Vilmar, eu só conheço um! – parte 8

Autor

Pra quem não viu o início dia meus relatos, clique em meu nome que estaram todos lá.

[EXPLICANDO ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS]

Estava eu, vivendo minha vida, normalmente, quando recebo uma mensagem no meu whatsapp, era Fernando (meu sócio) ,dizendo que fomos descobertos por um cara e ele queira falar comigo. Meio em shock , liguei o mais rápido que pude pra ele:

-o que houve? Quem descobriu o que?

-ele tá aqui na empresa, ele sabe de tudo sobre você, eu, o elton, vilmar, ele tá sabendo a porra toda! Essa Bosta desse grupo do vilmar, fudeo a porra toda! Corre pra cá!

Não acreditei no que estava acontecendo, liguei para o vilmar contei o ocorrido e mandei ele ir pro escritório também. Chegando lá, a secretária tinha sido dispensada no resto do dia pelo Fernando que estava muito nervoso e com cara de choro. Um outro homem estava com ele, um senhor com mais ou menos 50 anos.

-Fernando! Calma cara…

-CALMA! Como você pode me pedir calma uma hora dessa? Estamos fudidos porra!

-Ainda não. – diz o senhor na sala – me chamo W (não revelarei mais detalhes, aprendi a lição) , sou um grande fã de seus relatos Roger, estou louco pra conhecer todos nessa história.

-relatos? Que relatos são esses Roger?

-calma, Fernando! Eu te explico… – Fernando não me deixava nem terminar a frase.

-explicar o que caralho! ? Que relatos são esses?

-O senhor Roger contou com detalhes várias experiências vividas por vocês e seus filhos num site de contos eróticos e eu…

-Você só pode ter ficado louco, Roger! Como você faz uma merda dessa, cara? Isso pode destruir nossas vidas!

-calma Fernando! Se ele quisesse denunciar, já teria feito! O que o senhor quer?

– rsrs gosto de como você se mantém calmos e racional nessas situações, relatou tão bem nos contos que eu até acho que te conheço a tempos! Rsrs não precisa se preocupar Fernando, não estou aqui pra denunciar nada nem ninguém, pelo menos ainda não…

-O que você quer? E como me encontrou?

-não quero nada material, quero participar das festinhas com seus garotos. Não foi difícil achar vocês, na cidade não tem muitos escritórios de arquitetura, e você revelou o nome dos sócios dono da empresa, sendo investigador da polícia à quase 26 anos, achar vocês foi mel na chupeta.

(Atenção: logo após esse ocorrido, nesses dias que fiquei sem postar, tomamos as devidas providências para que isso não acontecesse novamente, a nossa empresa em conjunto foi dissolvida e não trabalhamos mais juntos)

Vilmar chega nesse momento e o deixamos a par da situação, vilmar fica bravo com a situação e comigo por não ter tomado precauções pra evitar aquela situação. W é passivo e ativo, quis ser comido por nós 3 (Carlos faleceu faz uns 5 meses) e W queria comer os garotos.

Aconteceu como ele quis, e fizemos um acordo com ele de sigilo.

Estou escrevendo este "relato" para explicar o porquê irei parar de postar outros relatos. Obrigado a todos que acompanharam até aqui, e desculpem pela repentina interrupção. Tudo que é bom é proibido e dura pouco.

Obrigado, estarei sempre aqui, lendo os comentários e contos com tema de incesto Gay.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...