Meu irmão tentou me comer quando eu tinha 7 anos

Bom meu nome é Fábio hj tô com 23 anos, vou contar como meu irmão tentou me comer
Na época eu tinha 7 anos, era meio gordinho, e morávamos no interior de MS, na casa era eu minha mãe meu paí e meus irmãos, uma menina e um irmão do meio e o Daiton que na época tinha 12 anos magro e auto pra idade dele até, tive uma infância super divertida, sempre brincando e isso não me afetou em nada, eu não lembro como tudo começou certinho, lembro de poucas coisas. Ele nunca me forçou a nada, até acho que eu dei lado pra ele começar,
Minha mãe é meu pai sempre trabalhou fora até tarde, minha irmã ficava na casa da minha avó e o outro sempre pra rua brincando
Certo dia eu tava no quarto quando Daiton veio com o pau duro ja, deveria ter uns 13cm e pediu para mim segurar, eu atendi o pedido todo feliz e me ensinou a punhetar e nesse dia foi só isso, outro dia teve a oportunidade de novo e veio e me pediu para punhetar novamente, e depois perguntou se eu não queria por na boca, fiquei pensando uns minutos e logo coloquei, não tinha ideia pra que ele queria aquilo, e eu não sabia chupar, ele empurrava na minha boquinha e eu fazia ânsia de vomito kkkk mais eu gostava daquilo e ele nunca gozou na minha boca, um belo dia eu estava dentro de casa sozinho, e veio um vizinho meu da mesma idade do meu irmão, chamado Fernado, bem moreno e fortinho, e tirou o pau pra fora e mandou eu por na boca, não sei como ele ficou sabendo, se ele espiou o meu irmão contou, fiquei com nojo coloquei mais tirei rápido e pedi pra ele ir embora.
Depois disso minha última lembrança foi um dia que Daiton tava tomando banho e meu outro irmão vendo desenho na TV, corri pro banheiro e pedi pra tomar banho com ele, nossa casa era simples e não tinha porta no banheiro e só uma curtina, eu tampei o buraco da pia e enchi de água e com um copo ficava tacando em cima de mim e Daiton no chuveiro já de pau duro, punhetava ele é ria até
Aí ele se abaixou e seu pau era fortinho para cima, ele pediu para mim sentar, sem pensar duas vezes sentei, fiquei uns segundos não estrou me levantei fui até a pia e pegava água para me molhar, voltava e sentava de novo, fiz isso várias vezes até uma que ele forçou para entrar, começou a doer mais não chorei e nem gritei l, deixei ele tentar de novo e não foi ele desistiu e ficou só brincando com minha bunda até gozar.
Depois disso não lembro dele fazer mais nada, deve ter visto que não iria entrar e não quis mais
Hj ele é casado tem dois filhos e nuca tocou no assunto, eu finjo que não lembro de nada.
Espero que gostem, isso aconteceu de verdade
Depois disso dei algumas vezes para um primo, que tirou meu cabaço, mais esse contarei em outro

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...