Ana !! Adeus papai !!

Aquela era uma manhã bem clara quando cheguei em casa. Era dia do Papai sair, e eu ia ficar com a Babá Sonia. Em troca de deixa ­la em paz com as novelas do Vale a Pena Ver De Novo,
pude fuçar no pc comendo Doritos.
E deu 6 horas da tarde. Onde estava o Papai?
Não admito tão fácil, mas eu queria que ele me levasse para o quarto dele e que brincássemos um pouco.
O telefone tocou, e Babá Sonia atendeu. Ela parecia mais triste e chocada, conforme a pessoa
do outro lado falava com ela.Algo me dizia que era algo com o Papai E não era algo bom.
Infelizmente, eu estava certa.
“Sinto muito, Ana, seu Pai…
o seu Pai esta morto…”
Não entendi o que a velha quis dizer de primeira. Achei que estivesse mentindo.
Mas era verdade. Papai havia sido atropelado, e não tinha resistido. Daquele dia em diante,iria morar com meu tio, meu parente mais próximo. Era irmão do Papai, e eram bem parecidos.
Tinham gostos parecidos.
De agora em diante eu serei uma órfã normal, mais normal do que antes. Isso não seria ótimo?

Não, eu quero continuar com o Papai. O Tio acabou de chegar, com um sorriso um pouco forçado.
Ele se agachou para ficar a minha altura.
“Ola!” Pegou em minha mão e me guiou a seu apartamento. Era bastante diferente de minha antiga casa.
Era mais organizado,e a TV era na sala.
A cozinha tinha porta, e meu quarto era branco com móveis de madeira.
Abri meu novo armário, e me deparei com mim mesma. Um espelho. Corri para buscar uma
cadeira e fiquei me olhando por um bom tempo. Olhando os meus olhos verdes, espelhados, tão

parecidos com os da Mamãe, segundo o Papai, brincando com meus pró pios cachos dourados. Nem notei quando o Tio entrou.
Ele se aproximou e segurou meus ombros, alisando meus cabelos.
Sorriu para o meu reflexo,olhando meus olhos verdes. “Ana ,Ana… Já te disseram que você parece um anjo?”
Aquilo me deixou surpresa!
Será que ele sabia sobre o Papai?
“Já.” Sorri para o reflexo dele. É verdade, o Tio e o Papai sempre dizia isto . Ele se pareciam muito com papai . mais Jamais me sentiria igual em relação a ele.
O Tio jamais tomara o lugar do Papai.
Mas eu podia tentar…

“Tio, quer brincar?”

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,43 de 7 votos)
Loading...