu irmao que mora em saquarema aqui no rio veio passar final de semana aqui na minha casa e meu filho estava aqui, os dois brincavam muito e diversas vezes eu vi meu filho pedindo pra jogar video game no computador no colo do meu irmao, aquilo foi me despertando um sentimento estranho, comecei a ficar desconfiado.
Nessa ultima vez que meu filho veio ficar comigo tava um final de semana ensolarado aqui no rio e resolvi chamar uns amigo pra ir na praia jogar bola como de costume e como meu filho tava aqui em casa tive que levar comigo. depois de bater a pelada na praia eu e meus amigos sentamos na praia pra tomar uma cerveja, estavamos em 4 pessoas, meu amigos são quanse todos da minha idade uns conheci na praia e outros na academia onde malho. ja tava de tardezinha e alguns amigos ja tinham ido embora, só ficou eu e o roberto bebendo na praia e meu filho brincando na areia. roberto eu conheci ele atraves de um amigo que trabalha comigo que joga bola na praia tambem, ele tem uns 30a é noivo branco tambem faz academia.
foi quando meu filho começou a chamar pra ir embora e eu disse que tava cedo pra ele brincar mais um pouco e tal, foi quando o roberto chamou meu filho pra ir na agua, ele pegou meu filho no colo e saiu correndo com ele pra agua, ficaram lá um tempo brincando, até que o lucas (meu filho) saiu da agua e sentou na cadeira do roberto, logo em seguida veio o roberto saindo da agua, ao sair pude perceber que ele tava com volume muito grande dentro da sunga que mesmo sendo azul dava pra ver o volumão.
então roberto falou pro meu filho ” oh muleke eu to sentado ai nessa cadeira espertinho”, meu filho respondeu ” to saindo tio, foi so pra descansar um pouco, tem muita onda hoje”. foi quando o roberto puxou meu filho delicadamente da cadeira sentou e em seguida sentou meu filho no colo dele. ” pronto agora voce vai poder descansar, ate dormir se quiser e eu nao vou ficar em pé garotinho”. pronto nessa hora lembrei do dia que vi meu filho sentado no colo do meu irmao, novamente meu filho tava sentado colo de outro maxo e dessa vez so de sunga. tentei disfarçar entrando com o corpo um pouco mais pra baixo da mesa onde estavamos, eu tambem tava de sunga e acabei ficando de rola duraaaassaaa, então enchi o copo do meu amigo de cerveja e ficamos conversando enquanto meu filho tava sentado no colo dele com os cotovelos apoiados na mesa, parecia que queria deixar so a bundinha dele cobrindo o volumão do meu amigo. por alguns momentos o roberto colocava as duas mãos nas pernas do meu filho, como se tivesse querendo apertar contra o pau dele. meu filho nada falava, apenas ficava comendo lentamente a porção de fritas que tava na mesa, novamente o roberto chama o lucas pra ir na agua e meu filho logo vai. quando roberto levantou da mesa deu pra ver a piroca marcando na sunga dele, grande grosso e torto pra esquerda. minha cabeça ja tava a mil, imaginando um milhao de coisas e meu pau explodindo de tao duro sob a mesa. de longe eu olhava eles brincando na agua, roberto colocava meu filho nos ombros e jogava na agua, pegava ele no colo, nadava com ele nas costas… dessa vez eles voltaram juntos de mãos dadas, o roberto ainda com volume fora do normal dentro da sunga e meu filho com a sunguinha branca toda molhada que dava pra ver o corpinho dele todo, inclusive a bundinha.
qaundo eu pesei que ia ficar so nisso mesmo, o roberto novamente colocou meu filho sentado no colo e ali ficamos mais algumas horas, meu filho com o braços na mesa mechendo no meu celular e o marcelo hora balançando as pernas e hora com as maos nas pernas do meu filho empurrando ele contra a piroca, e eu com pau todo melado na sunga só observando tudo. ate que certa hora meu amigo se levanta e dessa vez nao chama meu filho pra ir na agua com ele, meu filho ficou na cadeira brincando no celular e pude observar o roberto dentro da agua enfiando a mao dentro da sunga como se tivesse de limpando. quando ele voltou da agua ja estava com o volume do pau bem menor do que estava e assim que ele voltou disse que tava na hora de ir embora, deixou um dinheiro na mesa pra ajudar na conta se despediu do meu filho e foi logo saindo.
aquilo me deixou curioso e xeio de tesao, logo depois eu fui embora com meu filho que como sempre conversando muito e rindo e brincando no celular como se nada demais tivesse acontecido, talvez realmente seja só coisa da minha cabeça mas não tava conseguindo esquecer a cena do meu filho sentado naquele volumao do meu amigo.

quem quiser conversar mais comigo sobre isso pode me escrever,
htsafado@hotmail.com é skp e email.
agradeço

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,87 de 15 votos)
Loading...