Fui seduzido e fodido pelo meu primo de 2º Grau

Bem o que aconteceu eu tinha uns 10 para 11 anos, filho de pais separados, eramos muito pobre , morávamos num chalé, minha mãe acabou arrumando um outro homem e ele foi morar em nossa casa, a casa tinha dois quartos, toda noite eu escutava minha mãe reclamar chorar e gemia para caralho, eu perguntava a ela o que estava acontecendo ela dizia nada, eu era um garotinho bonitinho, uma bundinha redondinha pequena, e sempre dormia de cuequinha.

Um dia apareceu meu primo, na verdade não era nada meu, era sobrinho do meu padrasto, e que acabou ficando morando lé em casa na época ele tinha uns 19 anos, cara legal, e acabou ficando comigo no meu quarto, um dia estávamos já deitados começou o escândalo da minha mãe, ela gemia alto, reclamava, eu deitado na mesma cama com o Alfredo perguntei o que poderia estar acontecendo, ele disse eles estão fazendo uma coisa gostosa, eu respondi e precisa gritar tanto, ele me abraçou por trás de conchinha encostando-se sobre o meu corpo, eu senti uma coisa estranha me cutucando, coloquei minha mão para trás e perguntei o que isso, ele disse e o que sua mãe esta recebendo e esta gostando, eu segurei senti uma coisa dura era o pinto achei estranho o meu era pequeno o do Alfredo era grande e grosso, ele então aproveitou e disse quer ver como e gostoso, baixou minha cueca e colocou no meio das minha pernas, nossa realmente acabei gostando aquilo quente rosava as minha pernas, eu deixei, ele foi fazendo acabou me virando e deu varias tentativa para colocar dentro, doía muito,ele então disse esta vendo por este motivo que ele grita, só que tu não pode gritar se não eles vão brigar eu fui relaxando, ele acabou conseguindo colocar tudo na minha bundinha nossa era delicioso, ele metia tudo e ficava brincando ate gozar na minha bunda ficávamos assim por um bom tempo as vezes eu dormia com a rola dele dentro que delicia, ai ele me fodia todas as noite, minha mãe era enfermeira e acabou sendo transferida para a noite, uma noite sim outra não, o Alfredo acabou indo embora fiquei na saudade sentia falta.

Uma das noites minha mãe trabalhando meu padrasto, me chamou para deitar na cama dele, eu fui, depois que eu já estava deitado ele tirou o shorts e ficou com o pau a mostra, nossa o pau dele era muito grosso uma cabeça grande, bem mais grosso do que o do Alfredo, que não era fino não, eu vi aquilo acabei virando minha bunda para o lado dele, ele então começou passando a mão na minha bunda foi alisando acabou tirando a minha cueca, como eu não ofereci nenhuma resistência ele então eu senti que passou um creme, e foi tentando comecei a gemer, ele dizia isso seu viadinho geme mesmo que nem a sua mãe, vou meter neste cuzinho, e começou nossa eu queria sair fora ele me segurava e quanto mais eu me mexia mais entrava, ate que foi ate o saco,ele então passou a foder meu cuzinho nossa mais era muito doloroso, gostoso mais doloroso,ele encheu meu cuzinho de porra, assim ficamso fodendo uma noite sim outra não, nossa ele me fodeu ate os meus 18 anos, mais eu adorava ficava com o cuzinho ardendo mais eu gostava, ate hoje eu dou o cuzinho bem gostoso.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...