Matando a saudade com uma bela transa

Autor

Olá tudo bem com vocês podem me chamar de Jhonatan, tenho 17 anos, vou relatar para vocês como comi uma amiga minha que fazia tempo que não via, e quando nos reencontramos transamos gostoso.

Minha amiga se chama Bianca , fiz amizade com ela quando tinha 15 anos, eu e ela ficavamos as vezes até mesmo fazíamos coisas mais quentes como ela me chupar mas nada além disso, sempre tive respeito por ela e pela decisão dela de não fazer nada além disso quando completei 16 anos infelizmente ela se mudou de cidade, então ficamos todo esse tempo sem se ver o máximo que fazíamos era conversar por rede social as vezes.

Mas esse mês de novembro ela resolveu voltar a morar aqui na cidade onde moro três Lagoas MS, no último sábado dia 18, eu e Bianca marcamos dela vir aqui para casa para ela passar o dia e matarmos a saudade.

Chegou sábado meus pais foram trabalhar, quando deu 8 horas ela chegou em casa, ela estava com um short bem curto de academia mostrando a poupa da bunda, estava um pouco marcado a buceta dela ela estava com uma camiseta azul turquesa ela estava sem sutiã pois dava para ver a marca do biquinho dos peitos dela . Ela estava com um corpo bem desenvolvido bunda e peitos bem grandes duros , abracei ela e fomos tomar um café da manhã, enquanto conversávamos , até quê eu resolvi começar a conversar com ela, relembrando as coisas quê eu e ela fazíamos juntos, enquanto estávamos relembrando fomos para a área de casa sentei na cadeia e ela sentou no meu colo.

Ela disse para mim lembra-se de quando eu sentava assim no seu colo, e passava alguns minutos você ficava de pau duro, nisso falei Claro que lembro, inclusive estou de pau duro agora, nisso peguei e comecei a chupar o pescoço dela, ela disse que poderíamos fazer o quê fazíamos antigamente.

Peguei a deitei na área de barriga para cima, comecei a beija-la, enquanto eu passava a mão pelo corpo dela, levantei a camiseta dela até quê ela pegou e tiro a camiseta, peguei fiquei passando a mão na buceta dela por cima do short enquanto chupava os peitos dela e ouvia ela gemer, ela pegou tiro minha camiseta, comecei a chupar o corpo dela enquanto descia até chegar na buceta dela, onde tirei o short dela, e a calcinha dela.

Cai de boca na buceta da Bianca enquanto massageava, ela gemia gostoso ela dizia isso chupa a buceta da sua putinha favorita, quanto mais eu chupava mais ela gemia até que ela gozou, quando ela gozou ela pediu para chupar meu pau, deitei na área e ela começo a chupar a vagabunda provocava passava só a ponta da língua na cabeça do pau, chupava as bolas, depois dela provocar bastante, ela começo a chupar e fazer garganta profunda, ela chupava com vontade, batia o meu pau no rosto. Falei para ela quê iria gozar ela pegou, e enfiou meu pau dentro da boca, gozei dentro da boca dela, ela quase engasgou, mas depois fico brincando com a minha porra, e depois engoliu. Ela disse que queria sentir meu pau dentro dela, pegarmos para um maior conforto fomos pro meu quarto, pedi para ela deitar de quatro, ela deitou, perguntei se ela queria com camisinha ou sem, ela disse sem fui colocando devagar na buceta dela, quando entrou tudo, peguei segurei pelos cabelos dela e comecei a meter, eu pegava e batia na bunda dela, ela pedia para bater mais, quanto mais batia mas forte eu comia ela, ela dizia isso fode a sua putinha, arromba essa buceta, eu dizia você gosta né vadia, vou encher sua buceta de porra, ela dizia isso me rechear com sua porra, peguei quando ia gozar tirei o pau e gozei bem na portinha do cuzinho dela, gozei forte. Minha porra depois escorreu pelas pernas dela.

Depois pegamos e deitamos na cama abraçados, ficamos conversando um pouco, e acabou dando o horário dela ir para casa, mas antes ela me chupou até eu gozar no rosto dela.

Esse foi meu conto espero que tenham gostado vou deixar meu e-mail(não liguem para o e-mail é um email que tenho a anos ja) e meu whats para quem quiser conversar prometo responder a todos rsrs
67 984453996 minecraftextreme361@gmail. Com
seis. Sete.
nove. Oito. Quatro. Quatro. Cinco. Nove. Nove. Seis