Enganando papai lll

Ao sair do banheiro só de cueca e com a toalha pendurada no pescoço, surpreso me viu na cozinha e disse:

Ué filha, você havia dito que ia demorar? O que aconteceu?

Ah, minha amiga ficou indisposta e adiamos o trabalho para outro dia, o senhor quer café?
Ele disse que sim e começou a tomar de pé mesmo, enquanto eu olhava fixo para seu cacete, para vê-lo endurecer.

Não demorou muito para ele começar a crescer, e enquanto olhava parecia que a sua pressão subia junto, e o seu coração batia mais rápido.

Ai que calor,eu disse e me levantei e indo para a sala, e me sentei no sofá e logo meu pai veio e se sentou também.
Eu ficou olhando na direção do seu pau, e ele foi se ajeitando até deixar a cabecinha saído para fora da cueca.

Eu me virei para ele deixando minhas pernas entre abertas, facilitando para que ele visse minha calcinha vermelha molhadinha e meus pelinhos ralos saindo para fora.

Ele por sua vez foi fazendo seu pau sair cada vês mais até ficar totalmente de fora com aquela cabeça grande e vermelha brilhando.

Realmente deveria ter uns vinte centímetros, eu comecei a passar língua entre os lábios e continuei olhando fixamente aquela vara, com o desejo de cair de boca e mamar aquela vara naquele mesmo instante e sentir seu leitinho inundar minha boca, mas me conteve e apenas disse:

Papai olha o senhor deixou fugir algo .e dei uma risadinha maliciosa.

ele desculpa filha vc não se assusto não !

Hora pai eu já vi isto .

Que onde quem !

Calma papai foi no computador sempre aparece isto mesmo sem a gente procurar .

Ha bom .

Mais alguns minutos e o papai teria tirado meu cabacinho ali mesmo, naquele sofá, mas olhando no relógio viu que estava na hora da mamãe chegar e cada um se levantou rapidamente indo cada um para seu quarto se recompor.

A noite, enquanto minha mãe assistia sua novela na sala, e vendo que o pai estava no quarto.

Eu, disfarcei também foi para o meu quarto, liguei o note e entrei na sala que ele estava.

Olá, alguma novidade????

Sim , ela viu, ficou só olhando e pude ver sua calcinha bem molhada, depois ela disse “que já tinha visto me assustei mais foi na net , mas como estava na hora de minha esposa chegar do trabalho então não deu para continuar.

Puxa que azar hem?
Se não fosse horário da sua esposa chegar teria sido hoje, com certeza, a putinha está louquinha pra dar. Se ela viu e disse isso é porque ela gostou, não tem mais como evitar, você vai tirar o cabacinho dela amanhã com certeza!!!!!

Você acha que ela vai deixar ?????

Sim e o meu cabacinho você vai querer???

Quero, lógico, só o cuzinho ne ???

sim vou dar só o cuzinho para você, a bucetinha vai ser do meu pai!!!!

Adorei ver o seu cacete pela webcam e me masturbei várias vezes durante a tarde e a noite só pensando vc me comendo gostoso.

Você tem local?

Sim tenho. Pode ser aqui em casa, na minha cama ou no quarto da minha filha, assim eu te como pensando nela.

Oba, então vamos marcar para amanhã cedo, eu finjo que vou para escola e nos encontramos, me pega no terceiro ponto de ônibus depois da pracinha!!!!

Como vou te reconhecer, tem muitas estudantes pegando condução no mesmo ponto.

Estarei com uniforme da escola e com uma flor na mão, quero ver se essa (pau grande) vai dar conta de mim!!!!

Ok vou levar minha esposa no trabalho e deixo minha filha no colégio dela que fica bem perto dessa pracinha e te pego ai às sete e meia.

Combinado vou ficar ansiosa. Ah! Não esquece de me levar um presentinho. Bjssss.

No dia seguinte saíramos os três, eu no banco de traz. papai deixou a mamãe no trabalho e ia em direção ao colégio, quando eu disse:

Pai, para!

Que foi filha, esqueceu alguma coisa???

Meu trabalho de escola, vale nota, eu esqueci no meu quarto, me leva de volta, preciso pega-lo.

Tá bom mas não demore eu tenho um compromisso daqui apouco.

Paramos no portão da casa e eu entrei correndo direto para meu quarto, tirei toda a roupa e fiquei peladinha só com uma flor na mão, morrendo de tesão só de imaginar aquela linda pica que viu no dia anterior na webcam e depois ao vivo e a cores invadir todos os seus buracos, poder mamar seu leitinho quente e delicioso.

Passando a mão na minha bucetinha e já sentia aquela babinha molhar meus dedos, sentia arrepios por todo o meu corpinho de ninfetinha tarada que em instantes estaria sendo explorado pelo meu pai que iria ter o prazer de tirar meus dois cabacinhos de uma só vez.

Ela alisava os meus seios arrepiados com os mamilos durinhos, o dedo molhado do meu liquido lubrificava meu anelzinho, já preparando-o para ser deflorado, e nisso ouviu a buzina do carro, era seu pai que não queria se atrasar para o seu compromisso, e ela ansiosa para ele vir atrás dela.
Bibi! Bibi! Bibi! Bibi! CRISTINA VEM LOGO MENINA Bibi! SERA QUE TENHO QUE IR AI TE ARRASTAR PARA FORA Bibi!Bibi!
vem papai vem aqui !!!!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...