meu irmão comeu minha buceta

Na epoca eu tinha 12 anos e meu irmão 18. As vezes eu sentia coceira na minha buceta e não sabia que era tesão, só passava quando eu convidava meus dois irmãos( um de 9 e o outro de 6 anos) para brincar dentro do carro, la eu me esfregava nos dois. Eu ficava de joelho dentro do carro e os dois vinham por tras e esfregavam na minha bunda, sempre com nossas roupas, o de 6 anos esfregava em mim,mas acho que não tinha noção do que estava fazendo, so fazia o que o outro irmão dele fazia. o de 9 ja endurecia o pintinho e eu ficava feliz sentindo que ele se esfregava em mim com o pinto duro.
Ja estava virando um vicio, todos os dias lá pelas sete horas o pai vinha pra casa e deixava o carro nos fundos de casa e eu ia para la e levava meus dois irmão. Numa certa noite eu estava me arretando nos meus irmãozinhos quando abriu a a porta do carro e meu irmão viu eu de quatro e meu irmão de 9 se esfregando em mim, ele disse para os dois sairem do veiculo, eu sentei no banco traseiro, entrou no carro e disse para meus irmãos, se aparecer alguem voces me avisem, perguntou pra mim o que eu estava fazendo e eu disse que estava brincando com meus irmãos, voces estavam brincando de se esfregar né e eu disse que sim, ele então falou, vou brincar um pouquinho tambem, me empurou e deitou por cima de mim no sofa, ele começou ase enfiar no meio das minhas pernas, que não abrião muito pois o espaço era pequeno. Naquela época não se usava calcinha, eu so usava o calção do meu irmão, eu senti que ele puxou o calção para o lado, senti que minha bucetinha estava a mostra, fiquei um pouco nervosa pois imaginei que ele iria colocar a mão na minha buceta. ele deu um monte de guspida na mão e deve ter passado no pau, mas eu não percebi isto, nem sabia do que se tratava, então ele falou no meu ovido, no começo vai dor um pouco, mas depois tu vai gostar ta. Eu disse ta porque imaginei que ele estivesse falando do peso dele sobre o meu, então senti o dedinho dele encostar na minha bucetinha, eu ia dizer que não queria mais brincar quando senti o pau dele encostar na minha buceta e não tive nem tempo de reclamar senti minha buceta se abrindo, tentei fechar a bucetinha para que o pau não entrasse, até que mantive fora alguns segundos, mas logo depois ele deu outra estocada forte e entrou todinho dentro de mim, ele tapou minha boca e metia com muita força, me agarrei nele pra suportar a dor e eu não sabia quanto tempo ele demoraria ali. então ele começou a urra e babar no meu pescoso. depois que ele acabou sai correndo do carro e fui para o banheiro e fique acariciando minha bucetinha que latejava de dor, então nunca mais arretei meus irmão e quando eles vinha me arretando chigava eles, mas passados mais de vinte anos depois encontrei meu irmão mais novo que ja fazia uns 5 anos que não o via, bebemos uma e outras e sabe como tesão é tesão e ele fez de tudo comigo, como diz aquele ditado: foi barba, cabelo e bigode. mas isto eu conto outra hora, pois ele esta casado e eu tambem.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,80 de 5 votos)
Loading...