Meu pastor me fodeu… doeu mas gostei

Autor

O que vou contar se passou hoje, 12/09/17.

Sou homem, sou casado, mas sempre tive curiosidades. Após ler alguns casos aqui de sexo com cães, fiquei com muita vontade de experimentar.
Hoje, cheguei em casa e meu tesão estava a mil. Comecei a ler uns contos aqui, me masturbando, quando de repente meu pastor entrou em casa. Começou a lamber meu saco e fui gostando. Até que começou a lamber meu cuzinho e me arrepiou. Pensei: É hoje.
Tranquei a casa e fiquei pelado. Ele estava muito animado, pulava demais em mim. Comecei a fazer carinho para acalma-lo um pouco. Passava a mão pelo seu corpo, e de repente estava lá. Seu pau vermelho e suculento para fora.
Passei a mão de leve e ele começou a fazer movimentos de vai-e-vem na minha mão mesmo.
Não estava me aguentando mais. Peguei no banheiro um óleo de amêndoas para lubrificar, fiquei de 4 e esperei por ele. Ele subiu em mim rapidamente, mas não fez nada. Peguei seu pau por debaixo de mim e apontei no meu cuzinho. Ele acertou de primeira, mas ficou pouco tempo. Mas deu para sentir seu pau dentro de mim. Achei que aguentaria mais e me deu mais tesao ainda.
Coloquei ele novamente nas minhas costas e apontei seu pau novamente no meu buraquinho. Ele acertou de primeira e começou a bombar, dessa vez mais rápido e mais forte. Eu estava delirando e relaxei. Esse foi meu erro. Empinei bem a bunda para sentir seu pau todo dentro de mim quando senti meu cu se abrir todo. Alguma coisa inchava dentro de mim. Parecia que ia me rasgar.
Era o nó dele que estava dentro de mim. Aí me assustei. Achava que o nó entrava no cu depois de crescer. Mas ele entra, e depois começa a inchar. Percebi tarde demais. Nisso tomei a pior decisão possível. Tentei tirar de dentro de mim.
Já estava sentindo ele gozar em mim, mas o nó onchava cada vez mais. Não doía, mas o medo falou mas alto. A pressão que ele fazia no meu cu era grande também.
Eu apertei o pau dele com o cu. Ele gozou muito, mas não saiu. Então virei de lado e puxei. Cara… que dor. Só escutei um ploft. Meu cu estava arrombado. Olhei o pau dele. IMENSO E O NÓ TINHA O TAMANHO DE UMA BOLA DE TENIS. Não acreditei que aquilo entrou em mim. A dor que senti foi enorme também. Sangrou um pouco. E escorreu muita porra.
Agora estou aqui sentado, sentindo meu cu latejar ainda, mas cheio de tesão. Hoje não, mas amanhã vou fazer de novo. E dessa vez, até o nó dele sair sozinho. Vou aguentar até o fim. E depois vou contar aqui de novo. Espero que tenham gostado. Beijos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 1 votos)
Loading...