o garoto de rua seu cachorro e eu

Olá pessoal. Me chamo Cesar, 35 anos e sou de SP e esse conto é real. Certo dia estava voltando de um barzinho e estava naqueles dias de tesão. Quando to assim, volto pra casa por ruas desertas e passo por praças de madrugada sempre dirigindo bem devagar pra ver se tem alguém dando sopa e se rola pegação. Nesse dia, passei por um local bem deserto, uma praça pequena mas escura e vi que tinha uma pessoa deitada. Parei o carro e fiquei uns 15 minutos observando se não chegava ninguém e também tocando uma punheta gostosa imaginando coisas e tomando coragem. O tesão falou mais alto e desci do carro. Fui me aproximando do cobertor e o mendigo estava com o rosto de fora. Aparentava ter uns 21 anos de idade. Fiquei maluco de tesão e observei que por baixo do cobertor se mostrava um belo volume. Estava muito excitado decidi agir. Me deitei ao lado do mlk e comecei a acariciar o pau dele por cima do moletons que ele estava vestindo. Ele acordou e não falou nada. Foi o que eu precisei pra cair de boca naquela rola fedida mas bem grande e grossa que já estava dura. Com menos de 1 minuto de boquete o mlk gozou e encheu minha cara de uma porra branca e espessa, grossa, daquelas que dá pra mastigar. O au dele não amolecia e continuei mamando aquele pau melado e duro. Deveria ter uns 22 cm e muito grosso. Que delícia. Sou ativo mas adoro mamar. Tive coragem e comecei a lamber o cuzinho dele. Nem me importava com o cheiro, mas inacreditavelmente era uma bela de uma bunda, parecia daqueles esculpidas em academia. Masturbava o mlk e sentia a rola dele muito dura. Caí de boca de novo quando senti algo perto de mim… levei um susto achando que poderia ser alguém mas era um cachorro. Deveria ser vira lata com alguma raça pois o cachorro era de médio para grande. Não sei se ele já estava acostumado mas o cachorro foi direto no pau do mlk e começou a lamber. Isso me deu um tesão maior ainda. Observei que o cachorro estava de pau duro. Era uma pau considerável, deveria ter uns 17 cm e era bem grosso. Não resisti e, por um impulso, caí de boca no pau do cachorro. Que sensação gostosa, que delícia. O cachorro gozava demais. Eu colocava a boca e já senti jatos indo direto na minha garganta. O cachorro gozou muito. Eu estava alucinado de tesao e vi que o mlk de rua gozou novamente só com as lambidas do dog. Me virei e comecei a lamber a porra esessa dele de novo, junto com o dog. Nçao aguentei e gozei em cima de mim. Gozei muito e o putinho do dog veio e lambeu toda minha porra e meu pau, como que agradecendo pela mamada que eu dei nele e foi embora. Dei mais umas mamadas no mlk de rua que não abriu a boca. Fui daté o carro, peguei 50 reais e coloquei ao lado dele e fui embora. Essa foi a maior loucura que já fiz. Estou louco pra mamar um mlk de rua de novo e um dog. mas não tenho cachorro. Se alguém tiver um dog e quiser me convidar, por favor, será um prazer, estou com um puta tesão em beber porra de cachorro de novo. Se tiver dog e afim de muita putaria, deixe seu contato que lhe escrevo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...