Meti a pica na sobrinha no feriadão das crianças

Autor

Galera vou ser breve mas vou tentar relatar com riquezas de detalhes o que aconteceu no último feriado.
Bem meu nome é Carlos tenho 27 anos e moro em MG.
Desde que minha sobrinha Tamires fez 8 anos que meu desejo em fazer sacanagem com ela despertou. Ela é morena clara olhos castanhos cabelos cacheados e de lá pra cá cada ano que passa fica mais gostosa.
Hoje ela tem 13 aninhos e minha paixão por ela aconteceu quando ela fez 8 anos.
Ela passou um final de semana aqui casa e por descuido dela por conta da idade ficava sempre de pernas abertas o que despertou meu desejo pois não aguentava ver aquele pacotinho saliente raxando a calcinha.
Desde dessa época eu já pensava em come-la mas nunca tive uma oportunidade.
Eis que ela chega justamente no feriadão do dia das crianças.
Tamires veio na quinta e ficou até o domingo ela mora distante da gente , não vou dizer pois alguém pode associar.
Bem, como já é de costume ela sempre gosta de jogar Xbox e assistir vídeos no YouTube. Sempre dou meu celular ou tablet para ela brincar.
Porém para minha surpresa no sábado a tarde entrei na minha conta de e-mail e quando fui apagar o histórico tive uma surpresa. Percebi pelo histórico que desde de quinta a noite Tamires estava acessando o xvideos e o Facebook sempre a noite quando todos já estavam dormindo.
Nossa! Galera aquilo me deixou super excitado saber que minha sobrinha novinha já estava vendo sacanagem e acreditem cada vídeo pesado.
Fiquei pensando o que fazer e como tirar proveito da situação.
Então esperei chegar a noite é chamei ela para jogar Xbox, porém ela disse que não queria pois estava jogando no tablet. Percebi que seu interesse era ver putaria.
Comecei a jogar GTA enquanto ela estava no sofá com o tablet nas mãos.
Já era umas 11 da noite e eu ali sem saber como chegar e catar aquela safadinha. Decidir saber o que ela tava fazendo e fui no banheiro olhar o histórico pelo meu celular.
E acertei na mosca a safadinha tava no face com algum namoradinho e assistindo putaria pelo Xvideos.
Voltei para sala afim de chantagiar e fazer algo.
Porém não tinha coragem até que ela pediu pra jogar GTA e eu passei o controle.
Ela sentada no sofá e eu no chão deitado no tapete. Comecei a ficar de cacete duro imaginando como estaria meladinha aquela buceta e foi aí que a sorte bateu na minha porta.
Como eu estava de pau duro fui ajeitar a rola dentro do short e foi aí que chamei a atenção dela.
Comecei então a provocar toda hora me ajeitava ou colocava a mão dentro do short só pra ela ver

Cada vez que eu fazia ela prestava atenção tentando não perder o momento.
Então decidir arriscar tudo , peguei o celular abri um vídeo de uma mina tocando siririca e enquanto assistia enfiei a mão dentro do short e esfolei a cabeça da pica até onde dava deixando amostra metade da rola para fora.

Olhei pra ela disfarçando e na hora percebi seu semblante de susto e ao mesmo tempo curiosidade em poder ver mais.

Mesmo com todo aquele clima rolando precisava de algo pra dar o Start. E não aguentando mais resolver atacar e perguntei pra ela:
– Tami se eu te perguntar uma coisa promete não ficar chateada?
Ela disse:
– Depende meu tio ! O que vc quer perguntar.

Gaguejei e fui em frente:
– Na verdade eu queria saber se vc já trocou Nudes com algum namoradinho seu?

Na hora ela ficou assim sem jeito e disse que não que nunca tinha feito.

E no calor do desejo eu disse:
– minha princesa eu vi o histórico do tablet e sei que vc anda assistindo um monte de putaria e conversando com alguém no face.
– pode ficar tranquila que eu não vou contar pra sua mãe … Só vou te pedir pra não ficar mandando nudes pra ninguém pra depois não vazar na Net.
Nessa hora ela já estava pálida por ser desmascarada.
– Vc promete pro tio que vai ter cuidado. Ela apenas balançou a cabeça então eu me aproximei e abracei ela pois percebi que estava chorando por conta da casa ter caído.
Fiquei explicando a ela que era normal da idade sentir vontade de fazer um monte de coisa enquanto alisava seu ombro e em seguida a cintura.

Não podia perder mais tempo então falei:
– minha princesa eu mesmo também sinto desejo olha só de pensar em ver sua bucetinha como eu fico.
Em seguida tirei a pica pra fora do short:
– olha como eu estou só de ficar perto de vc.
E pegando a mão dela coloquei pra segurar e apertei.

Ela segurou e eu a beijei enfiando a língua em sua boca o mais fundo possível.
Mesmo sendo pouco correspondido no beijo minha princesa ainda segurava a pica.

Então eu fiz sinal pra ela não fazer barulho e catei ela pela mão levando pra área de serviço enquanto ouvia ela sussurrando.
– Agente vai pra onde tio? melhor não!

Pouco me importava naquele momento eu só queria era foder aquela safadinha.
Entramos no banheiro e ela só dizia:
Não tio eu sou virgem … Melhor parar com a brincadeira.

Abaixei o shortinho dela e fiz sentar no vaso depois a calcinha. Nossa que buceta linda. Nem nos melhores sonhos podia imaginar ver uma raxada tão linda e saliente lisinha com poucos fios de pentelho sobre a testa da periquita.

Pedi pra ela abrir as pernas e cair de boca naquela bucetinha gostosa.

Estava bem quente e meladinha chupei enfiando a língua esbarrando no Cabaço.

Não podia perder tempo e posicionei ela de quatro no vaso e mirando a cabeça a pica fui em direção a buceta guiando com a mão pra acertar a entrada.
Porém a excitação me deixou afoito em meter e notei que ela estava ficando assustada e chorosa.

Fiz novamente ela sentar e pedir que me chupasse. Mesmo fazendo cara de nojo ela começou sem nenhuma experiência.
Deixei ela fazendo por um tempo em seguida me sentei no vaso e trazendo ela de costas.

Fui posicionando a pica na direção da buceta e fazendo ela sentar mesmo de pernas fechadas.

Ela se apoiava na parede do banheiro e foi descendo até que encontrou o hímen e quando ela pensou em sair eu puxei contra meu colo.

Ela deu um grito enquanto as pernas ficavam tremendo por não estar apoiadas.

Tapei sua boca e disse em seu ouvido:
– Calma princesa o pior já passou agora vc vai gostar.
Ficamos assim por um tempo. Eu sentia a bucetinha dela piscando e contraindo.

Me levantei e vi o pau melado de sangue. Levantei uma perna dela e meti novamente já com mais facilidade e comecei a bombar sentindo aquela buceta engolindo meu pau todo.

Abaixei sua perna e precionando ela na parede meti com força gozando dentro da buceta.

Caraca não queria tirar minha rola mais de dentro dela a sensação era gostosa demais.

Quando sair de dentro dela saiu um monte de porra misturada com sangue.

Então eu fiz sinal pra ela não fazer zuada enquanto lavava sua bucetinha com o chuveirinho.

Depois ela se vestiu e foi para o quarto dormir.
No domingo fomos para praia e nem parecia que tinha acontecido nada.
Só de vez em quando que ela não me encarava nos olhos.
A noite queria repetir mais ela foi dormir cedo.
Na segunda pela manhã fomos levar ela na rodoviária e eu lhe dei 100,00.

Ela me agradeceu dizendo que vai ter cuidado com quem conversa no Facebook.
E disse pra eu ficar tranquilo me prometendo não contar p ninguém.

Pois bem, nunca imaginei que depois de velho comeria um cabaço.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 3 votos)
Loading...