Com 11 anos fui obrigada a dencobrir o que é sexo

Autor

Ooi gente sou Isabelly e vou enviar um conto que escrevi baseado na história de uma amiga espero que curtam bjs

Me chamo Carolina e tenho 13 anos vou relatar um fato que aconteceu quando tinha 11 anos morava com meu pai e minha mãe é uma casa humilde e meu pai tinha um amigo que ia sempre lá para bebê com ele sempre percebi os olhares estranhos para ele para mim mas não entendia o porquê Pois não sabia nada sobre sexo e não entendi nada sobre homem se essas coisas mas ele sempre olhava para mim as pernas eu me senti estranha por esse olhar dele Estranho sempre que meu pai não estava ele chegava perto de mim e ficava me realizando achava que era uma forma de carinho Mas eu percebi um volume estranho dentro do short dele e um dia meu pai olho na geladeira e não tinha mais nenhuma bebida ele falou para minha mãe que ia comprar mais ele saiu e logo após o seu amigo chegou procurando por ele e minha mãe avisou que ele não estava minha mãe falou que tinha que sair para casa de uma amiga para resolver os problemas com ela e então ele sentou ao meu lado eu estava deitado no sofá assistindo televisão e ele sentou ao meu lado e pediu para perguntou se poderia ficar assistindo comigo e eu disse que sim logo mais ele se encostou mais perto de mim meio-dia apertando me apertando no sofá então levantei a cabeça e tava me levantando para ficar sentada também ele pegou meus peitos e me empurrou para baixo e aí nisso minha cabeça fica em cima do colo dele ele falou que era Poder relaxar que era melhor porque esquentar e eu fui sentindo uma coisa estranha na minha cabeça levantando assim debaixo do short dele já tinha reparado outras vezes mas nunca tinha sentido isso é muito estranho mas não entendi então continuei e ele ficava numa situação do aluno fazendo carinho no rosto e eu achava que era só carinho normal mas ele foi descendo pelo meu pescoço indo até a parte dos meus peitos que ainda eram pequenos mas estava em desenvolvimento e descendo para minha barriga e começou a mexer na minha barriga depois colocando a mão dentro da minha blusa e subindo por cima e eu fiquei achando estranho e percebi que aquilo não era algo certo então levantei rapidamente ele tirou a mão e aí eu não entendi nada ele ficou olhando pra minha cara eu falei porque você tá fazendo isso e ele disse Relaxa é só carinho volta aqui e eu fiquei assustada não estava entendendo mas você me vê aquilo não era o que um homem podia fazer uma mulher assim então fiquei quieta e disse que não queria mais que estava tudo bem E ele foi se aproximando de mim dizia que ele queria muito fazer esse carinho em mim que era bom tanto para ele quanto pra mim já dizia que eu estava dizendo que não queria que ia falar com meu pai que ele tava muito estranho ele disse que se eu falasse alguma coisa com meu pai ele ia matar meu pai e eu fiquei com medo não atendi porque eu tava falando isso Ele disse então Agora melhor você fazer tudo que eu mandar e eu comecei a chorar porque ele tava sendo agressivo já pegou no meu braço me puxou até ele me fez sentar no colo dele e começou a me beijar tentando me beijar na boca e eu não deixava ele chegou apertando me apertando me arranhando e me fazendo rebolando no colo dele não entendi porque ele tava fazendo aquelas coisas eu começava a chorar e queria gritar mas ele abaixa para minha boca e falava para mim no ouvido que ia matar aí ele disse que mataria meu pai e minha mãe se eu falasse alguma coisa se eu gritasse então eu fiquei com muito medo de ser verdade e aí ele pegou e ficou lá fazendo essas coisas já tive que ficar calado depois ele foi tirou minha blusa e começou a chupar meus peitos que tavam grandinho já crescimento Como eu disse e fui beijando meu pescoço meus peitos isso não era nada bom, não entendia pork ele fazia aquilo e ele fazia bem violento, dava uma sensação Boa mas depois ele era Grosso e eu gemia, aí ele disse “tá gostando né cachorra”
Sempre quis foder essa Bucetinha
Ent hj vou acabar cm ela
O medo tomava conta de mim
E eu tentava resistir mas era inútil
Ele era mais forte
Ent eu simplesmente fiquei parada e deixei ele continuar ele me apertava inteira e ficava me lambendo toda
Descia e subia com sua língua
Até que chegou na minha bucetinha e ele lambia agressivo e chutava muito eu Tava me sentindo mal
Mas tbm era gostoso depois foi até meu cuzinho chutou bastante e disse que ali valia ouro não entendi nada
E aí ele disse agr é hora de vc me chupar…Fui Obrigada a chupar não queria
Mas ele me jogou no chão me pegou pelos cabelos e foi forçando o pintor dele contra mim
Eu ficava tentando evitar mais aí ele apertou o bico do meu peito ent abri a boca de dor e na hora ele colocou o pintor na minha boca e começou a forçar pra dentro engasguei aí ele tirou e eu fechei a boca aí ele falou que era pra eu colaborar que ele ia ser menos bruto
Aí eu tiver que fazer isso
Não aguentava mais as agressões
Ent comecei a saborear seu pintor tentando me enganar de que era bom
Mas não, era um gst estranho dmais
Só que depois eu não me importei mais e continuei chupando aí ele tirou o pal da minha boca e disse que como foi legal
Ele ia melhorar o gosto
Ent foi até a cozinha
Mas me levou junto e pegou leite moça
Aí me levou dnv pra sala e colocou no ponto dele e me fez chupar
.
.
Querem saber o resto…Se tiver muitos comentários pedindo eu conto
Me chama no Facebook pra conversarmos
Hoje em dia tenho 16 anos e estou fazendo sexo virtual ou trocando fotos por alguma recompensa se tiver interesse em me conhecer e ver meu corpinho
Chama no Facebook

https://m.facebook.com/isabellykk