Fui Cantado Pela Filha e Comi a Mãe

Autor

Aconteceu em um sábado a noite quando sai para me divertir ,ao chegar em um fórro sentei-me e pedi umas cervejas quando passou uma jovem de mais ou menos uns 21 anos e olhou-me e sorriu cumprimentando-me o que retribui com um sorriso ,após alguns minutos a mesma jovem passou dançando no salão e tornou a olhar e logo após o término da música e inicio da outra música ela veio a minha mesa e me convidou para dançar, o que aceitei o convite e dançamos bem coladinhos a sequência de lentas e durante a dança ela falou em meu ouvido que se sentiu atraída pelo meu jeito discreto e por eu ser um coroa charmoso (eu tenho 55 anos) e ainda disse que queria terminar a noite comigo e nesse instante eu falei que mais tarde ficaria com ela e assim a noite seguiu em frente entre uma dança aqui outra ali com várias mulheres até que comecei a dançar com uma mulher de aproximadamente uns 38 anos a qual eu não sabia mais era a mãe da jovem que havia me convidado , muito conversadeira teceu vários elogio a minha pessoa . Ao olhar em direção a mesa em que estava observei a presença de um homem a qual eu perguntei de quem se tratava e ela respondeu-me que era seu marido mais que não me preocupasse pois ele não se importava dela dançar com outro homem pois o mesmo não sabia dançar, passou aproximadamente 1 horas quando Vânia(a mãe da jovem) olhou em minha direção e tornou a chamar-me para uma dança e durante a dança convidou-me a irmos para um local mais discreto e eu de imediato perguntei e seu marido não ficará aborrecido? Ela respondeu :Ele ficou com sono e foi para casa dormir e tornei a indagar e sua filha? Ela foi ao banheiro agora e ela está querendo você ; pensei um pouco e resolvi aceitar o convite da mãe , combinei que sairia na frente para ninguém desconfiar e ela fosse logo em seguida o que foi feito ,assim seguimos para o motel chegando às 3 horas da manhã e após um banho delicioso a coloquei para fazer um delicioso boquete e logo iniciamos um 69 com tudo que tinhamos direito e assim foi até encher sua boca de porra e ela engoli tudo sem deixar desperdiçar nem uma gota, em seguida metemos muito com toda tesão do mundo colocando Vânia para cavalgar ,de quatro ,de lado até gozarmos juntos e relaxarmos, passados alguns instantes Vânia perguntou-me se podia pegar um lubrificante e eu falei que sim,nesse momento ela pegou,abriu e lambuzou todo meu cacete e virou a bunda para mim e disse: Coma meu cu pois meu marido não gosta de comer assim fui bem devagar colocando no cu bem apertadinho de Vânia enquanto ela rebolava e dizia que a muito tempo não tinha uma noite tão gostosa assim e pedia mais vara e falava: come meu macho essa vadia que o corno não satisfaz,come,come mais, quando gozamos mais uma vez e ai relaxamos gostoso e dormimos de coxinha o restante da noite .Acordamos as 9 horas de domingo e ao deixa-la no ponto terminal de ônibus perguntei a Vânia qual seria a desculpa que daria ao marido corno e ela respondeu que diria que dormiu na casa de uma amiga devido ao adiantado das horas que saiu do baile, caso tenha interesse em viver uma aventura dessa na grande Vitória E.S é só entrar em contato com parcabom@gmail.com