#

Segredos quentes do meu pai – 2

731 palavras | 19 |4.69
Por

Continuando de onde parei na primeira parte deste relato. Segredos quentes do meu pai
-… O que você viu?

Quando meu pai me fez essa pergunta, todas as cenas voltaram na minha mente fazendo meu pau pular e ficar duro como aço. Sem esperar por aquela pergunta, não tive tempo de inventar alguma história que me livrasse daquela situação e no nervosismo comecei a gaguejar.

-Com-com como assim? Bis bisbilhotar? E-e-e-Eu nã nã nã… -enquanto eu gaguejava sem parar, meu pai baixou o shortinho de futebol até a altura do joelho, exibindo sua rola dura e pulsante, e disse:

-pelo volume na sua bermuda, acho que você viu isso aqui…

Fiquei sem ar , sem saber como reagir aquela situação. Não sabia se me jogava naquele pau duro e mamva igual um bezerro, ou se saia correndo e me trancava no banheiro. Tanto tempo decidindo o que fazer e nada foi feito, dando tempo pro meu pai vim por trás de mim e me envolvendo num Abraço quente.

Senti seu pau pulsando na minha bunda, seu peito nu e quente nas minhas costas, sua barba arranhando meu pescoço enquanto suas mãos percorriam meu peito e barriga descendo até entrarem dentro da minha bermuda e segurarem firme meu pau duro.

-pai, o que você tá fazendo?

-deixando nossa relação de pai e filho mais íntima kk…

Já totalmente refém da sedução daquele macho alfa, deixei que fizesse o que quisesse com meu corpo. Me senti como se pertencesse à ele, meu pai, meu dono, meu macho…

-Já levou rola no cú antes, Mayron?

-Já fiquei com outros caras, mais sempre fui ativo!

-Esse cuzinho será meu, não agora, agora quero que você me ajude a encher o cú do keny com muito leite de macho!

Terminando de falar, sua boca encontrou a minha e provei o sabor da boca daquele macho. Beijaria aquela boca por horas, meu cú piscava como se prevêsse o futuro. Assim como meu pau, que doia de tão duro, parecia saber sobre a foda do pequeno keny.

Chegamos na sala nus e de pau apontando para o teto. Quando keny viu, pareceu não acreditar, a rola de nosso pai grossa como um punho e a minha comprida e curvada. Me orgulhando de meus 20cm, começo a balançar a rola do ar atraindo keny como um imã.

Ele veio na minha rola, pois era novidade pra ele. Fiquei impressionado quando ele engoliu quase toda, já era profissional.

-ensinou ele bem, pai! Que delicia de boquete!

-sim, mas o crédito não é só meu kk keny já provou muita rola, as vezes trago uns amigos aqui!

-sério? Você contou pra seus amigos sobre isso?

-kk alguns conheci na Internet e também praticam, outros eu conheço de carnavais passado e são de confiança, tem um que troca de filho comigo kk como o filho dele enquanto ele come o keny…

Todos esses segredos eram novidade pra mim, nunca sonharia que meu pai fosse tão puto. Vi ele desnudar keny e abrir seu furinho, com a língua lubrificante bem aquele buraco guloso. Ainda de joelhos disse:

-larga o pau dele keny! Vem Mayron, prova desse cuzinho de 8 anos!

Me posicionei atrás do meu meio irmão e antes de mirar com a pica naquele cú, meu pai pega minha rola e começa a chupar finalizando com uma cusparada na cabeça.

-Já tá bem lubrificado, pode meter de uma só vez que ele gosta!

Nem por um segundo ousei ignorar aquela ordem do meu pai, numa só estocada enterrei minha rola até o talo naquele cú profundo. Keny suspirou alto e gemeu com prazer. Iniciei um vai e vem naquele cuzinho, que delicia, nem em meus mais insanos sonhos aquilo poderia estar acontecendo.

Eu e meu pai fudemos aquele cuzinho por horas, várias posições e muitas gozadas. Até arriscamos uma dupla penetração, mas keny ainda não aguentava. Fizemos daquele moleque uma verdadeira puta! 40 minutos antes da mãe dele voltar do trabalho, arrumamos a bagunça e tomamos um banho. Os 3 machos da família juntos, se beijando e se masturbando debaixo do chuveiro.

Obrigado todos que comentaram no outro relato, e comentem nesse também. Tenho muita coisa pra contar.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,69 de 26 votos)

Por #

19 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Benhur de Oliveira

    Olha parabéns Mayron, belíssimo conto, muito mas muito excitante…continue…por favor!

  • Responder PutinhoDoPapai

    Parabéns!! Conto maravilhoso! Continue…

  • Responder Jota

    Que tesão de conto. Fico imaginando a cena toda e gozo loucamente. Nunca tive chance de ver algo do tipo. Imagino que é muito gostoso, ainda mais comento um garoto, irmão com o pai junto….puro tesão.

  • Responder ...

    Poxa! 8 anos eh sacanagem… poderia ter colocado um personagem com 17+…

  • Responder Jhully

    Acho que isso não passa de um crime e tem ser denúncia.. E o que vou fazer…

  • Responder Jil

    Adoro contos com crianças me deixa com o pau explodindo pra gozá

    • Jhully

      Vc é doente que se trata

  • Responder Niu

    oito anos de idade e meu pau esporrando forte criança é muuuito bom

  • Responder Isaque

    Essa parte foi boa, mas a primeira foi melhor. Nesse as coisas foram aceleradas demais.

  • Responder tio sacana

    Poxa que maravilha, deixo meu pau estourando.

  • Responder Gostoso João

    Nem comecei a ler direito o conto e meu pau já pulou pra fora do short excitado aqui, amei seu conto e espero que tenha muito mais pela frente! Já sou seu Fã aqui

  • Responder Anônimo

    conta mais cara

  • Responder Pedro

    continua ai que ta muito massa!

  • Responder Gato Safado

    Excitante, quero trocar vídeos me mande no email [email protected]

  • Responder Pachecão

    Me deixou de Pau duro vou tocar uma punheta me imaginando no meio desta cena,

  • Responder Cassio

    Continua

  • Responder Camila

    eu estou amando esses contos, calcinha fica toda babada…quero que continue

  • Responder CrentE PUNHETEIRO

    parabens pelo conto..tava aguardando a continuação a muito tempo.. me chama no skype [email protected]

  • Responder Nando

    O pau ficou estourando dentro do short. Conta mais detalhes! Quero saber como é encher o cuzinho do moleque de leite. Quero saber como é fazer ele tomar peitinho da fonte.