Despertar de um adolescente

A minha vida na adolescencia se passou em uma cidade do interior de São Paulo aonde nos anos de 60 tudo era possivel mas não tinhamos padroes e só pensavamos em ir a escola e aproveitar a vida.
Certo dia estavamos reunidos a resolvemos tomar banho no rio e de imediato chegamos e na euforia tiramos os nossos shorts de tactel e nus entramos na agua.
Começamos a brincar de pega pega e era gostoso roçar e sentir os corpos se tocando,mas em determinado momento fiquei quieto e meus olhos se deparam com um amigo mais velho Vagner abraçando o Jõao e olhando os semblantes me encuquei pois estavam felizes e curtindo o momento,notei que o Vagner estava roçando a bunda do Jõao e eles estavam gostando e algo mexeu comigo e a curiosidade aumentando.
O tempo passou e na saida da agua meus olhos se fixaram no pau do Vagner e incrivel fiquei estatico e pude sentir seu olhar e sorrindo se vestiu.
Fiquei com este pensamento e a noite não conseguia dormir e no outro dia a noite resolvemos brincar de esconde esconde e de pronto o Vagner e o Jõao foram juntos se esconder e resolvi ir atras e a curiosidade aumentava.
Eles ficaram escondidos atras de um muro e pude ver que o Vagner se colocou atras do jõao e para minha surpresa notei que o short do jõao estava abaixado e o pau do Vagner duro,lindo estava se encostando na bunda do jõao e ele começou a pressionar e notei que o pau entrava e saia do cu do Jõao e ele vibrava,fiquei com uma vontade de ser o Jõao e distraido curtia este momento.
Neste momento senti alguem atras de mim,e se encostou no meu corpo e disse ao meu ouvido,gostoso demais ser sarrado na nossa bundinha e dar prazer ao macho e era o Chico e de pronto abaixou meu short e pela primeira vez sentia um pau sarrar minha bunda e fiquei estatico,sem ação e ele dizia vc gosta de ser tocado e quieto curtia este momento unico na vida de um adolescente-descoberta de sua tendencia.
Ele foi direcionando seu pau e se colocou na porta do meu cu virgem e pegou pelas minhas ancas e foi pressionando e senti seu pau entrando e me iniciando na arte de ser um viado,e que gostoso foi enfiando e tirando e que gostoso sentir o Chico curtindo o meu cu,.
Ele metia sem parar e me vi curtindo este momento e nascia dentro de mim algo novo mas seria gostoso e sem volta.
Quando voltavamos para o pique o Chico me dizia que sempre teve tesão pela minha bunda e sonhava em comer meu cu,mas que me entendia em ter se fixado no Vagner pois o seu pau é algo gostoso e é bom dar nosso cu para ele e me perguntou:topa dar este cu quentinho para o Vagner e ele sorriu pois meu olhar era de consentimento.
Dois dias depois me vi indo a casa do Vagner e el me levou a sala e me deixando nu me colocou de bruços na ponta de um sofa e alisava minha bunda e abriu minhas pernas e senti seu pau as portas do meu cu e foi de uma só vez toamdo posse e tirando as minhas pregas e sentia toda sua força sem reclamar e ele metia sem dó dizendo como adoro comer um cu e metia sem parar e senti ele acelerar e pela primeira vez senti um macho gozar e me encher de porra.
Os dias se passaram e como naquele tempo seriamos discriminados fui desacelerando e somente dava meu cu para o Vagner de tempos em tempo…….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 2 votos)
Loading...