O dia que meu pai e meu tio me comeram, Parte-2

Autor

Como já disse meu nome e Anna tenho 13 anos e foi iniciada pelo meu tio com 9 anos essa e a continuação dos outros contos que eu já escrevi para entender peço que leia o conto ‘Eu provoquei‘ e o conto ‘O dia que meu pai e meu tio me comeram. Parte-1‘.
No dia seguinte meu foi no meu quarto e pediu para ir ao carro para podemos ir a casa do meu tio, já no carro ele não falava nada nem mesmo olhava para minha cara eu pensava em uma forma de escapar de tudo aquilo quando me veio a ideia de que ele sentia desejo por mim talvez ele sentisse raiva por que queria me comer primeiro então eu tive uma ideia e botei na pratica no carro mesmo eu falei para o meu pai:
– Eu sei porque você ta com tanta raiva tenho certeza que queria me comer primeiro
– Você ta louca? fica aqui sentada e não fala mais nada
ele respondeu muito nervoso me confirmando oque eu tinha pensado passado alguns minutos e botei minha mão no pau dele ele tirou rápido e disse:
– Você ta maluca garota? oque você pensa que ta fazendo?
Eu não respondi nada só sai do meu banco e foi para o meio das pernas dele eu abri o zíper da calça e vi o seu pau que já estava bem duro era um pouco maior que do meu tio mais não tão grosso na hora eu abocanhei aquele pau e chupei como meu tio avia ensinado meu pai queria me tirar dali mais o seu tesão era maior eu mamei feito louca tava quando eu vi que ele estava perto de gozar eu parei e voltei para o meu lugar e falei:
– Eu sei que você quer me comer deixa isso para la eu deixo você comer minha bucetinha e meu cuzinho não e isso que você quer
– Vamos na casa do Roger e nunca mais faça isso
ele respondeu ainda ofegante.
Quando chegamos na casa do meu tio ele arrumou a calça e bateu na porta ele estava bem nervoso ele falou que queria conversa a sozinho com meu meu tio e eu fiquei na sala enquanto ele para outro lugar com meu tio, passados alguns minutos eu escutei alguns gritos e barulhos então eu corri para la e vi meu pai e meu tio brigando eu falei quase gritando:
– Pai para com isso, eu sei oque você quer você quer me comer eu deixo e pensa bem se você ficar com essa briga vai ganhar oque? vamos fazer assim como a tia não ta aqui você poderia me comer na cama que o tio me comeu enquanto ele vê tudo e não pode nem me tocar, pensa bem você vai realizar esse sonho que e comer minha ppk e eu ainda deixo você comer meu cuzinho.
eu passei perto dele passei a mão no pau dele ele ainda estava meio duro eu sei que ele estava louco para me comer ele gemeu baixinho e falou
– Ta bom tudo bem mais isso ninguém nunca vai poder saber.
Nos fomos para o quarto dos meu tios na cama que ele me comeu pela primeira vez meu tio estava sentado eu sabia que ele estava ate um pouco exitado com a ideia de ver meu pai me comer meu pai estava muito excitado e nervoso ele estava deitado na quando então eu comecei a tirar a minha roupa para ele ver peça por peça então quando eu tirei a minha calcinha eu joguei para meu tio que estava com o pau bem duro, eu estava bem excitado com aquela situação meu pai iria me comer enquanto meu tio observava tudo aquilo eu foi chegando perto do meu pai ele já tinha tirado toda sua roupa então eu comecei a chupar o pau dele ele começou a gemer alto e eu gostado de tudo aquilo enquanto isso minha ppk estava implorando por um pau babando, eu chupava meu pai como se o pau dele fosse um pirulito e eu estava louca para sentir leitinho na minha boca meu pai já empurrava o pau dele gemendo muito enquanto meu tio batia um punheta e observava tudo, meu pai me finalmente gozou na minha boca eu como uma boa putinha que meu tio me ensinou a ser engoli tudo e ainda lambi os lábios pedindo mais ai eu falei:
– Papai o seu leitinho e bem gosto tão quentinho
– Bebezinha eu sempre quis ver você bebendo meu leitinho agora você vai ser minha putinha
meu pai me deitou na cama e começou a me chupar e foi maravilhoso ele chupava meu grelhinho enquanto enfiava dois dedos na minha ppk e eu gemia igual uma cadelinha ate que gozei na mão do meu pai ele pegou e me deu os dedos para eu lamber meu melzinho bem gostoso, então ele me botou de quatro e e começou a passar o pau na minha entradinha enquanto eu implorava para ele me comer então ele foi enfiando bem devagar eu comecei a rebolar e e gemer meu pai começou a meter bem forte então ele começou a dar tapas no meu bumbum e então depois de muito tempo ele gozou na minha bucetinha, ele então se deitou e seu pau estava mole mais eu ainda não estava satisfeita e comecei a brincar com a minha bucetinha quando eu olhei para meu tio e percebi que ele ainda esta com o pau duro aqui me deu uma enorme vontade de chupar e que ele comece meu cuzinho então eu falei:
– Papai eu queria tanto que o tio me comesse deixa e chupar ele para você ficar animado e vocês podiam me comer juntos

Continua

Oi gente espero que estejam gostando se tiverem alguma critica ou algo que gostariam que eu mudasse por favor me digam eu estou tentando fazer contos longos e hoje eu foi mais objetiva o próximo vai ser o ultimo

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 6 votos)
Loading...