loucuras com um Dog

Olá aos fãs de zoofilia
meu nome é Kelly tenho 1,78m sou morena cabelos castanho ate o ombro tenho 25anos moro em são Paulo cidade do interior não vou citar nome pois a cidade é pequena.
Bom vou lhes contar minha experiência maravilhosa que tive com um Cão mestiço Boxe com Fila; Tudo aconteceu em novembro de 2016,meu pai comprou um sitio pois aposentou da Volkswagen, e queria descansar de cidade grande, me formei na área de pedagogia e logo arrumei emprego em uma escola particular.
Bom vamos ao conto…..estava chegando ao sitio que ficava a 8km da cidade, quando cheguei verifiquei que meu pai estava conversando com o vizinho, Nosso vizinho estava dando seu cachorro para meu pai pois o cão tinha habito de comer Galinha já que nosso sitio não tinha.
meu pai aceitou era um cão grande com cabeção e uma boca grande quando me viu começou a Latia muito parecia que já me conhecia eu tinha medo de cachorro logo fui pra dentro de casa. Lord como era chamado ficava preso á corrente em cabo de aço, toda noite de vigia, pela manhã era trancado no canil.
certo dia eu estava na piscina me bronzeando já de férias do trabalho quando meu pai e mãe foram pra cidade fazer compra, e me pediram pra dar de comer e agua para Lord, tempo depois fui ate o canil com um balde com agua e outra vasilha com ração puxei a vasilha dele com a vassoura pois tinha medo que me atacasse, mas ele nem se mexeu, fiquei ali olhando, e o achei meio triste quando meu pai chegou contei pra ele o fato ,,,,,le deu uma risada e olhando pra minha mãe disse falta de uma femea,,,,, Logo vou leva-lo para cruzar no sito do vizinho.
se passaram 10 dias e nada de pai levar o cachorro pra cruzar, uma noite estava na intermete quando por curiosidade entrei no site, de zoofilia para saber como os cães se sentem em relação de cruzamento, nossa fiquei espantada com vídeos de mulheres sendo comidas por cães cavalos porcos etc.. quando percebi estava molhadinha de tesão, já tinha mais ou menos um ano sem ter namorado so na siririca com dedos e cabo da minha escova de cabelo, retirei minha calcinha e alisei meu grelinho que já estava latejando de tesão nossa dei uma gozada tão gostosa assistindo uma mulher gemendo e seu cão comendo sua buceta.
Daquele dia em diante fiquei alucinada com aquela sena ,e resolvi dar pro lord mas como eu iria chegar perto daquele cão tão bravo, comecei a tratar de lord depois de uns cinco dias já estava passando a mão sobre sua cabeça e esperava oportunidade de ficar a sós com Lord, E isso aconteceu meu pai e minha mãe foram para uma festa de aniversario do meu Tio, saíram na sexta e so voltariam na segunda, me convidaram mas dei uma de que não estava afim. saíram de tarde, logo que o carro partiu fechei o portão, e fui direto pra dentro coloquei um vestido curtinho sem calcinha já estava molhadinha so de pensar que iria entra naquela pica de cachorro.
Fui ate o canil soltei lod e o puxei para dentro de casa no inicio ele estranhou mas depois de alguns cafunes ele ficou tranquilo levei-o para o meu quarto e logo que abaixei segurei naquela capa que escondia aquela pica vermelha , ele começou um vai vem sobre minha mão estava louco pra trepar saiu uma pica enorme que ate assustei e pensei comigo será que vou aguentar fiquei vidrada com aquele casetão,,nossa deu tremura nas pernas ate aparecia o primeiro dia que trepei com meu namorado debrucei sobre a cama levantei o vestido dei uns tapinhas na minha bunda imitei todos os movimento igualzinho a mulher do vídeo, Lord veio correndo cheirou minha buceta que já estava encharcada lambeu minha BUCETA E JUNTO COM MEU CUZINHO QUE NÃO PARAVA DE PISCAR, ele lambia meu cu como nunca ninguém tinha feito isso eu não aguentei gozei pelo tesão que senti nossa que delicia foi quando abaixei mais meu quadril ele subiu em mim com muita vontade e enfiou aquela pica gigante em minha buceta dei um grito de tesão e dor que podia ser ouvido a quilômetros de distancia mas naquela hora eu não queria saber se vizinho tinha ou não esculturado, ele parecia ter um motor pois não parava de bombar aquela pica dentro de mim era um vai e vem sem parara com muita força eu gemia de tesão e gritava delirava com aquela pica gostosa quente dentro de mim ummmmmque delicia sentia cada pedacinhonho entrando e saindo da minha buceta….. não para por favor parecia que ele estava adivinhando ou escutando o que eu queria gozei 1,2 3 ,4 não sei quantas vezes aiiiiiii que deliiiccciiiiaaaaa, com aquele cachorro me comendo não sabia mais o que fazer ele estava louco de tesão e eu de tanto gozar não aguentei e cai no tapete do quarto ,foi quando senti uma dor forte na buceta que parecia ia rasgar minhas entranhas notei que estava travada com o cachorro tentei sair e ele gritou de dor não entendi o porque daquilo quando tentei mais uma vez ele me deu uma mordida e rosnou fiquei desesperada e agora estou travada com esse cão?
quando me posicionei de novo de quatro tentei rebolar pra sair mas isso motivou Lord que começou a meter aquela pica na minha buceta novamente eu gritava desesperada para \lord para mas ele não me ouvia metia com mais força ate que ele gozou jatos e jatos de porra dava pra sentir escorrendo nas minhas coxas, não aguentei e gozei mais uma vez ..perdi o sentido e cai no chão dependurada naquele cachorrão,quando acordei estava com minha buceta ardendo toda dolorida parecia que tinha ganhado um filho foi quando vi aquele pinto descompunha-o que enorme mais abaixo estava duas bolas de sinuca em cada lado nossa que loucura, foi ai que lembrei das bolas mas aquela eram enormes nem sei como aguentei, aquele pinto balançava de baixo pra cima pingando restante de esperma, enfiei minha mão na minha buceta para ver o estrago nossa dava pra enfiar minha mão la dentro não tive forças para levantar pois minhas pernas estavam bambas não me obedeciam, andei de quatro ate a porta abri e mandei que lord saísse, ele saiu com aquele mastro dependurado e eu fiquei ali adormecendo acordei la pelas 05:00 da manhã levantei sentindo dores na buceta e nas costas pois estava toda arranhada, fui ate o canil e ele estava la com uma cara de satisfeito tranquei o portão pois o empregado ia lavar a piscina e capinar o quintal naquele dia, tomei banho deitei na cama e so acordei as 12:00 quando o empregado me gritou falando que já tinha terminado o serviço debrucei na janela e o respondi que estava ok, pedi que trancasse o portão, pois estava muito doloridapra andar fiquei ali pensando como foi bom cada momento com aquele cachorro e que iria dar mais pra ele quando melhorasse principalmente meu cuzinho.
Ma s isso depois eu conto Bjsss.
Ate a próxima.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...