Izabel a mulher do vizinho

Autor

Bom vou contar o que aconteceu comigo na adolescência, na época eu tinha 15 anos, morava com meus pais e minha irma Luciana, Minha irmã era 2 anos mais velha que eu, e era super seria, mas eu era sempre extrovertido, eu na época consertava bicicleta, mobilete, enfim todos da vizinhança iam la em casa pra eu consertar a bicicletas, se mudaram pra la uma família, Izabel o marido, Carlos, e o filho Dolglas que era tinha uns 3 anos, logo ela fez amizade com minha mãe e irmã, Izabel vivia a procura de emprego, e começou a deixar o filho aos cuidados de minha irmã, certa vez ela levou a bicicleta dela la pra eu arrumar, eu arrumei, ela falou ,que depois me pagava, mas nunca tinha dinheiro, mas a bicicleta dela quebrou de novo, ela levou la pra eu arrumar, mas de novo ficou devendo, eu cheguei a trocar peças e ficava só no prejuízo, mas teve um dia que eu falei com ela, olha a senhora já ta me devendo muito, então me pague senão não farei mais nada pra senhora, mas ela insistiu, dizendo que precisava da bicicleta, afinal la o que rolava era bicicleta, pois a cidade plana e no bairro era só eu o bicicleteiro, ela ficou uma semana com a bicicleta quebrada, e foi falar com meu pai, pois ela tinha amizade com ele, e meu pai me pediu pra consertar a bicicleta dela, eu não quis, mesmo meu pai pedindo, ela ficou fula da vida, mas um dia ela foi la e me falou, olha eu não tenho como te pagar, mas podemos negociar, eu perguntei, como? ela falou, arruma vai, depois eu te dou um agrado, ela falou com uma vóz de sem vergonha, eu beijava algumas meninas na escola, mas confesso era cabaço, só no máximo passei a mão em duas meninas, e nada mais, mas o jeito que ela falou, pegou mal pro ser uma mulher bem mais velha que eu e casada, minha irmã viu e depois falou pra mim, hã essa mulher ai pedindo as coisas, cuidado hein, eu nem liguei, e pensei, imagina, se tiver chance eu vou mesmo, mas é ruim de ser hein? eu arrumei a bicicleta dela e ela ficou muito contente, pois ela só saia de bicicleta todo dia, mas teve um dia eu estava passando em frente a casa dela e ela me chamou, eu fui la e ela falou, olha vc merece um premio, eu falei, sim, mas o que é, achava que ela iria me pagar, mas ela me chamou pra parte de traz da casa e falou, não pode falar pra ninguém ta? eu só balancei a cabeça concordando com ela, e ela estava de saia, ela levanta a saia e desce a calcinha mostrando a buceta cabeluda, eu fiquei pasmo, já tinha visto mas era pequena e sem pelos, mas aquela bucetona cabeluda, ela falou, pode ver eu já fui colocando a mão, e ela deixou, ai ela abriu as pernas e levou minha mão até o grelo dela, e esfregou ali, eu sem jeito não sabia o que fazer, ai fui com a outra mão na bunda, ela ofegante, ai ela vem e me beija na boca, muito bom, ai ela fala fica ai já volto, e foi e trancou o portao, ai me chamou pra dentro da casa, falou meu filho ta na creche, vamos fazer algo legal, ai me levou pro quarto tirou a calcinha deitou e me chamou vem, eu fiquei meio que sem acreditar e fiquei parado, ela veio tirou minha bermuda tirou meu pau pra fora e falou vem te mostro como é, ela deitou me puxou pra cima dela e foi direcionando meu pau, meu eu nunca tinha sentido algo igual, foi muito bom, e por incrível que pareça eu sem saber demorei a gozar, ela gozou antes e eu fiquei sem jeito ali bombando, até que gozei muito, enchi ela de porra, ficamos nos beijando um bom tempo eu deitado em cima dela, ai ela falou, vamos ali, no banheiro, eu levantei e fomos ao banheiro, ela mijou eu mijei ela lavou meu pau, e depois me chamou pra sala, sentamos ela falou, iai gostou do agrado? eu falei muito bom, ela falou, mas sem ninguém saber é só nós. eu falei ta bom jamais vou falar, nos beijamos ai ela me manda ficar de pé eu fico e ela leva meu pau a boca, puta que delicia, que chupada gostosa, ai depois que gozei ela me mandou embora, bom no dia seguinte eu tentei falar com ela, mas ela me evitou, ficou seria só levava a bicicleta la, e falava as rodas estão empenadas, arruma, bem seria, e eu falava, e o agrado? ela se virava e saia, assim foi por uns 2 meses eu baita punheta pensando nela, até que ela me chama la na casa dela, entro ela fecha o portao e me leva pra cama, mas ela estava séria, ela tirou a roupa eu perguntava o que foi ela só balançava a cabeça negando, e eu sem entender tirei a bermuda e ela me puxou eu introduzi o pau e comecei a come-la foi muito bom gozamos juntos, nos beijamos eu tentei levantar mas ela não deixou ficamso de lábios colados um bom tempo, ai ela fala vai no banheiro e lava seu pau, eu fui mijei lavei o pau, ai ela fala, deita, eu deito e ela vem com a boca, me chupa muito gostoso, eu gozo ela lambe a porra toda, ai ela volta a me beijar, depois de um tempo ela sem falar nada eu tentava falar mas ela não deixava, ficávamos calados, ate que ela falou, vou ficar de quatro mete bem gostoso, eu fui atraz e meti gostoso, e gozamos juntos, ai ela fala, vai se veste e some daki, eu me vesti e ainda de pau duro fui pra casa, dai ficamos mais um tempo sem nada, minha mãe e irma começaram a notar ela levava a bicicleta la e não me pagava, uns 3 meses, ela me chama la, e transamos gostoso, ate no cu dela eu meto, ai ela fala, aproveita, ficamos ate umas 18:00hs, transamos muito, e ela vende a bicicleta e para de falar comigo, e hj fazem um ano da transa que tivemos, e depois nunca mais, ela até hj não fala comigo, já saíram muitas fofocas no bairro, mas ela nunca mais quis nada, eu já nomoro com uma mina legal e transamos muito, fazemos de tudo, nesse últimos mês eu parei também ate de olhar pra Izabel, evito passar na frente da casa dela, quando ela vai la em casa falar com minha mãe que já perguntou muito o pq ela não falava mais comigo, ela não falava nada, eu a evito de todas as formas, nem em casa apareço quando ela esta la, mas ela comprou outra bicicleta e já falou com minha mãe que vai levar pra eu arrumar quando precisar, eu não falei nada, mas pensei comigo mesmo, ou ela esta vendo que eu também parei de correr atraz e agora quer de novo, ou comprou pra me provocar, só sei que agora só arrumo com a buceta dela como forma de pagamento.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 2 votos)
Loading...