Meu Marido começou com uma historia que dava a entender que quer ser corno

22-08-17 10 ★ 5.00

Ola meu nome e Neyde, sou uma mulher já madura, mais me considero uma mulher bonita, sou Loira bronzeada, umas pernas grossas, bonitas, uma bunda carnuda saliente, adoro sexo anal,sou professora, sou muito tímida , mais adoro quando sinto que estão me paquerando .

Meu marido de uns anos para cá começou com uma conversa meio estranha, começava elogiar amigos dele dizia que os caras tinham uma rola grande, e grossa, que adoram foder um cu, nossa aquilo me deixava exitada, eu comecei a pensar que ele estava querendo me ver dando para um outro macho, e que fosse dotado, bem porque o dele e pequeno 14 cm, mais brinca legal, todo dia que a gente transava lá vinha ele comentar de amigos e vizinhos, não vou dizer que ele não tenha uns amigos gostoso mais amigo eu não tinha coragem que tocar no assunto .

Na escola que trabalho tem um guarda municipal um mulato grandão eu comecei a olha-lo com outros olhos, e por coincidência um dia conversando com uma amiga ela comentou que uma amiga dela tinha saído com ele e que o cara era um jumento, disse que ele tem uma rola enorme que a sua amiga não aguentou tudo não, nossa fiquei toda molhadinha, passava por ele ele sempre me olhava, eu tinha que me vestir discretamente pois estava na escola, um dia criei coragem e fui de saia, daquelas engana papai, deixei a saia solta, mais na hora que fui sair dobrei a saia, ele sempre ajudava as professoras tirarem o carro do estacionamento, dobrei bem a saia deixei ela bem curtinha, nossa eu mesma estava envergonhada, fui pegar o carro, me abaixei quasse mostrei as calcinha, ele veio perto do carro eu com o vidro aberto, perguntou alguma coisa que eu mesma nem lembro, como a saia esta enrolada eu sentada mostrava tudo, ele riu e disse muito bonita suas pernas, eu fiquei vermelha sem saber o que responder fui embora.

Esta cena não saia da minha cabeça, a noite na cama procurei transar e comentei do guarda, dei uma em ventadinha, disse que ele viu minha pernas ficou de rola dura, pensei que ele fosse achar ruim só perguntou se a rola dele e grande eu respondi e um jumento, nossa gozamos gostoso.

O guarda seu José, falavam que ele consertava encanamento, e eu estava com um problema mesmo no meu chuveiro, o meu marido ate já tinha comentado que iria arrumar alguém para consertar, eu então no dia seguinte aproveitei e disse ao meu marido que tinha uma pessoa que mexia com isso lá na escola, e disse que era seu José o guarda municipal, falei vou mandar ele vim arrumar o chuveiro.

Meu marido começou com gracinha, dizendo ele vem para arrumar o chuveiro ou tomar banho com você, eu respondi também, você fica falando dos seu amigos eu posso arrumar o meu amigo, ele perguntou mais você vai dar para ele, eu respondi e o que eu pretendo, ele então disse eu quero ver, só que nada de beijos, de amasso, e só ficar de quatro e deixar ele meter, eu disse esta bem.

Na Sexta feira aprontei a mesma coisa levantei a sai, na hora que eu ia sair ele veio eu então aproveitei e perguntei seu José o senhor trabalha com encanamento, ele ficou vidrado olhando para as minha pernas, eu dei uma mexidinha e subi mais a saia, e falei para ele que estava com um vazamento no meu chuveiro se ele arrumava estas coisas, nisso percebi que estava mostrando a calcinha, ele respondeu faço isso e muito mais, e rimos, marcamos para Sábado nove horas da manha.

Eu moro num sobrado e tem um edicula nos fundos, meu marido ficou escondido lá, ele chegou eu já tinha tomado um banho estava perfumada, abri o portão ele logo disse nossa esta cheirosa, levei ele ate o meu quarto que e uma suite eu bem a vontade um shortinho curtinho que mostrava bem a minha bunda, mostrei a ele, o que era para fazer, nisso para ele passar deu uma encostada em mim, foi rapidinho, ele ate já tinha trazido uma peça foi só trocar, pediu um pano para enxugar o Box, eu fui buscar mais disse deixa que eu enxugo, para eu passar novamente encostou em mim, me curvei para passar o pano, ficando com a bunda virada para ele quasse que de quatro, ele brincou assim você mata o velho, eu respondi será que mata mesmo, ele me agarrou por trás eu senti sua rola dura que nem pedra.

Tentei sair fora dando uma de cu doce, e pensei no que meu marido havia dito só ficar de quatro e deixar ele foder, mais na verdade não aguentei, ele tirou a rola para fora nossa realmente era muito grossa mal cabia na minha boca, ele tirou a roupa ficou pelado eu também, fomos para minha cama, ele começou a me chupar nossa nunca havia sido chupara assim com tanta vontade, ele sugava a minha boceta, me mordia, eu então comecei a chama-lo, vem aqui vem, mete esta rola em mim, quando eu olhei para a porta meu marido olhando escondido e batendo punheta, ele veio e começou a meter aquela rola na minha boceta , nossa ate ela se acostumar foi difícil doeu um pouco depois ficou uma delicia, ele me beijava na boca chupava minha linguá, eu dizia isso arromba esta boceta arromba, ele socava fundo ate que acabou gozando sem camisinha mais foi tanta porra ficou deitado sobre o meu corpo por alguns minutos, fomos nos lavar e testar o registro trocado, dentro do box, ele me beijava, e acabou metendo de novo na minha boceta, queria comer meu cu mais ali não dava mesmo, fomos para a cama, peguei um Kiss lubrificante e começamos nossa que dificuldade para aquilo entrar doeu muito de lado ele foi colocando devagarinho ate que entrou tudo, nossa que delicia, eu gozei vendo meu marido batendo punheta e eu com uma rola grossa na bunda, ai acabei ficando de quatro ele socava, as vezes saía fora ele socava dentro, quando foi gozar saiu ele acabou socando na boceta e encheu minha boceta de novo de porra, foi maravilhoso, pedi segredo para ele não comentar com ninguém, sobre isso, ele foi embora, levei ele ate ao portão e voltei.

Meu marido estava deitado na cama, eu tirei a roupa iria me lavar a porra estava escorrendo pelas pernas, ele não deixou eu ir tomar banho deitei na cama ele começou a chupar minha boceta, nunca vi ele chupar tanto assim, sugava chegava ate doer, começou a me xingar de vagabunda, vadia, eu mandei você só ficar de quatro e dar para ele você chupou o pau dele beijou ele, sua puta, ele veio e acabou gozando na minha boca, que maravilha.

Agora já perdi a vergonha, sou uma puta mesmo, o José vai sempre lá em casa a gente fode gostoso agora com a presença do meu marido ele não liga, e já fodi com dois amigos dele, e muito gostoso.

Espero que tenham gostado. numa próxima eu conto outras passagem. hoje ele adora ser corno estou planejando dar para um vizinho, mais com um pouco de medo ele e casado, sabe como é.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Índio safado

    Ola mulheres safadas casadas que queriam uma boa sacanagem com sigilo e sem fins lucrativos moro no mato grosso. Entre em contato para mulheres decididas curiosas nem entre em contato !!!
    Í[email protected]

  2. Janete Souza

    Gostei que delícia de conto .muito bem escrito
    Parabéns

  3. Fernando

    Kramba quero come seu cu tb que delícia adoro chupa uma.buceta manda msg [email protected]

  4. Alexandre

    Algum corno gostaria de ser corno completo, Deixando a esposa e a filha “brincar” gostoso com outro e assistir a “brincadeira”?Se quiser meu e-mail é:[email protected]

  5. Tony Bahia

    Neyde, belíssimo conto, tô de pau duro até agora. Você relatou tudo direitinho, tudo o que eu gostaria que a minha esposa gostosa fizesse. Parabéns para o Corninho, Eu faria tudo isso que ele fez e um pouco não maisssss. Ver a amada sendo fodida por um roludo e depois chupar ela toda gozada é tudo de bom. [email protected]

  6. almany silva

    é assim mesmo no começo é dificio! Gostei do real,fez certo tem que se achar bem comida. Este é o seu marido e amigo ficante para seus desejos

  7. Machado

    Oi linda, Manda uma foto sua pra ver se vc é gostosa.
    Meu e-mail [email protected] Com
    Bjs

  8. Márcio_18cm

    Também quero participar da festinha sou da Mooca deixe o seu contato no email [email protected]

  9. Fábio

    Muito gostoso o conto gostaria de fazer igual,tem alguém do Vale do Paraíba estado de SP interessado?

  10. Guedão

    Se você realmente é professora, tenho dó dos seus alunos. Tem alguns erros de português, mas adorei a putaria.