Sofri muito Bulling no clube quando eu tinha 12 anos de idade

Pois é pessoal, me viciei a dar o cuzinho, como já contei para vocês, o meu primeiro a tirar o cabaço do meu cuzinho foi meu amigo Nelsinho, no mesmo dia cabei dando para o senhor José o porteiro do clube, e assim foquei um bom tempo metendo com os dois, o seu José acabou sendo mandado embora do clube e nunca mais vi, o Nelsinho fodemos ate meus 18 anos ou mais, muito bom.

Isso que vou contar também aconteceu no clube, esta acostumado a dar para os dois, primeiro o Nelsinho depois o seu José, ele saiu do clube, um dia teve um campeonato de natação e terminou mais tarde, esperei todos tomarem banho, o Nelsinho neste dia não foi, eu cheio de vontade entrei no vestiário nossa um colega com uma caçeta linda começou com as brincadeiras, me sarrando chamando-me vem aqui vem boneca , quero ver a sua bundinha, eu peguei e saí fora, este cara não era de confiança, esperei todos irem embora isso já passava das 19 horas, mais antes para poder fazer hora esperar o pessoal ir embora fiquei na portaria conversando com o Sebastião, o guarda da noite, um negrão, feio beiçudo, mais bem educado, parecia gente boa, passa o dito cujo o cara que mais me azucrina, e diz esta cantando o guarda, e saiu, eu perguntei seu Sebastião posso ir tomar um banho, ele disse claro, eu fui para o vestiário.

Estava me banhando aparece o seu Sebastião, eu me ensaboando ele ficou me olhando, eu acabei virando a bunda para ele alisando ele então disse nossa tu tem uma bunda bonita, eu voltei a me curvar na parede me abaixando tipo de quatro, ele riu quando eu olhei ele já estava pelado ele veio e começou a passar a linguá no meu cu, nossa que delicia sentir aquela linguá quente na bunda, fiquei louco ele babou tanto no meu cu deixando bem lubrificado e veio colocou a rola na portinha do meu cu e começou a forçar, a rola dele era grossa do tipo da seu José, mais cabeçuda, forçou a entrada, eu já estava bem acostumado, mais mesmo assim doeu, a entrada , mais um dor deliciosa, eu quasse sentei na rola dele fiquei quasse que de quatro ele enfiou todinha lá dentro demorou bem para gozar ate encher meu cu de porra, nossa que delicia ai sabe como é fiquei freguês, eu vinha a noite meter com ele ele fodia muito, chupava meu cu eu chupava a rola dele um dia ele encheu minha boca de porra, tomei todo seu leitinho que delicia, voltei a ter dois para eu meter gostoso, maravilhoso., sabe como é, só quem gosta de dar sabe disse depois que se da uma vez e difícil parar, por este motivo não existe ex viado, se é viado e para sempre, pode dar uma parada mais se pintar oportunidade ele dá gostoso, hoje sou casado mais continuo dando. esta e mais uma passagem da minha vida , espero que tenha curtido.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...