filho da vizinha de 06 aninhos

20-09-17 Por 36 ★ 3.50

ola meu nome é Carlos tenho 38 anos moro em Belo Horizonte 1;78 de altura moreno 82kg e com um cacete de dar inveja tenho 25cm e é bem grosso sou casado tenho 2 fihos Jessica de 15 e Anderson de 13 anos a historia que vou contar aconteceu a dois meses atras. minha esposa teve que viajar para visitar sua mãe que estava com problemas de saúde e as crianças foram juntas fiquei sozinho em casa saíram na terça e retornaria no domingo. na quarta levantei lá pelas 08:hs da manhã já que estava sozinho aproveitei um pouco mais a cama levantei fiz o café e assim que abri o portão vi o filhinho da vizinha de 06 aninho brincando na calçada e quando ele me viu e me pediu se poderia assistir desenho animado na minha tv por que a deles estava com defeito sua mãe quando ouviu disse que não porque ele ia me atrapalhar na hora eu disse pra ela que não teria nem um problema que podia deixa o menino e assistir tv o quanto quisesse ela concordou mas me disse se ele perturbar pode mandar ele vir embora.e eu levei o menino pra dentro liguei a tv ele deitou no sofá grande e eu sentei no sofá pequeno e fiquei mexendo no celular e esqueci do muleque quando olhei ele estava dormindo de brusso ele estava vestido com uma camiseta branca e um shortinho azul bem apertadinho dava pra ver que a bundinha dele era bem redondinha na hora tentei tirar aquilo da cabeça pois era uma criança de apenas 06 aninhos mas quando percebi meu pau já estava duráço cheguei mais perto dele sentei no chão e comecei passar a mão na bundinha dele o sono estava tão pesado que ele não acordou chegue mais perto da cabeça dele abri o zipe tirei meu cacêtão pra fora era do tamanho do braço dele comecei a esfregar meu pau na boquinha dele confesso que nesta hora perdi o controle vendo meu cacete enorme naquela boquinha de criança fui loucura forcei pra entrar na sua boquinha mas ele acordou e quando ele viu aquele cacete enorme na sua carinha ficou assustado e me perguntou o que eu estava fazendo eu desse que era uma brincadeira e se ele queria continuar brincando ele disse que sim.então eu disse que pra continuarmos a brincadeira ele teria que pegar no meu pau e fazer movimentos para cima e para baixo ele me atendeu na hora quando senti aquela mãozinha no meu pau fui a loucura quase gozei.depois de uns dois minutos eu falei que pra gente continuar a brincadeira ele teria que colocar meu pau na sua boquinha ele tentou mas meu pau e tão grande que não cabia tentei forçar mas ele ficou sem fôlego .nessa hora perdi a cabeça e pensei vou comer o cuzinho desse guri peguei ele pelo bracinho levei ele pro meu quarto (meu quarto é bem lacrado não sai barulho ) deitei ele na cama tirei toda sua roupa ele me perguntou o que eu ia fazer eu disse que pra continuar a brincadeira ele teria que ficar igual um cachorrinho na beira da cama e eu ia ficar atrás dele assim ele fez eu abri a gaveta do criado peguei um lubrificante neta hora meu pau estava igual uma estaca parecia um cavalo mas eu ia ter que comer aquele cuzinho passei lubrificante no cuzinho dele passei também em todo meu pau e me posicionei atrás dele e comecei a roçar meu cacetão naquele reguínho no inicio pensei só em roçar e gozar naquele reguinho mas quando passei meu cacete no furinho dele ele sem maldade deu uma piscadinha no cuzinho nessa hora eu perdi a cabeça e forcei pra entrar como seu cuzinho estava bem lubrificado senti que entrou a metade da cabeça ele deu um gritinho me pediu pra que estava doendo mas aquilo só me deu mais tesão nesta hora não importei com mai nada segurei ele firme pela cintura sabia que ninguém ia ouvir forcei mais um pouco e entrou o resto da cabeça quando pra baixo e vi a cabeça do meu pau toda dentro da quele cuzinho fiquei completamente descontrolado curvei meu corpo em cima dele travei a cinturinha dele com uma mão e tapei a boquinha dele com a outra mão e fui sentindo meu cacete entrando centímetro por centímetro até o talo pensa numa criança de 06 aninho levando um cacete de 25cm no cuzinho que delicia eu atolava meu cacete até o talo tirava ele quase todo atolava de novo le espérniava mas eu não soltei bombei na quele cuzinho até gozar gozei dentro do cuzinho dele enchi ele de porra quando tirei meu cacete pra fora ficou aquele rombo aí começou sair porra misturada com sangue levei ele pro banheiro dei um banho nele e ele foi embora no outro dia vi ele na rua ele estava andando com as perninhas até abertas mas ele esta bem comigo vou tentar comer ele de novo não demora quando eu conseguir eu conto pra vocês.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,50 de 8 votos)

Por

36 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. marcio

    porra uma delicia fico de pau duro imaginando a cena

  2. Duda

    Ridículo. Pedofilia nem em ficção, cidadão! Estou enojado.

  3. Tuntum

    AFF 25 cm e dentro de uma criança de 6 anos, não fuja da realidade não filho a criança teria morrido

  4. Anonimo

    Que conto horroroso.
    Você devia ser preso! Mesmo que ficção, é crime!

  5. anonimo

    kkk…as pessoas ainda nao sabem diferenciar o real do fantasioso. é nitido que trata-se de uma fantasia e ficou muito bom o conto.

  6. Anônimo

    Tomara que a polícia pegem vocês

  7. Anônima

    Eu não sou absolutamente nada contra o sexo de adultos com crianças, desde que todas as práticas sexuais a terem lugar sejam da vontade expressa da(s) criança(s) envolvida(s), neste caso você abusou sexualmente do menino e eu não aprovo este seu comportamento.
    Eu fui iniciada sexualmente por os meus pais muito novinha, e agora eu e o meu marido também temos intimidade sexual com os nossos filhos, mas os meus pais nunca me obrigaram a nada, e nem eu nem o meu marido obrigamos os nossos filhos, é tudo sempre feito com muito amor e carinho.
    Podem ler os meus relatos (O meu paizinho com a ajuda da minha mãe comeu o meu cuzinho apertadinho) e (Eu, meu marido e nossos filhos) estes dois contos estão neste site é só procurar.

    • EU h

      oi me manda o link desse relato ?

  8. Eletrônico

    Concordo contigo ZE, o conto não tem o menor sentido e os caras q lêem e depois dão uma de santo fazem esses comentários ridículos, eu acho q eles pensam q falando essas asneiras vão passar uma imagem q não gostam dos contos😀😀😀😀😀😀😀.

  9. HAUSHAUSHAUSHAUSHAUS. Não consigo parar de rir. Não sei se pelo conto ou se pelos comentários. HAHAHAHAHHAHAHAHAHAH

  10. Anônimo

    Pedofilia é crime!!

Ver mais comentarios