Meu sobrinho baixinho

Autor

Me chamo Renan, tenho 30 anos e tenho um sobrinho de 17 anos que está uma delicinha, baixinho, magro, bumbum empinado e uma pica pequena pra média, porém, ele é muito gala seca, está naquela fase de andar com amigos, paquerar e etc. Vou chama-lo de Wesley.
O Wesley veio morar aqui em ksa com a família dele faz muitos anos, iriam ficar alguns meses e acabaram ficando por aqui até hj, no início a família dele vivia aqui na mesma casa, mas depois de um tempo começaram a morar na ksa ao lado.
Em 2011, lá pelos 11 anos, Wesley começou a se chegar pro meu lado, vinha aqui em ksa a minha procura e ficava por aqui comigo vendo TV ou mexendo no computador, já que eu tinha animes e filmes no PC. As vezes eu dormia a tarde e quando acordava ele tava aqui dentro do quarto vendo TV, mas nunca me importava.
Certa vez eu estava sozinho em ksa vendo TV no quarto da minha mãe e o Wesley entrou sem nem fazer barulho, quando vi ele já estava aqui dentro, ficou um tempo em pé depois decidiu deitar comigo na cama, pra minha surpresa ele deitou atrás de mim encaixando a piroquinha dele na minha bunda, na hora não expressei reação e deixei acontecer e ver até onde ele iria com aquilo, ele dava uma risadinha e escondia o rosto debaixo de um travesseiro, me virei pra ele e toquei na sua piroquinha que estava durinha, mas ainda era muito pequenina, olhei pra ele e dei uma risadinha também, ele ficou mais um tempinho no quarto comigo e depois foi embora.
Passou um tempo desde a vez que ele ficou roçando o meu bumbum, decidi ir na ksa dele, pela parte da tarde ele fixava sozinho, já que o irmão estudava a tarde. Bati na porta e ele abriu, sentei numa rede e ele ficou deitado na cama dele brincando com uns bonecos, ele tinha costuma de ficar de cueca dentro de ksa (ainda tem), dei um jeito de sentar na beira da cama pra me aproximar, ele estava deitado de bunda pra cima e comecei a alisar seu corpo, ele me olhou e deu uma risadinha, continuei alisando o seu corpo. Depois de uns minutos eu falei que tinha uma mancha em seu bumbum, apertei com o dedo e perguntei se doía, ele disse que não, então, puxei sua cuequinha dizendo que iria ver melhor a mancha, fiquei acariciando seu bumbum e numa hora abri suas nádegas roliças e vi seu cuzinho virgem e apertado piscando, sem pensar fui logo chupando aquele cuzinho gostoso, ele ficou parado e não dizia nada, mas logo me arrependi daquilo, fiquei com peso na consciência e medo que ele falasse aquilo pra alguém, me desculpei e fui pra minha casa.
No outro dia ele veio em ksa com a desculpa de que eu passasse um filme pro seu pendrive, enquanto o vídeo copiava ele sentou no meu colo e fiquei excitado, na hora fiquei louco! Tirei o meu pau pra fora e baixei seu short tentando penetra-lo, mas não deu pois ele era muito apertado, o jeito foi só ficar excitado e bater uma depois que ele fosse embora.
Diversas vezes o Wesley vinha em ksa me procurar, creio que o intuito de sacanagem, mas nunca passava das roçadas, ele nunca conseguia deixar eu penetra-lo e a sua pica ainda era muito pequena para me penetrar, então, nada rolava, mas a partir do ano seguinte tudo mudaria, quem tiver curiosidade de saber e só aguardar o próximo conto. Até a próxima!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...