Neta da vizinha de 10 anos

Autor

Vou contar aqui o que nunca contei pra ninguém,até hoje sinto medo e remorso,quando transe com a neta da minha vizinha de 10 anos,foi a experiência mais gostosa da minha vida.
Tudo começou quando me separei da minha esposa eu tinha 25 anos fiquei muito mal sai de casa e aluguei uma casa perto de uma senhora conhecida minha desde pequeno,
A casa ficava na frente e a da senhora no fundo ,tinha que passar no mesmo corredor pra ir pra casa do fundo , e era só um portão,a senhora achou ótimo eu ir morar lá porque tinha uma neta dela morando com ela ,só as duas e a senhora trabalhava em uma pizzaria das 4 as meia noite ,a menina lara,fica sozinha ,comigo morando na frente ela ficava mais tranquila ,a senhora confiava muito em mim,pois me conhecia desde pequeno,bom então conheci lara,uma menina muito bonitinha de 10 anos já era Grandinha quase do meu tamanho ,mais não tinha peito ,mais já táva se formando uma mulher,achei ela a principio uma menina normal,eu trabalhava das 7 as 5 então sempre quando chegava do trabalho ,lara já estava sozinha ,ela logo pegou amizade comigo,tinha sido criada com irmãos mais velhos então tinha uma cabeça mais evoluída , todos os dias ela ia pra minha casa ficavamos vendo filme ,eu ainda estava muito mal pela minha separação ,e nem saia de casa ,lara falava muito era difícil calar a boca ,um dia tudo começou a mudar .lara estava de vestido curto e soltinho sempre que ela sentava no sofá eu via sua calcinha ela por ser criança nem ligava ,eu já estava muito tempo sem sexo ,comecei a ficar de pau duro ,e toda vez que eu olhava dava pra ver as curvinhinas da bucetinha dela ,nossa fiquei louco ,mais não fiz nada .O tempo passou e lara cada vez mais a vontade comigo e eu louco de tesao por ela mais tinha muito medo de fazer besteira e acabar com minha vida ,mais muito tempo sem sexo comecei a tirar casquinha dela ,comecei brincar de cosquinha,e sempre puxava ela pro meu colo ,nossa era muito bom meu Pau duro e ela com a bundinha em cima era muito bom ,mais eu morria de medo de ir além disso ,mais a falta de sexo táva mi deixando louco.
Daí um dia foi quando tudo aconteceu,lara chegou como sempre de shortinho curto e blusinha ,pediu para ver um filme eu deixei falei .
-escolhe aí tem uma pasta cheia de DVD
Ela disse.
-blz
Eu fui tomar banho ,quando voltei só de toalha lara estava vendo um filme pornô ,
Quase pirei.
-nossa lara que isso?
Ela falou.
-uai táva na sua pasta achei que era filme.
Eu esqueci que quardava os pornôs misturados.
-Então tira lara vc não pode ver isso.
Na cena do filme táva rolando um boquete.
-Já pensou se sua avó fica sabendo disso ela vai me chingar,
-não Lucas eu não vou contar pra ela ,e eu também já vi esses filmes.
Nossa na hora eu gelei ,passou muita sacanagem pela minha cabeça ,aí eu perguntei.
-onde vc viu lara,
-na casa da minha mãe,meus irmãos colocava pra ver ,e eu via escondido pela janela.
Na hora meu Pau ficou muito duro,o tesâo falou mais alto aí comecei a perguntar ,e com o filme ainda rolando.
– e vc gosta lara de ver?
-não sei acho nojento,mais gosto um pouco
Minha cabeça estava a mil, meu pau duro eu de toalha sentado e tentando esconder mais resolvi continua
– e vc já viu homem pelado?
Ela respondeu
-de perto ?

-só meus irmãos,mais o Pau deles não estava desse jeito.
Ela se referindo ao filme.
– é porque esse do filme está duro.
Lara sempre era comunicativa dessa vez estava calada com vergonha.
Ela me respondeu
– duro assim eu nunca vi, e esse é muito grande , Lucas o seu é assim?
Nossa na hora vi que poderia acontecer alguma coisa
-não lara o meu não é tão grande mais ele tá muito duro agora.
Ela na hora olhou pro meu Pau mais eu estava sentado, e de toalha ficamos uns 10 segundo calado ,eu tomando coragem pra continuar finalmente fui.
-vc quer ver lara meu pau?
Ela respondeu só com a cabeça balançando que sim ,então levantei , tirei a toalha nossa táva muito duro e apontando pra ela.
Tirei a cabeça pra fora tipo que batendo uma leve punhetinha ,ela olhando fixamente meio constrangida ,eu então fui bem de vagar com ela.
-quer pegar um pouquinho lara?
Ela disse quero
-mais promete não contar pra ninguém ,eu posso ser preso por isso.
– não vou contar não
Fui pro lado dela bem devagar e peguei na mão dela coloquei no meu pau ,nossa foi a melhor sensação , que tesâo ,ela ficou pegando bem de leve eu comecei uma punhetinha com a mão dela ,e perguntei.
– viu o meu não é tão grande como o do filme.
– mas vc é mais bonito que o homem do filme
– vc tá gostando de pegar nela?
– tô
– deixa eu pegar na sua perereca?
-pode
Fui com muita calma pra não assustar ela ,comecei a pegar bem de leve ela ficou quieta ,com a mão no pau e eu pegando na bucetinha dela.
– lara tira a roupa pra mim ver ela?
– mais aqui na sala?
-vamos pro quarto
Peguei na mão dela levei ela pro quarto ,eu já pelado .
– deixa eu tirar lara?
-pode
Fui tirando bem devagar,primeiro a blusa depois o shortinho junto com a calcinha ,fiquei de frente pra bucetinha dela ,nossa que delicia lizinha com os cabelos ainda começando a crescer ,passei a mal nela táva toda meladinha,ela só respirava muito ofegante ,continuei passando a mão ,e o dedo bem de leve na portinha e no grelho dela.
– lara deita na cama.
Ela foi na hora deito na beirada da cama ,minha cama era alta abri as pernas dela tive uma visão muito linda que bucetinha novinha toda melada ,cai de boca comecei beijando a barriga dela ,depois as coxas,aí comecei a chupa sua bucetinha lizinha ,pequene e toda molhada ,lara só respirava ofegante ,as vezes soltava uns gemidos baixinho ,táva quase gozando ,levantei olhei pra ela estava com uma carinha bem relaxada eu perguntei.
– vc tá gostando?
-tô
-posso fazer outra coisa?
-pode
Meu pau duro,táva todo babado ,comecei a pincelar sua bucetinha ,que estava toda melada ,aí coloquei a cabeça do meu pau na portinha da bucetinha dela ,comecei a enfiar entrou só a cabeça não quis colocar mais pra não machucar ela mesmo meu pau nem sendo grande ,ela gemia baixinho
-aí ,aí
Eu perguntei se táva doendo ela falou que não mesmo assim fiquei tirando e colocando só a cabeça o tesâo era tanto que uma hora coloquei um pouco mais logo veio o gozo ,
Goze na barriga dela nossa muita porra ela ficou olhando aquele monte de porra e eu fiquei com as pernas bambas sentei na cama um pouco ,daí chamei ela pra tomar banho.
-vem lara tomar um banho
Fomos juntos ajudei ela lavar a barriga ela até então calada resolveu falar
– Lucas seu pau vai ficar duro até quando?
Eu ainda estava com tesâo,disse a ela
– não sei lara ,acho que quero fazer mais com vc.
Ela deu um leve sorriso,aí acabamos o banho fomos para o quarto e eu disse a ela
– vc quer lara mais um pouquinho?
-quero
-agora da um beijinho nele
Ela ficou um pouco surpresa,e disse.
– igual o filme?
-é lara
– eu tenho nojo
– não precisa ter lara ,vc viu eu acabei de lavar ele
-tá bom
Falei pra ela senta na cama ,fiquei em pé aí ela abril a boquinha e começou meio sem jeito mais táva muito gostoso.
– lara abre a boca toda
Aí coloquei a cabeça toda na boca dela percebi que ela não estava gostando mandei ela levantar ela então me surpreendeu.
– Lucas beija minha boca
Não pensei duas vez beije ela bem suava até colocar a língua na boca dela ,e peguei a mão dela e coloquei no meu pau ,que já estava muito duro,ficamos assim uns 3 minutos,disse a ela
-deixa eu te chupa de novo?
Ela deixou eu pedi ela pra ficar de 4 aí comecei a chupa o cuzinho dela ,táva limpinho e apertadinho chupe também a bucetinha ,que já táva melada fiquei uns 4 minutos aí mandei ela deita e comecei a passar o Pau na portinha da bucetinha dela
Até gozar.
Nesse dia foi só conversei muito com ela pra não contar pra ninguém,depois batel um remorso ,um medo fiquei muito preocupado
Mais ela gostava de mim e brincamos mais vezes
Isso já tem 5 anos ,já tem uns 4 que não a vejo não sou pedófilo ,isso foi um caso isolado que não deu pra fugir
Voltei pra minha esposa mais até hoje lembro e bato punheta foi a melhor experiência sexual da minha vida.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,33 de 3 votos)
Loading...