Minha priminha gostosa (parte 2)

Eai vou continuar o conto (minha priminha gostosa)…minha prima tem 11 anos e é bem gostosinha…
Depois de fuder com ela eu me levantei e fui tomar banho pois estava suado, de manhã eu acordei cedo e ouvi meus avos conversando na cozinha, fiquei so escutando ouvi eles diserem que eles não tinham tempo pra cuidar de nois e era melhor agente ir pra nossas casas..no momento eu fiquei triste e com raiva ao mesmo tempo pois eu ia demorar pra ver a prima de novo e que eu não precisava de cuidados pos já tinha 15 anos e já sabia me cuidar mais do que bem, então fingi que não ouvi e fui tomar café, mais de tarde falei pra priminha (aaah cansei de chamar ela de “priminha” vou chamar de..Ana).. enfim contei pra Ana oque eles tinham conversado e ela ficou triste, de noite quase 00:00 eu acho,ela estava vendo tv na sala e eu fui la ver com ela..ela começou a conversa comigo dizendo
– eu naõ queria ir pra casa
– nem eu
Ai ela me puxou e me beijou..eu fiquei tão triste nesse dia que eu faria qualquer coisa so pra nois dois ficar na casa, por que afinal agente já tinha uma relação igual a de um casal..(que loucura, eu um cara de 15 anos numa relação com minha prima de 11, tinha noites que eu pensava, “isso ta mesmo acontecendo”) enfim, dois dias triste quase sem falar com a Ana, eu pensei e se agente fosse pra casa do nosso tio irmão do nossos pais, então chamei a vovo e dei ideia ai ela pensou e disse” eu não sei, vou pensar melhor” ai eu fiquei um pouco mais feliz, de noite eles chamaram eu e Ana na cozinha e perguntaram se agente queria ir ai eu olhei pra Ana e dissemos que sim, e eles disseram que na segunda agente ia, de noite, tranzamos por alguns minutos de novo porque eu era um fraco, mais foi muito bom, imagina uma garotinha MUITO LINDA branquinha, um pouco loirinha, corpinho uma delicia, bunda empinadinha “puxada da minha tia”, peitinhos pequenos, deitada de ladinho aquela bundinha virada pra min, levando umas estocadas na bucetinha deliciosa gemendo bem baixinho, eu cheirando o pescoço dela, ai eu parei e comecei a morde e beija aquele rabinho empinado, não aguentei gozei na perna dela, depois começamos a nos amassar, meu deus so de lembra me deixa de pau duro, enfim, faltavam 13 ou 15 dias para acabar as férias chegou segunda feira arrumamos nossas coisas e fomos pra casa do titio, ao chegar nos fomos pro quarto onde tinha uma cama e um colchonete dei a cama pra ela e claro tudo normal ate ali, so que horas depois toca a campainha eu vou abrir e é meu tio e o mala do primo “fabio” de 10 ou 9 anos so que era o mesmo esquema, meu tio ia trabalhar e minha tia tambem so que ela voltava cedo, mais durante esse tempo que ela ficava fora eu tinha que cuidar do fabio esse muleque era muito chato toda hora ficava me chamando, querendo saber onde eu tava so andava atrás de min querendo que eu brinque com ele, durante uns 3 dias sem ter um toque serio com a Ana tinha dias que ele queria ver tv com agente no quarto…muito chaaato ate que um dia eu tava sosinho no quarto e ele queria ficar la so que eu falei
– fabio e chato esse negoçio de voçe fica toda hora colado na gente as vezes eu quero dormi e a Ana também e voçe fica querendo falar, desgruda um pouco vai ter horas que eu vou brincar contigo, so que toda hora não da, desgruda na Ana também que ela não gosta,
Ai ele desgurdou um pouco a noite eu fui pra cama com a Ana e transamos gostoso, aquela bucetinha lisinha envolvendo meu pau, posição de lado e ela por cima de min cavalgando, que e as posições que eu mais gosto, bucetinha lisinha toda deliciosa, que levaria qualquer homem a loucura so que nesse momento o filho da puta do fabio entra no quarto e ve nois dois transando na hora eu tirei rapidão e fui me cobrindo pra ela não ver nada que agente tava fazendo tava escuro so que ele cnsegui ver um pouco eu acho ele todo bobão perguntou
– Oque vocês tão fazendo
– Tamo so abraçado, porque ela viu um filme de terro e ta com medo
– huuum
De manhã a tia me chamou e perguntou oque nois tava fazendo eu respondi
-nada
– não me diz que voçes tavam transando
Cara na hora eu gelei e falei com uma voz confiante
– a senhora e doida, porra ce acha que eu sou louco a ponto de transa com minha prima de 11 anos
– sei não, e melhor a Ana dormi no quarto do fabio
– para de loucura que nunca faria isso com minha prima…..DE 11 ANOS !!!!!
Mesmo assim ela continuou desconfiando de min
De noite eu tive que dormi com o fabio sai do quarto e fui ver televisão na sala nessa hora tava passando o programa do pânico, so de ve aquelas panicats gostosas rabudas eu fiquei louco de tesão e precisava transar mais tava todo mundo acordado então chamei a Ana e bolamos um plano,
– ana ce fica aqui vendo tv ate a hora de todo mundo dormi
– ta bem
Minha tia e meu tio tava na cozinha e o fabio tava no quarto jogando no pc, ai eu fui tomar banho, a tia me perguntou se eu já ia dormi falei que sim pois estava cansado, tomei meu banho fiquei deitado ate todo mundo dormi, todo mundo dormiu mais ainda fiquei deitado porque sempre a tia ia la no quarto de madruga, ela apareceu e saiu rápido foi na sala com a ana eu acho e foi pro quarto, sai do quarto e fui la com a ana la eu me sentei e fiquei conversando com ela ai ela me perguntou se eu era namorado dela, pensei e dizer que não porque não havia jeito maneira de namorar mais percebi que agente transava, beijava, conversava, e sempre alguns primos namoram escondido, então disse que sim e abraçei ela então começamos a tirar a roupa peguei aquele rabinho gostoso e comecei a acaricia sua bucetinha novinha, chupei seu peitinho sua bucetinha, mordi aquela bunda deliciosa, peguei um óleo de cabelo mesmo, falei pra ela chupar meu pau com aquela boquinha linda macia, não cheguei a falar aqui mais parei de bater punheta naquela época dos meus 15 anos antes das férias com a ana eu media meu pau na régua e tinha 17 cm serio eu era alto e continuo tinha músculos na medida pois treinava muay thai,….quem e adolecente ou já foi e na época dos seus 15 anos quem mediu o pênis sabe….não tem porque eu mentir, enfim falei pra ela chupar ela não quis, falei
– Por favor amor…por favor adoro sua boquinha
Então ela chupou…caralho que chupada gostosa aquela boquinha rosinha no meu pau..delicia no meio da chupada eu tava quase gozando então tirei meu pau da boca dela, dei um tempo pra alivia a tesão, peguei um creme de cabelo mesmo pedi pra ela passar no meu pau, então coloquei ela de quatro no sofá vi aquela cena daquele rabo empinado pra min…..caralho que rabo gostoso, grande pra idade dela..ela era baixinha na época eu media 1.82 m ela batia no meu peito eu acho ela era magra tinha coxas grossinhas mais não muito, na medida certa e um quadril largo que deixava ela muito gostosa deliciosa, enfim aquele rabinho empinado comecei a enfiar na bucetinha ela gemia como sempre, eu dava estocada na buceta dela eu ficava maluco de tesão eu queria lamber ela todinha cada centimetro do corpo dela, queria chupar tudo dela então tirei meu pau e me deitei com ela e comecei a lamber ela todinha comecei pelo pescoço ate as pernas, lambi o rabinho dela a barriga tudo ! e então enfiei de novo fiquei um bom tempo metendo nela ate que não aguentei e gozei de novo so que gozei na bunda dela que me fez gozar mais, ela foi tomar banho, eu depois e ficamos nos chupando um tempão nesse dia dormi mais que satisfeito, no dia seguinte tava muito afim de fuder aquele cuzinho então falei pra ela fazer o mesmo esquema, cheguei começamos a nos beijar e tirei a roupa dela e passei um pouco de óleo no meu pau então forcei no cuzinho dela ela gemeu alto pois o cuzinho dela ainda era apertado mais eu já havia comido antes, mais ela não mandou eu para, que cuzinho gostoso fiquei sentado no sofá enquanto ela cavalgava de costas, eu chupava ela todinha, pegava nos peitos dela, enfiava o dedo na bucetinha puxava o cabelo, chamava de priminha deliciosa, ate que minha tia apareceu na sala de cara ela fez um olhar de como já tivesse visto antes, eu disse
– tia, eu….
– calma eu não vou brigar com vocês
– por que ?
– quando eu era mais nova já tive a mesma curiosidade assim com meus primos…mais não tão nova Ana
– desculpa..por favor tia não conta pra ninguém..por favor
– eu não vou contar
Cara nesse dia eu não consegui nem olhar pra cara da tia de tanta vergonha, mais tava acabando as férias e precisava me lembra da Ana então fomos tomar banho, eu passei sabonete nela todinha na buceta, nos peito na bunda, comecei a esfrega ela todinha nos molhamos e eu comecei a enfiar na bucetinha dela, meu pau tava muito duro mais eu senti que não ia gozar rápido, então comecei a meter de vagar pra demorar mais, tirei da buceta e pedi pra ela chupar ela nem falou não so começou a chupar, aquela boca dela me deixava louco, então coloquei de novo na buceta e gozei depois de ums 7 ou 9 minutos saímos do banho e minha tia tava na cozinha ela falou
– de novo..agora so porque eu disse que não ia contar pra ninguém não quer dizer que vocês possam transar a vontade, agora nesses últimos dias a Ana vai dormi com migo
Beleza dois dias depois fomos pro parque aquático chegando la eu vi a Ana tirando a roupa e fiquando so de biquíni, era um tesão so aquele biquíni apertado que deixava a bunda dela maior… enfiado naquele rabinho grande e ela puxando que delicia fiquei com tanta tesão que falei pra irmos na piscina mais vazia possível mais tinha que levar a droga do fabio
Então entramos na piscina que so tinha umas 7 pessoas e comecei a encoxar ela, ela perguntou
– oque esta fazendo
– você ta muito gostosa rabuda, não consegui controla
Então comecei a força na bunda dela depois começamos a nois beijar sem que ninguém visse comecei a força na bucetinha dela também mais tinha gente olhando então eu parei e fomos nos diverti no resto dos brinquedos dai fomos pra casa chegando la todos foram dormi cedo menos eu e ela. Tomamos banho e começamos a conversa e disse
– não consigo esquecer sua bunda com aquele biquíni
Ela disse
– você quer ?
Nossa nessa hora meu pau quase sai voando, respondi com um sorriso então comecei a beijar e cheira aquele rabo, lambi, mordi, bati, falei
– quero chupar sua bucetinha
Ela deu um tapa na xaninha dizendo que podia
Tirei a calcinha dela e comecei a chupar o grelinho dela depois meti no cuzinho dei umas estocadas e depois comi a bucetinha de lado…enquanto comia me lembrava de toda as cena durante as férias , a primeira vez, no banheiro, na cama, aquela bunda no parque aquático e depois coloquei ela cavalgando por cima eu olhava pra baixo e via aquela buceta levando pirocada dura, me dava mais tesão depois coloquei ela de quatro e comecei a fuder a bucetinha dela vendo aquele rabo gostoso apontado pra min era muito bom, gozei na bunda dela fomos tomar banho de novo, depois começamos a nos beijar e conversa ela disse
– primo, esse foi o melhor dia da minha vida e a melhor coisa das feria foi ter ficado com você
– pra min também prima
– eu te amo
– eu também
E fomos dormi passaram os dias e chegou o dia de ir pra casa horas antes da ida eu vi a Ana chorando e saquei na hora.. essa menina me ama enfim, no despedimos bem grudado e fomos pra casa..ficamos um bom tempo sem nos ver desde desse dia ate umas semanas atrás no natal e réveillon (2017) que teve outras coisas também mais isso e pra outro conto
Isso aconteceu 4 anos atrás hoje ela tem 14 vai fazer 15 e eu tenho 18 vou fazer 19 eu sei que vai ter gente que vai dizer que e mentira porque nunca aconteceu com essas pessoas mais so acredite se quiser enfim e o fim

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 1 votos)
Loading...