Eu e minha irmã

26-04-17 3 ★ 0.00

Bem vou ser breve pq não gosto muito de escrever. Também vou mudar os nomes pra não descobrirem quem sou eu.
Meu nome é Almir tenho 14 anos, moro com meus pais e minha irmã ela tem 10 anos e se chama Ana. Desde que aprendir a bater punhenta penso em sacanagem desde a hora que acordo ate a hora de dormir e nos sonhos tbm. Fico imaginando comer aquelas gostosas dos vídeos Kondzilla. Kkk
Na semana passada minha mãe e meu pai foram no mercado pela tarde e fiquei sozinho com minha irmã em casa.
Tava assistindo aquele vídeo da Mc Tati Zaqui enquanto minha irmã brincava na varanda. Nossa fiquei tão excitado vendo o vídeo que acabei tirando a pica pra fora e batendo uma ali mesmo no sofá.
O problema foi que nem me liguei que Ana estava na varanda e quando percebi ela já estava atrás de mim vendo eu me acabando na punhenta.
Tomei um susto e me ajeitei enquanto ela ria, mas depois que ela viu que eu não gostei então ameaçou dizer pra nossa mãe o que eu estava fazendo.
Então eu prometi a ela que não conta-se nada que eu deixava ela ir para o playground brincar ate nossos pais chegarem. Mesmo assim ela achou que era pouco. E disse que a vizinha tinha dito pra ela que falaram que da pica dos meninos saia leite.
Então ela me perguntou se era verdade?
Na hora eu não senti nenhuma maldade, mas quando ela disse que tinha vontade de ver. Na hora fiquei com tesao e com vontade de fazer putaria.
Ai perguntei se ela falaria pra alguém se visse e fiz ela prometer não contar pra ninguém.
Então falei pra ela que tinha uma condição. Faria sair leite da pica se ela me mostra-se sua buceta tbm.
Na hora ela ficou retrucando mas depois concordou então fomos no banheiro.
Ana sentou no vaso e eu tirei o short e fiquei pelado esticando pra aparecer a cabeça da pica. Depois foi a vez dela e quando ficou toda peladinha eu nem acreditei como era linda minha irmãzinha e como tava gostosinha mesmo ainda sem peitos so uns biquinhos. Porém a bundinha era bem redondinha e a ppk sem pelos gordinha.
Então eu pedi pra ela abrir as pernas e mostrar a buceta e quando ela fez isso eu fiquei doido e fui segurando a pica na direção da bucetinha.
E sem dizer nada fui esfregando a cabeça da rola nela procurando o buraquinho pra meter a pica. Minha irmã abria a buceta com os dedos e eu tenta a meter e de repente acertei a cabeça da rola e Ana deu um grito fechando as pernas. Então percebi que era muito perigoso e pedi pra ela virar e ficar de quatro com os joelhos no vaso depois peguei o óleo seve de minha mãe que estava na pia e passei um pouco sobre a cabeça da pica e depois deixei escorrer no reguinho de Ana e fui na direção dela .
Meu pau ainda é pequeno e fino mas a cabeça da rola é grande. Coloquei na porta do cuzinho dela que começou a pisca e fui metendo enfiando. Minha irmã gemia e dizia ai ai ai e eu ali atrás dela afoito doido pra empurrar mais queria ver a rola sumir dentro dela. Mas so conseguia enfiar a cabeça pq seu cuzinho ficava piscando e ela reclamava de dor. Ficamos nessa putaria por alguns minutos ate que eu senti que iria gozar e perguntei se ela queria chupar, mas ela não quis acho que pq eu tinha metido no cu dela.
Então eu comecei a bater forte ate sair o leite da pica melando suas pernas e o chão.
Depois de limpar tudo prometemos não contar pra ninguém o que fizemos.
De la pra cá ja tentei brincar com ela novamente mais so rolou um roça roça. Quero esperar o momento certo pra fazer sem afobação

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Isabelly Medeiros

    Delicia *-*
    Add no face, só homens mais velhos e experientes, olha o link…Só copiar e escrever no Google com o Facebook aberto
    m.me/Isabellymed.963798

  2. Julinha

    Delicia de conto muito excitante

  3. Tarado por noivinhas

    Que bom seu conto adorei, vc está fazendo certo vai de vagar sem presa pra vc conseguir comer ela varias vezes bem gostoso