Meu irmão caçula

12-10-17 Por 4 ★ 5.00

Sou o Renan, venho contado como meu sobrinho e eu nos aventuramos, mas hj vou relatar algo que aconteceu na noite de ontem.
Tenho irmãos por parte de pai, não temos muito contato, pois quase não os vejo, sou o mais velho de 8 irmãos. Ontem vim pra ksa do meu pai e acabei dormindo por aqui, toda vez que durmo fico no quarto dos meus irmãos e eles dormem comigo.
Um dos meus irmãos caçulas de uns tempos pra cá vem tendo um jeitinho de gayzinho, não me incomoda, mas o nosso pai é muito preconceituoso e isso me da raiva, o Cris que é esse meu irmão em questão vem brincando de ser ginasta, mas o meu pai não gosta nada dessa história.
Numa das vezes que dormir aqui, não esqueço de quando acordei e vi o Cris aninhado de conchinha em mim, bem acomodado no meu pau, quando vi isso acabei me excitando, sou muito sensível. As vezes penso nessa cena, o que eu acho errado, mas quando vejo ele agindo que nem mulherzinha, fico excitado.
Ontem vim pra casa do meu pai fazer uns serviços por aqui pra minha madrasta, e acabeisso ficando pra dormir, dormi com os meus irmãos, durante a noite eu acordei pra beber água e vi o Cris deitado que nem um sapo na cama, com a bundinha em empinada na minha direção, logo fiquei excitado. Cheguei perto e ele se mexeu, mudando de posição, ficou de bruços, então passei a mão na sua bundinha, como ele não acordou e nem se mexeu, coloquei a mão dentro da cueca e toquei no seu cuzinho, na hora me veio loucuras na cabeça, loucuras essas que eu tinha que tirar da cabeça, pois era o meu irmão, meio irmão mais vdd, mas é sangue do meu sangue.
Desci pra tomar água e depoisso fui ao banheiro, quando voltei pro quarto o Cris ainda estava de bruços, não me contive e pus a mão de novo dentro da cueca dele e toquei o seu cuzinho apertado e virgem, como ele não se mexia e nem acordava, baixei sua cueca e não me contive, caí de boca naquele cuzinho lisinho, que tava uma delícia, aí mesmo que eu chupei e enfiei a língua até onde eu pude, só não demorei muito, pois aqui os quartos não tem porta, e dentro do quarto estavam o meu outro irmão caçula com mais uma irmã nossa que é a terceira depois de mim.
Voltei pra minha cama, e tentei dormir, um pouco mais tarde acordei e ele ainda estava na mesma posição, parece que queria mais umas linguadas, então fui lá e chupei seu anelzinho mais um pouco, até me arrisquei em colocar o meu dedo indicador até onde eu pude, meu pau latejava quando ele apertava o meu dedo com o seu cuzinho.
Fazia tempo que eu não chupava um cuzinho, então, depois de matar a vontade fui dormir, pra não passar dos limites, aquele momento não sai da minha cabeça, e toda vez que lembro eu fico excitado, o que fazer? Tenho que parar com isso!!!
Bom, era isso, vou ficando por aqui.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...

Por

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Ph

    Vamos conversa ..
    Me add [email protected]

  2. iwowkwowkwok

    quantos anos crics tem?

  3. Gilmar santos

    Muito bom moço…
    Delícia de conto.
    Continua por favor…

    • Poetinha21

      Eu queria tirar o cabaço dele, mas do jeito que ele é linguarudo, no outro dia já estariam sabendo. Mas foi uma delícia chupar o cuzinho dele!!!