Delicia Demais (Parte 01)

OLA PESSOAL
o que vou relatar, realmente aconteceu comigo na minha infância, acho que nasci para ser viado, naci numa familia onde minha mãe éra muito gostosa e não podia ver nenhum homem, que ja ia logo para a cama com ele…
meu pai era um mulato bonito, forte e tinha uma pica descomunal, devia ter uns 25 cm e era muito grossa e cabeçuda, cheia de veias
eu me lembro vagamente das coisas que aconteceram após eu ter mais ou menos 7 anos, a maior parte dessa história, foi minha mãe que me contou e segundo ela começo na verdade quando eu tinha 6 anos…
eu dormia com meus pais, tinha minha cama no mesmo quarto, mas a maioria das vezes eu dormia na cama com eles, isso foi minha mãe quem me contou, porque eu não posso me lembrar de nada quando tinha 6 anos
segundo ela, eu sempre fui desde neném um garotinho muito bonitinho e bastante curioso e segundo ela, foi por causa dessa curiosidade que as coisas começaram a acontecer…
dizia ela que depois que ela fazia sexo com meu pai, ela ficava muito cansada, ele metia em todos os buracos que ela tinha, e eu na cama ficava olhando e vendo tudo que acontecia, quando eles dormiam eu entrava debaixo do cobertor e ficava brincando com o piru do meu pai, eu adorava brincar e segundo ela, o piruzão dele logo ficava durão e várias vezes ela acordou e me pegou lambendo a cabeça do pau dele, mas era muito grosso e nem entrava na minha boca, segundo ela eu adorava lamber a porra que saia e ela ficava olhando e se masturbando, meu pai viajava, era caxeiro viajante, saia segunda bem sedo e só voltava na sexta a noite, nesses dias ela sempre levava alguem para meter nela e como eu ficava olhando ela mandava os caras me colocarem para chupar, eu gostava porque o piru deles era bem menor que o do meu pai e entrava uma boa parte na minha boquinha… o tempo foi passando e eu cada vez brincando mais com os piru dos amantes delas e do meu pai quando ele chegava, segundo ela eu ja com quase 7 anos, ja era bem grandinho e tinha uma bunda muito linda e grande e tanto meu pai quanto os amantes dela ficavam brincando e eu vivia com meu cuzinho cheio de porra, nessa época minha mãe so deixava entrar a cabeça e eu fui me acostumando e mesmo sendo novinho passei a gostar muito, e quando ia brincar com meus amiguinhos ele me levavam para o mato e faziam fila para me cumer, eu adorava e queria todos os dias, tinha dia que eu deixava uns 10 garotos, todos mais velhos que eu meterem em mim, meu cuzinho ficava inchado e cheio de porra, nessa época, segundo ela eu dava meu cu para meus amiguinhos que como eu ja estavam viciados e para os amantes dela porque a essa altura meu cu vivia piscando e eles enfiavam tudo sem dó, eu adorava, eles até iam la em casa me cumer e minha mãe ficava olhandooooo, um dia quando meu pai voltou da viagem, ela falou que meus amiguinhos me cumiam todos os dias e que meu cuzinho ja estava bem aberto e inchado, ai meu pai falou, eu sabia que ia dar nisso, o muleque desde criançinha adorava chupar meu pau, e segundo ela eu estava no banho me preparando para ir para a cama com eles, e estava torcendo para meu pai tentar enfiar aquele pauzão dele no meu cu que não parava de piscarrrrrr, quando entrei no quarto, meu pai estava com a pica todinha no cu da minha mãe e ela nao parava de gemer, eu chei bem pertinho e fiquei olhando ele entrar e sair, como era gostoso ver aquilo, meu pai então mandou e ficar de 4 enquanto ele comia o cu da minha mãe que ele queria ver como estava meu cu, fiquei de 4 e ele começou a enfiar o dedo e entrava facil, enfiou um, depois 2 e chegou a enfiar 3 dedos, eu gemia de prazer, porque nessa época eu ja tinha 7 anos e ja me lembro de tudo que aconteceu dai para a frente, meu pai falou para minha mãe que achava que eu ia aguentar o pauzão dele facinhooo, mal sabia ele que eu dava para todos os amantes dela, ele pensava que era só para os meninos, tirou o pauzão todo melado do cu dela, pegou um creme na cabeceira da cama, lambusou meu cu e começou a sarrar a portinha ate que conseguiu enfiar a cabeçona, eu gritei e ele parou, sem tirar de dentro, a pica dele ficava pulçando la dentro, ai ele quando viu que eu comecei a mexer minha bunda foi forçando, me rasgando mas eu não reclamei, eu queria aquilo tudo la dentro… minha mãe deitou na minha frente e mandou eu ficar chupando ela equanto ele ia enfiando tudoooooo, ate que senti o saco dele bater na minha bunda, eu gemia muito e as vezes ate doia, porque mesmo eu querendo a rola dele era muito grande… mas não reclamei, comecei a piscar meu cu e ele foi a loucura e começou a socar, enfiava e tirava e eu gemendooo até que ele começou a gritar e encheu meu cu de porraaaaaaaaaaaaaaa, o pau dele continuava durão e ficou engatado por uns 20 minutos pulçando dento do meu cuuuuu, que deliciaaaaaaaaa. me lembro de tudo, essa foi a primeira vez de muitas outras, nessa época eu ja tinha uns 8 anos e minha bunda era cobiçada por muitos homens na area onde eu morava…depois conto a continução…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...