, ,

Meu irmão me comendo inteira

13-04-17 7 ★ 5.00

Meu nome é Marylanne mas sempre o odiei então prefiro que me chamem de Mary e antes de mais nada, desculpe o conto grande, eu quis relatar oque aconteceu exatamente, espero que consiga ler até o final!
Eu tenho, atualmente, 18 anos, sou loira natural, meus olhos são um castanho quase mel, meus seios sao grades e meu bumbum nem tanto assim
Eu sempre fui gorda e por isso meus seios e minhas coxas se destacam
Peso agora, 80 quilos mas na epoca deste conto, cerca de 67(Oque ja era muito contando que tinha apenas 12)
Bom, vou começar dizendo que ja havia transado com uma pessoa quando isso aconteceu, meu primo, Pietro, me comeu no quarto da mae dele em um dia em que estavamos sozinhos, ele cuidando de mim ja que tinha seus 14 anos
Porém eu n perdi virgindade com Pietro e nem com ninguém
Quando eu tinha mais ou menos 10 pra 11 anos eu comecei a me descobrir, eu olhava minha vagina e via que havia um pequeno botao que se eu tocasse eu sentia prazer
Foi ai que eu comecei a me tocar e assistir coisas proibidas na internet
Videos, contos, jogos, hqs, tudo que tinha para se assistir porno eu via
Comecei a penetrar meu dedinho em mim mesma, depois dois, tres e quando minha vagina ficou larga demais pra tres dedinhos eu comecei a me penetrar objetos
Escova, pentes, tubinhos de festa, tudo que for cilindrico, eu enfio lá
Com o tempo me masturbar nao era o bastante, pois ainda n havia gosado, e ai tive a brilhante ideia de provocar Pietro
Depois da minha primeira foda eu fiquei viciada, eu n queria mais parar, era delicioso de mais
Porém Pietro não estava sempre disponivel, morava longe seus pais marcavam em cima dele com responsabilidades que tinha assim ele n tinha muito tempo livre ( oque n o impediu de me comer mais algumas vezes)
E ai e conheci Yuri, meu irmão mais velho por parte de pai
Meu irmão era mais velho que Pietro, mais bonito e mais esperiente
Eu ainda não o conhecia por falta de oportunidade mas ja sabiamos da existencia um do outro
Yuri tinha quase 17, era moreno e forte na medida certa, eu fiquei louca com ele
Assim que nos cenhecemos ele não tirava o olhos dos meus peitos, eu fingi nao ver pois estavamos tratando de um assunto meio chato
Meu pai havia falescido e minha mae, junto comigo, Yuri e minhas outras duas irmãs deveriamos cuidar das pepeladas e afins
Eu os convidei para entrar e quando todos ja estavam acomodados na sala houve um problema, minha mae recebeu uma ligaçao e ela e minha irmãs (que eram maiores de idade) tiveram que sair as pressas para ver algo sobre a morte do meu pai
Eu vou confessar que não poderia explicar muito bem pois até hj n entendo nada disso
Em fim, ficamos eu e Yuri
No começo um grande desconforto era visivel, haviamos acabado de nos conhecer e ficamos sozinhos em uma casa
Foi quando ele sugeriu que ligassemos a TV
Eu não vi problema, liguei e coloquei no era ( e ainda é) meu canal favorito na TV, o canal de animaçoes
Yuri estalou a lingua e tomou o controlhe da minha mao
-Voce n sabe se divertir?- ele perguntou
E entao mudou para o canal porno da TV a cabo
Tentei mudar mas ele nao deixou
-Pelo menos abaixa, eu tenho vizinhos sabia?- e sorriu e abaixou um pouco o volume dos gemidos freneticos que uma mulher dava na cena
So ai eu percebi e ela estava fodendo de quatro no rabo
Eu ainda era virgem anal, ja tinha visto em pornos e hqs mais n na vida real
Fiquei molhada na hora
Olhei para Yuri novamente e percebi que ele acariciava o pau por cima da bermuda que ja estava bem grandinho por sinal
E ai pensei, porque nao?
Me sentei ao seu lado no sofa e afastei sua mao de meu pau
-Oque vc esta fazendo?- ele perguntou
-Shhi!- respondi abaixando sua bermuda até o meio das cochas, liberando seu pau
Nossa, era muito maior que o do Pietro, não querendo diminuir meu primo, ele foi minha primeira foda, mais o Yuri tinha um pau de dar inveja
E ai eu nao esperei, n perguntei se podia e nem pedi licença, abocanhei aquela coisa quase totalmente dura e comecei um vai e vem delicioso
Yuri urrou no meu primeiro vai e vem e depois ficou gemendo baixo, logo ele ficou inclivelmente duro e eu sem parar de chupa-lo
-Porra, onde voce apredeu tudo isso?- ele perguntou
Nao respondi, tirei a boca de seu pau e o beijei
Parei de beija-lo derrepente saindo do sofa e tirando o vestido que usava jogando-o no sofa, em seguida meu sutiã e depois minha calcinha
Fiquei nua na frente dele e com muito tesao
-Eu vou pro quatro, vc vem?-Perguntei
Fomos pro quarto, eu me deitei ja com as pernas abertas enquando ele terminava de tirar a roupa
Quando acabou ele se posicionou na minha entrada e me perguntou se eu era virgem, apenas valancei acabeça negando, ele sorriu de lado e meteu tudo de uma vez so
Oh Deus, lembro daquela sensaçao deliciosa, o pau dele me rasgava e me preenchia de uma so vez, eu gemi muito auto mesmo
Ele sorriu maroto e colocou o dedo na minha boca indicando silencio
-Parou de se preocupar com os visinhos agora?
E entao ele começou a bombar, cada vez mais fundo, mais forte, mais rapido, eu mal tinha tempo de gemer
-Puta merda, sua boca e quente e apertada, sua buceta é quente e apertada voce é muito gostosa!-ele disse ofegante
Ele me colocou de quatro após alguns minutos e continuou me fodendo como se eu foce apenas uma boneca
Ele tocou clitores enquanto intensificava as investidas e eu urrei gozando
Ele tirou o penis e dentro e mirou pra cima gozando nas minhas costas e fazendo respingar no meu cabelo que estava solto
Ele caiu ao meu lado acabado, eu também estava
Até ter outra ideia
-Quer estrear o meu cu?- perguntei ainda ofegante
-Jura? Nao sei se tenho folego
-Pensa no caso, mas tem que me prometer meter com carinho, meu rabinho é muito apertado
-Eu topo mais antes tenho qye te exiyar de novo né?
Ele veio até mim e me beijou com desejo, desceu pros meus peitos e mamou neles como se não houve amanha enquanto metia dois dedos na minha gruta encharcada
Depois de muito mamar ele desceu para minha boceta e me chupou como um louco
Deus, a primeira vez que fizeram oral em mim, eu delirei
Quando eu ja estava mais de pingando e ele mais do que duro partimos para a proxima fase
Fiquei de quatro e ele meteu na minha vagina pra lubrificar bem e se posicionou na entradinha do meu rabinho
Ele forçou a cabeça e ela entrou
Gemi de dor e ele ficou parado me esperando deixa-lo contunuar
Empurrei meu quadril para traz dando liberdade para ele colocar o resto
Ele foi colocando devagar até meu bumbum encostar nas bolas dele
-Tudo bem?-ele perguntou
-Na verdade, nem doi tanto, so me da um momento pra me acostumar!- Falei
Com alguns segundo ele começou a a retirar e colocar repetidas vezes ni meu rabinho e pra ajudar colocou a mao na minha buceta me masturbando devagar
Eu comecei a sentir muito prazer e dri liberdade para ele ir mais rapido
Depois de uma foda longa pelo meu cu, depois elde levar alguns tapa na bunda e de ser chingada ele encheu meu cu de porra e eu gozei como nunca
Depois disso eu e Yuri tivemos muitas outras, como ela ja ter me comifo ao mesmo tempo que meu primo, mas isso é pra outro conto, bye!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)

, ,

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Anonimo

    Bom tereza, se voce não gosta porque leu?
    E além do mas, pedofilia seria se um dos personagens relatasse maior idade, ambos eram menores então vå ler outro conto de deixe as pessoas em paz!

  2. Tereza.

    Contos interessantes, se não fosse a PEDOFILIA, pois TRANSAR com menores de idade é CRIME diante da lei no Brasil. Por favor evite usar em seus contos|relatos eróticos , personagens MENORES DE IDADE. Use de bom senso e coerência. Entendido !!???

    Francamente,
    Tereza.

  3. Kavin

    Alguém indica um site bom de HQS gratuito?

    • Anônimo

      superhq

  4. Pedro

    Troco material, [email protected]