Depois da primeira vez dei pro Dog novamente, com minha tia ajudando

Autor

Minhas lembranças (XIV) Chegaram as tão esperadas férias, Eu sou a Flávia, Já se passaram uns 6 meses que meus primos me sacanearam, relatei no conto anterior; os ressentimentos já passaram, mais não tive mais nenhum contato físico com eles. Meu tio, meus primos e uns amigos ficarão 15 dias fora, pescarias no Pantanal só vão os homens, e pra minha tia não ficar sozinha na casa da fazenda eu farei companhia pra ela, ela não quis vir ficar na minha casa na cidade, ficaremos eu ela e o Sansão.
Cheguei à fazenda 6ª feira de manhã e estavam se aprontando para a viagem, muita tralha de pesca pra levarem, meus primos vieram conversar comigo, eu só respondia, tratei eles como se fossem quase estranhos, passamos o dia todo assim, a noite depois do jantar tomei meu banho e pedi pra minha tia que eu queria dormir com ela, (não queria que meus primos tentassem me comer a noite, ainda estavam de castigo) Dormi na cama com meus tios, eles estavam cansados e dormiram cedo, pois no dia seguinte iam levantar cedo para a viagem.
Saíram ainda estava escuro, deixaram a cozinha toda bagunçada, eu e minha tia combinamos de deixar tudo em ordem, mais quando estava só eu e ela, ela me perguntou por que eu tinha mudado meu comportamento com os garotos, que ela tinha percebido desde a última feria que eu tinha passado na fazenda, e que ela já tinha feito essa pergunta pra eles, e eles disseram que tinha me magoado, mais não falaram o que foi que fizeram, e que ela insistiu mais eles não falaram nada pra ela, Aí eu disse pra ela que já fazia tempo, e eu nem ligava mais pra isso, que ela não precisava se preocupar que não fora nada tão grave, e que poderia ter sido de outra forma; mais ela insistiu muito com eles e que eles falaram pra ela perguntar pra mim que eu falaria. Bem aí eu disse que já eram aguas passadas, que eu ia falar pra ela desde que ela me prometesse que não ficaria brava com os garotos e nem falasse nada pro meu tio, que isso ficaria somente entre mim e ela; ela concordou e eu contei tudo (esta tudo descrito com detalhes no meu conto anterior).
Ela ficou Puta quando soube que eles me obrigaram a dar pro Sansão; eu disse – calma tia já passou e até que eu gostei, e se você me ajudar quero transar com o Sansão novamente, depois que ele me comeu eu sinto vontade de fazer tudo novamente; Ela me confessou que já olhou vários filmes de zoofilia, fica com a boceta molhada de tesão mais não tem coragem de transar com o Dog, mais que se eu estava mesmo a fim ela ia me ajudar, e depois quem sabe também ia dar pro Sansão.
Combinamos que depois que fizéssemos todo o serviço e deixasse a cozinha e a copa limpas iríamos brincar com o Sansão, pedi pra minha tia colocar um plugue de 6cm no meu cuzinho pra ir dilatando enquanto fazíamos os serviços, e assim ela fez; fomos pro seu quarto ela pegou dois plugues, um de 4cm e outro de 6cm, tirei minha calcinha fiquei de 4 e ela lubrificou meu cuzinho e foi colocando um dedo, depois dois dedos, Ai Tia que delicia sentir os seus dedos dentro do meu cu, rebolei gostoso, aí ela colocou o de 4cm, fiquei uns 15 minutos com ele até meu cu lacear, aí ela colocou o de 6cm, ela colocava e tirava até meu cu ficar bem laceado, aí vesti um shorts largo e sem calcinha, vesti uma camiseta, e fomos pra cozinha e eu com o plugue atolado no meu cuzinho.
Fizemos todo o serviço da cozinha, estava calor e resolvemos lavar o piso da copa e da cozinha, depois fomos lavar a varanda externa da casa, o Sansão estava nesta área e já veio todo dengoso me cheirar, minha tia viu o interesse dele por mim, e comentou que ele estava com vontade também, porque ele começou cheirando os meus pés e foi subindo até meter o focinho na minha buceta, pois eu estava sem calcinha, terminamos de lavar a varanda aí eu falei pra tia que queria dar um banho no Sansão, ela foi buscar o sabonete liquido dele e o shampoo, peguei a mangueira e comecei o banho do Sansão, ele adora tomar banho, minha tia segurando na coleira e eu lavando ele todinho, lavei bem o seu pinto, que com os toques da minha mão começava a ficar duro e querer sair pra fora da capa, eu mostrei pra minha tia ela ficou toda animada, terminei o banho, e com uma toalha sequei o Dog, levamos ele pra dentro de casa, minha tia colocou um forro no tapete da sala, caso escorresse alguma coisa não sujasse o tapete, o Sansão parecia que estava adivinhando alguma coisa, estava todo alegre, eu e minha tia fomos pro banheiro, tirei o plugue e ela fez uma limpeza no meu cuzinho, colocou a mangueira com agua e tirou toda sujeirinha que tinha dentro, tomamos banho e fomos pra sala. Minha tia quis chupar minha buceta e meter a língua dentro do meu cu antes do Sansão, Ela me chupou deliciosamente, mamou no meu grelo que a essa altura estava duro de excitação, o Sansão deitado esperando a sua vez. Minha tia perguntou; esta pronta querida, é isso mesmo que você quer? Eu, claro tia, to pegando fogo por dentro, vou ficar de 4 e você cuida do Sansão, se ele não conseguir acertar minha boceta você direciona seu pau no buraquinho certo, o resto é com ele ok tia.
Fiquei de 4 e o Sansão já veio lamber minha boceta e meu cuzinho, aquela língua quente lambendo minha racha deliciosamente, ficou assim por pouco tempo e já montou em mim, e nem precisou da ajuda da minha tia, eu estava de 4 com a cabeça apoiada num travesseiro e a bundinha bem empinada, senti que a ponta do seu pau começou a entrar na minha buceta e com movimentos rápidos e fortes ele socou tudo dentro, e eu sentia o nó pulsar e ir inchando dentro de mim, gozei gostoso, parecia que eu estava mijando de tanto suco que saia da minha buceta, ele socou com força e também gozou, sentia sua porra quente no meu útero, que delicia, eu gemia, gritava de tesão, eu falava: Tia como ele me fode gostoso, me sinto empalada com essa pica enorme dentro de mim, aí depois que ele gozou ele começou a se virar pra ficar bunda com bunda como fazem com as cadelas, e eu dessa vez já com mais experiência, coloquei minha mão na minha boceta e não deixei o nó sair, fiquei engatada com ele, sentindo o nó pulsar dentro e depois de uns 25min ir murchando, quando eu senti que estava flácido deixei o Sansão tirar o pau, eu deitei de um lado e ele do outro, e ficamos descansando um pouco.
Depois que eu recuperei minhas forças, o Sansão ainda estava deitado, eu falei pra minha tia que eu ia chupar o pau do Dog pra deixa-lo duro novamente, foi só eu começar a lamber seu pau e fazer uns carinhos nos seus testículos ele se animou novamente, aí falei pra tia que eu ia ficar de 4 novamente, mais agora eu queria aquele pau delicioso no meu cuzinho, o Dog se levantou eu chupei mais um pouco e ele já queria me foder, fiquei de 4 arrebitei minha bunda e ele montou em mim, minha tia pegou no pau e colocou na porta do meu cuzinho, com estocadas firmes ele foi socando tudo até entrar o nó, quando minha tia viu que eu estava engatada, ela entrou por baixo de mim, e fizemos um 69, ela chupava minha buceta e via o Dog foder o meu cu, e eu chupando sua buceta molhada de tesão, ela gozou na minha boca, era esguicho de gozo, parecia que ela estava mijando e eu engoli todo o gozo dela, gozamos os três juntos, eu na boca da Titia, ela na minha boca e o Sansão encheu meu cu de porra, quando ele se virou e ficamos engatados bunda com bunda minha tia pegou na coleira dele para ele não me puxar na sala pelo cu, porque se ele começar a forçar para tirar o nó enquanto estiver inchado dói pra cacete.
O Sansão ficou calmo, e eu fiquei quietinha sentindo o nó pulsar dentro de mim, e como eu tenho prática fiquei piscando meu cuzinho, ora apertando a pica ora soltando, fiquei por quase meia hora nessa brincadeira, quando senti que o nó estava murcho forcei como se fosse fazer coco e o nó saiu, não senti dor, só prazer. Peguei uns petiscos que o Sansão adora, de peito de frango defumado, eu quis fazer um agrado pra ele, para ele ficar condicionado que depois que ele me come, ganha uns petiscos. Eu e a Titia fomos tomar banho junta, ela me deu um banho gostoso, lavou meu cuzinho e minha buceta por dentro e por fora, e eu dei banho nela, nos enxugamos, só vesti uma camiseta de algodão da Hering XXXG sem nada por baixo, e combinamos que amanhã será o dia da Titia dar pro Sansão.
Mais essa é outra estória, comentem quando lerem o meu conto, é muito importante pra mim.
Beijos da Flávia Costa Mantovanni
E-mail: flaviacmantovanni@gmail.com