Seduzi meu tio e ele aproveitou–2

Agradeço pelos e-mails.

Bem, vou continuar a segunda parte. "Seduzi meu tio e ele aproveitou – 1"

…meu tio ficou calado, mas aí eu disse: – Tio sabia que tô gostando do seu pintinho no meu bumbum. Eu já vi a mamãe colocando o pinto do papai nela. O senhor faz isso comigo?

Ele ficou pasmo… Ficou sem falar nada. Passou a mão na minha rachinha, mas respirou fundo, saiu da cadeira e foi para o quarto. Fiquei preocupada… Não sabia o que fazer. Mas fiquei sentada na cadeira… Passaram-se mais de 20 minutos e ele não veio. Ficou no quarto. Não fui lá. Resolvi ir ao banheiro, tomei banho e troquei de roupa. Coloquei uma sainha e fiquei sem calcinha.

Passados quatro horas, já era umas 21h30, minha tia foi pra cama e me chamou. Disse a ela que ficaria na sala assistindo NetFlix. Como sempre meu tio estava no escritório, como estava sem calcinha resolvi seduzir meu tio. Mas fui direto desta vez!

Entrei no escritório, por volta as 22h e pedi desculpas a ele. Abracei e o beijei no rosto. Me virei, dei um dois passos rumo à porta e disse: – Desculpas tio. Mas não posso fazer nada se o senhor não quer: Nesse momento levanto minha saia de pano e abro meu bumbum e vê minha rachinha e meu cuzinho.

Ele ficou loooucooooo!!!! Pulou da cadeira e com um braço me pegou pela cintura e com a outra mão ele me envergou e fez eu ficar com as mãos no chão e me chupou. Foi muito rápido.

Mas ele ficou preocupado com a minha tia e me pediu para ficar no computador e que hoje eu iria sentir o pau dele. Fiquei alegre. Mas me contive. Fiz como nada tivesse acontecido. Ele foi para o quarto, vê como estava minha tia.

Voltei cinco minutos depois. Me colocou no colo e ficou me bulinando. Dizia besteira:
– Olha menina safada. Eu não queria te comer, mas vc vai ganhar pica. Vou arrombar teu cuzinho para não tirar tua virgindade.

– Fiquei louca. Até então só tinha colocado o cabo da escova de cabelo no meu bumbum. Já queria o pau dele. Pedi a ele para chupar. Fui para debaixo da mesa, que é modulada e tem tampa na frente, nisso quem entrasse no quarto não veria o que estava acontecendo.

Ele ficou sentado e eu fiquei de joelhos no chão. Quando ele botou o pau pra fora matei o meu desejo. Fiz como nos vídeos. Primeiro passei a linguinha, chupei a cabeça que saiu muito líquido azedinho… depois engoli tudo.

Titio adorava, se contorcia e falava baixinho: – Vai minha aprendiz de puta. Minha putinha. Tu é minha puta? Sem eu saber o eu significava, respondi: Ham, ham… Com o pau na boca e fazendo sinal de positivo com a cabeça.

Meu tio ouviu a porta do outro quarto se abrir. Em seguida minha tia entrou no escritório. Perguntou por mim… eu fiquei nervosa. Ele agiu normalmente, mas enfiou todo o corpo dele dentro da mesa, ajudado pela cadeira de rodinhas, me pressionando contra a saia de madeira da mesa. Da posição que a titia estava só dava para ver a parte da barriga dele pra cima, além de o computador está na frente.

Meu tio respondeu: – Pedi para ela comprar um sanduíche, aqui do lado.
Aí ela perguntou: – Ué. Mas ela já não comeu?

Aí ele disse: – Pois é. Mas vou dividir com ela. Deu vontade de comer um sanduíche.
Ela finalizou: – Tá bom. Fica de olho no que a Marilía* assiste na TV. A mãe dela disse que ela estava se comportando mal, que estava vendo pornografia na internet. O titio disse assim pra ela: – Isso é normal de criança amor. Curiosidade. Mas se ela ver te digo. Vá deitar.

E ela foi. Nossa fiquei com medo. O titio ficou em silêncio e pediu para eu não falar nada (acho que estava preocupado se ela poderia vir novamente).

Quase um minuto depois, ele afasta a cadeira e me dá um tapa. Sua putinha, tá vendo. Quase sua tia nos pega. E puxou meu cabelo conduzindo para chupar a pica dele. E fiz com maior amor.

Depois de dois minutos ele me pediu para sair debaixo da mesa. Mandou eu ir para a sala. Mas antes pediu para eu esfregar a bunda na cara dele. Ele se abaixou e pincelava meu cuzinho e minha bocetinha com a língua. Aí fiquei mais doida. Nunca tinha sentido algo assim.

– Vai pra sala, coloca num filme comportado e se a tua tia perguntar cadê o lanche diz que não tinha mais sanduiche e vc voltou. Vai que mais tarde vou comer teu cuzinho.
Já era quase meia-noite e ele foi ver se minha tia tinha dormido. Ela dormiu pq precisava estar cedo no trabalho.

MEIA HORA DE LOUCURA
Meu tio saiu do quarto da titia. Logo ele veio e me perguntou: Menina, pq vc tá fazendo isso?

– Ah, tio. Vi a mamãe e o papai fazendo isso. Vi uns vídeos na internet e fiquei com vontade de fazer isso com o senhor. Eu não vou falar pra ninguém. Eu quero. Gosto muito do senhor.

Nisso ele sentou do meu lado, e colocou a mão na minha bunda. Senti o dedo roçar meu buraquinho: – Fica quietinha. Tô preparando teu cuzinho para receber minha pica.
– Aí, tio. Tá gostoso. Tô sentindo algo estranho. É muito bom.

Titio baixou o volume da tv e me colocou de quatro. Levei uma surra de língua. Ale colocou toda língua no meu cú. Enfiava tudo. Sugava, me deixava relaxada…quase desmaio.

– Estou preparando seu cuzinho. Fica quietinha.

– Tio está muito bom. Não para.

Me jogou no carpete da sala. Mandou eu chupar e me botou de cara no carpete com a bunda pra cima. Só senti um dedo primeiro entrar no meu cuzinho, depois tinha três. Disse a ele que estava doendo.

Me deu um tapa de leve, mas que doeu e gostei: – Tu não queria pica? Agora aguenta!
Estava louca. Queria sentir o que a mamãe sentiu. Não esqueço da cena. Por pura coincidência estava como a mamãe estava quando a vi dando para o meu pai.
– Fica quietinha que titio vai colocar no teu buraquinho. Teu cuzinho vai ter dono.
Senti a cabeça entrar, depois foi entrando tudo.

– Linda nossa vc está bem lubrificada…. Tá entrando fácil.

Até então, o titio não sabia que eu já tinha colocado um cabo (meio grosso) da minha escova de cabelo no meu cuzinho.

Mas desta vez estava doendo. Estava me rasgando, mas estava ficando louca. 11 aninhos louca na pica. Titio teve cuidado, mas depois meteu forte. E foi ficando gostoso.

Nisso foi meia hora com ele engatado no meu cuzinho. Dizendo que eu era a puta dele, que agora era pra eu ir mais vezes pra casa dele.

– Titio vai gozar. Fica assim, vou jogar minha porra dentro do seu cuzinho.

Foi muito gostoso sentir o gozo dele derramando dentro de mim.

Quando ele tirou, mandou eu beijar o pinto dele.

– Tio. Gostei muito. Amanhã o senhor faz de novo?

Aí ele respondeu: – Tá bom. Amanhã a gente brinca de novo.

-Vai logo se limpar.

Aí ele pegou a cueca dele me limpou e me pediu para ir ao banheiro. Fui e me limpei. Fiquei de quatro espelho do banheiro e vi que o meu buraquinho estava igual da mamãe.

Falei para o titio que meu buraco ficou grande.

E ele disse: – Tá arrombadinho meu amor. Mas que voltaria ao normal. E que meu cuzinho era muito delicioso, e que precisava descansar o bumbum para mais tarde.
Dei um bjo na boquinha dele, e ele me deu um bjo no bumbum e fui dormir.

Depois disso, muita coisa aconteceu. E hoje sou a pequena do titio, e sou muito bem tratada por ele.

Mil bjos. Vou voltar por aqui para contar outras histórias.

Quem quiser mande e-mail: ninalevada11@bol.com.br

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...