Sobrinha sapeca

Autor

olá esse a meu primeiro conto que vou expor, me chamo Fábio tenho 1,60 de altura 60k e gosto muito de frequentar academia de musculação, treino Kung Fu a uns seis anos.
tenho 28 anos sou casado e por motivo de um corte na empresa eu fui demitido, como nesse tempo estava construindo minha casa tive que passa um ano na casa de minha sogra até terminar a construção.
minha esposa uma loira de 25 anos perfeita em tudo, tarada assim como eu, temos uma vida sexual bem ativa, fazemos sexo duas a três vezes por semana, em fim, ela tem uma sobrinha de 17 anos, que mora com minha sogra,. ela é loira cabelos longos e olhos verdes, um bumbum bem empinando, ela é uma dessas que chamamos de falsa magra. A seria o nome dela. ela sempre foi criada em um regime rígido sempre tinha que ir a igreja, mas víamos que ela não gostava de ir, ela era bem safadinha, uns três anos atrás minha esposa esteve doente e precisou ficar enternada, e eu fui pra casa da minha sogra a pedido da mesma pra que não ficasse só. Nesses dias em que fiquei lá pude ver o quanto ela era safada, sempre durmo tarde, e fiquei em uma sala de bate papo no quarto que ficava de frente pra sala, estava com a luz apagada , e já era umas 2:00 da madruga,quando vi alguém vindo para sala e ligar a TV, deu uma curiosidade pra ver e abrir a porta de vagar pra ver quem era, e pra minha surpresa era Andreia, ela estava nesse tempo com 14 anos, ela trazia em suas mãos um DVD, ela olhou para os quartos pra ver se tinha alguém dormindo, e foi e ligou o dvd e pôs o filme, pra minha surpresa era um filme pornô do meu cunhado que ela tinha pego, fiquei com a porta entre aberta e vi as senhas do filme ela ia adiantando o filme é quando chegou em uma cena em que tinha uma atriz com rosto de adolescente, e que era bem devassa, na cena a atriz pegava um cara com uma pica enorme, chupava, e dava o cu, a atriz chorava até que com uma mão o cara colocava 4 dedos no cu, e a rola na buceta , nesse momento ela delirava, passava a mão sobre uma minúscula saia que vestia, ela não se conteve tirou a calcinha e colocava o dedo na bucetinha, lisinha,que vista mais linda, ela dedilhava a buceta e com a outra mão dedava o cusinho, fiquei de pau duro na hora, com uma vontade de ir lá e termina o serviço, mas me contive. minha esposa voltou pra casa e sempre nos viamos. até que fiquei desempregado e fui morar lá. não via ela como uma mocinha direita, mas como uma safada, sertão dia fora fazer feira tanto minha esposa quanto minha sogra, elas ian fazer feira em outra cidade onde tinha um mercado que vendia tudo em fardo, e por sorte fiquei a sós com ela, pois minha sogra tem muita confiança em mim, e fiquei pra preparar o almoço pois sou um cozinheiro profissional. não planejei nada, mas quando estava preparando o almoço ela chega da escola, e perguntou se tinha algo pronto pra comer, estava sem camisa e de bermuda pude ver que como gosto de malhar ela ficou me encarando, eu disse o que foi, ela disse que estava enrolado pra fazer a comida é que viria me ajudar, trocou de roupa e veio com uma Mine saía é uma blusa bem curtinha mostrando a barriguinha linda , fiquei louco, lembrando da cena que vi a 3 anos atrás, ela veio querendo me dar aula eu disse que esse era meu trabalho e que sabia fazê-lo muito bem, ela riu e foi lavar as louças. fui levar uma panela pra que ela pudesse lavar e quando eu me aproximei por trás com vontade de dar uma encoxada, quando me aproximei ela abaixou pra pegar um garfo que caiu da mão dela, nesse movimento como estava bem próximo dei uma encostada na bunda dela, que delícia, ela deu uma olhada e disse: faz isso não que eu posso gostar. fiquei de pau duro na hora, o volume ficou visível na hora, ela olhou e regalou o olho eu rir e saí pra não ficar mais desconfortável. ela entrou e brincou dizendo, que sabia fazer um bife a parmegiana melhor que o meu. eu disse vamos fazer um trato vc irá fazer o bife e eu iria ser o juíz,se ela errasse pagaria uma prenda, ela combinou e foi fazer , eu já estava pensando um monte de besteira pra pedir pra ela fazer, pois sabia que ela não iria acertar. como estávamos a sós era tudo ou nada na investida, de vez em quando ela olhava pra meu caução e via o volume que estava. após fazer o bife vi que não ficou bom. eu disse agora é hora dá prenda ela falou que tinha acertado, eu fui pra Net e mostrei como ficava pronto, ela disse que não era justo. mas disse qual é a prenda? eu disse aquele ela fizesse um estrip pra mim, ela regalou os olhos e disse tás doído eu disse que era uma brincadeira e rimos , aí eu disse que já tinha visto ela nua ela disse que era impossível, eu então lembrei a ela do dia do filme que tinha visto ela assistir na sala se masturbando, ela ficou vermelha, pra quebrar o gelo eu disse, vc é muito linda em tudo, és uma mulher muito gostosa , ela riu e disse senta aí que vou mostra se vc aprova, pois já se fazia 3anos que não a via nua, fiquei evitado e ela fechou as portas pra que ficaremos a vontade, ela colocou uma música e foi tirando a roupa tirou a blusa bem de vagarinho, ao ver que estava sem sutiã fiquei louco, tinha uns peitinhos lindos pequenos, aí que delícia, foi tirando a saía que foi revelado a minúscula calcinha que vestia ,um fio dental vermelho,eu já estava a ponto de bala ela veio dançando bem pertinho de mim e ficou de Costa, que bumbum lindo redondinho passei a mão ela deu um pulo e disse que não. mas que faria um bônus pra mim, e foi tirando a calcinha e uma bucetinha inchadinha com uma tirinha no meio, aí que delícia de novinha, fiquei em pé ela me mandou ficar assentado,e pediu pra ver meu pau. pedir que se ela quisesse ver teria que tirar ela mesma, com vergonha e com muito tesão ela veio, colocou suas mãos macias no meu pau que latejava, ela se assustou quando viu. pois sou pequeno mas minha esposa diz que sou filhote de jegue,pelo tamanho do pênis, mede 20 cm e grosso, ela ficou alucinada e disse que parecia o do filme que ela gostava de ver. pedir pra ela fazer movimentos de vai a vem ela disse que nunca tinha feito, mas tinha muita vontade, eu disse aproveita que daqui a algumas horas minha esposa chegaria, ela pegou e começou a me masturbar que delícia, pedir pra ela molha-lo ela foi levantado pra pegar água eu disse que era com saliva, ela ficou louca e disse que tinha nojo de colocar um pinto na boca e que não cabia na boca dela, eu falei tenta se vc não gostar vc para ela veio com a boca trêmula e foi passado a língua e logo após colocou todo na boca. chupou feito uma profissional,eu perguntei tem certeza que nunca chupou um pau,bela disse que não mas via nos filmes que assistia do seu tio. chupou com vontade eu pedir pra dar uma olhada bem de perto na xaninha dela ,ela deixou coloquei ela acentada no sofá, e comecei a passarela um dedinho ela já estava toda molhada, ela gemia, se contorcia , foi quando comecei a beija a sua bucetinha, e passar a língua no grelinho dela ela puxava minha cabeça pra dentro e dizia chupa safado chupa, eu estava louco, comecei a colocar um dedo no cuzinho dela ela gemia, aí coloquei outro dedo e pude ver que estava ainda com folga, eu falei vc já deu o cuzinho não foi safada,ela disse que não, mas brincava com cenoura, e desodorante no cuzinho, fiquei louco e disse que estava na hora de levar uma rolada de verdade, chupei sei cuzinho e levei ela pra o meu quarto,lá ela me chupou e dei umas lambida no cuzinho dela e deitamos de lado, fui introduzido meu pau bem de vagar, ela gemia e dizia que não,iria entrar que era grosso,mas que era pra continuar pois era o sonho dela dar o cuzinho. ela chorava e dizia vai devagar quando passou a metade parei ela estava louca de tesão pois eu estava dedando sua xaninha, ela mesmo que empurrava seu cu na minha rola, já estava acostumado com desodorante, seria fácil aguenta uma rola grossa no cuzinho, quando entrou tudo ela disse agora mexe na bucetinha e empurra com força, guias alturas comecei a bombar no cuzinho e ela gritava e disse que iria fazer côco mas não deixei pois estava quase gosando. quando estava no meu limite de gostar dei umas estocadas fortes no cuzinho dela e gozei feito louco, quando tirei meu pau de dentro ela fez cocô ali mesmo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...