Minhas lembranças (X)

Autor

Me tornei a putinha do Papai e da Mamãe, O tempo foi passando vagarosamente!!!! (Eu sou a Flávia e hoje estou com 17 anos), mais os fatos que vou narrar aconteceram quando eu tinha 14 anos, depois que meu pai tirou minha virgindade, e como narrei anteriormente, eu papai e mamãe estamos tendo uma vida sexual ativa a três, eu me tornei amante do papai de da mamãe, Eu com 14 anos dizem que sou uma garotinha bonita, sou magra com, peitinhos e bundinha arrebitada, peso é 54 kg, tenho uma bucetinha bem volumosa grelo bem grande e muito tesão. Arranjei um namoradinho de 16 anos e ainda virgem, falei com meus pais se eu poderia convidar o gatinho pra vir aqui em casa ver uns filmes, e se rolar algo mais, meus pais concordaram na hora, convidei o gatinho e disse pra ele que aqui em casa ficaríamos mais a vontade pra namorar, na casa dele é uma marcação cerrada, sempre alguém por perto, no sábado o gatinho chegou meio tímido, com receio dos meus pais, (ele não sabia que eu transava com meus pais), almoçamos e fomos pra sala ver tv. Meus pais nos deixaram a vontade, começamos com beijos na boca, eu chupava a sua língua, comecei a apalpar seu pau que estava duríssimo, mais ele tinha medo que meus pais aparecessem e nos pegasse no fraga, aí eu peguei ele pelas mãos e fomos até meu quarto, e disse pra ele ficar calmo e a vontade, eu falei: relaxa querido vamos namorar bastante, meus pais não virão aqui nos incomodar. Ele relaxou um pouco, começamos a nos beijar e uns carinhos mais ousados, tirei a sua camiseta e comecei a beijar seu corpo, seus mamilos, fui descendo pela sua barriga, desbotoei seu cinto e abri sua calça, peguei no seu pau que a essa altura estava super duro, ele é branquinho, seu pau rosado, com a cabeça brilhando e ainda virgem, me deliciei, comecei a mamar no seu cassete, limpei aquele mel que de tanto tesão, ele ficou ofegante e com as pernas tremendo, ai eu disse: amorzinho esse seu gozo eu quero na minha boca, quero sentir o seu gosto, e fui chupando, lambendo seu pau até a base, chupei seu ovos, depois coloquei seu pau na minha boca, e fui fazendo movimentos rápidos até que ele começou a tremer, gemer e encheu minha boca de porra, engoli tudinho, limpei até a última gota, aí descansamos, ficamos nus deitados um ao lado do outro.
Eu disse agora quero que você coma minha buceta, vamos brincar bastante depois quero ser sua, fizemos um delicioso 69, começou meio desajeitado mais depois foi pegando jeito pra coisa, mamou no meu grelo, chupou minha buceta, e eu chupando seu pau, lambia tudo, seu saco, seu cuzinho, ele ficou pronto de novo, aí ele ficou de barriga pra cima e eu o cavalguei, fiquei em cima de frente pra ele, fui agachando e direcionei seu pau na entrada da minha buceta, e fui descendo e engolindo tudo, ele apalpava meus peitinhos, fui movimentado meus quadris com seu pau atolado tudo dentro de mim, quando eu via que ele estava próximo ao gozo eu maneirava um pouco, judiei dele bastante, depois quando eu também já estava quase gozando eu acelerei e gozamos juntos, meus líquidos misturaram com o dele, deitei sobre seu peito e fiquei quietinha até seu pau amolecer e sair da minha buceta, falei pra ele irmos tomar banho juntos, inventei uma desculpa que o banheiro da minha suíte estava com defeito, e íamos tomar banho noutro banheiro, pegamos toalhas enrolamos no nosso corpo e eu fui tomar banho no banheiro da suíte dos meus pais, meus pais estavam na cozinha, tomamos um banho demorado, chupei seu pau debaixo do chuveiro, deixei ele duro de novo, deixei ele me comer em pé, ele me pegou por traz eu arrebitei a bunda e ele socou na minha buceta, brincamos assim um pouco, e depois nos enxugamos colocamos só a toalha em volta do corpo e saímos, minha mãe me chamou na copa para comermos um lanche e tomar um suco, ele não queria ir só de toalha, eu peguei na sua mão e o puxei até a copa, sentamos à mesa e minha mãe nos serviu um lanche, comemos e voltamos pro meu quarto, e tivemos mais momentos quentes, gozamos mais uma vez, ele ficou que foi só o pó, tirei até a sua última gotinha, minha mãe é safada, ela bateu na porta e entrou e nós estávamos deitados nus, ele não sabia o que fazer, acho que ele achou que ela ia dar a maior bronca, ela sentou-se na cama e começou a conversar com a gente, disse que tudo bem, mais que precisássemos nos precaver com camisinha, para evitar DST e uma gravides sem planejamento, e que ele podia ficar a vontade como se ele estivesse na sua casa, eu e ele pelados na cama e a mamãe conversando com a gente, pra mim tudo normal, mais ele não estava nada a vontade, mais combinamos que ele voltaria outras vezes para repetirmos tudo de novo, e agora ele já não era mais virgem, já tinha possuído uma garota, mais ainda tinha muito pra fazer, ele ainda não tinha provado o meu cuzinho, esse eu disse a ele que ficaria para o próximo encontro, já estava ficando tarde, ele se vestiu, eu coloquei uma camiseta e sem calcinha e o acompanhei até o portão, foi embora leve, depois de ter gozado umas três vezes seguidas, nos beijamos no portão e eu peguei no seu pau de novo, dessa vez estava molinho. Entrei na suíte dos meus pais e fui contar tudo que tínhamos feito, minha mãe pediu que eu contasse os detalhes, nem preciso dizer que meus pais ficaram com tesão e transamos gostoso, eu fazendo um 69 com a mamãe, eu por cima dela e o papai metendo na minha buceta, gozamos de novo, mamãe com minhas chupadas, eu com o cassete do papai atolado até o talo na minha buceta e a boca da mamãe me chupando também foi uma delicia, papai gozou na minha buceta, eu gozei no pau do papai e na boca da mamãe, e mamãe gozou na minha boca, depois disso dormimos a noite toda juntos, e a vida continua, tem mais ainda……..

E-mail: flaviacmantovanni@gmail.com