entrei na sacanagem

ola leitores,vejo muitos comentarios sobre erros na escrita e tambem criticas ofensivas sobre alguns contos,mas sei que grande parte dos escritores nao se preocupam com isso,pois eles em alguns casos querem mostrar suas fantasias e em outros sinto quase uma confiçao,alguns dos melhores contos que li aqui tinham erros,mas nao tirou o merito do autor,so nao gosto quando a fantasia ultrapassa toda a pocibilidade de acontecer,nao me importo com as idades,so nao leio ou paro de ler quando tem violencia; me desculpem o desabafo, pois tambem nao sou escritor com contos editados.
agora vou contar algo acontecido comigo e é real mesmo…a desculpe os erros kkk.

aluguei uma casa grande,numa area onde antes tinha sido um aras,mas hoje so tem uns cabritos e alguns carneiros,o propietario mora nessa mesma area so que pra outra rua,trabalho com cama mesa e banho e vendo de porta em porta,sou solteiro e ja tenho 30 anos,pra cuidar dos animais tem um rapaz de uns 15 anos mulato com + ou – 1,60 m de altura, magro e bem agil no trato com os bichos,seu nome e renato, muito educado e sorridente,o propietario tem tres filhos que estao sempre junto com ele, um garoto de 10 anos de nome fabio,uma menina de 8 anos de nome lucia e um menorzinho de nome lucas;as vezes ficam os tres outras vezes a menina e o irmao e as vezes o menorzinho,eu quando estou em casa, pois trabalho de terça feira ao sabado brinco com eles e eles sempre me cumprimentam,ja a algum tempo venho observando que derepente eles somem junto com o ricardo,um dia cheguei em casa e menina e o irmao estavam vindo de encontro ao renato que estava em frente a um galpao,entraram os tres e ficaram la por mais de meia hora,eu nao pensei nada ate que vi o fabio coçando a bunda e falando algo pra irma que riu,eles foram pra casa e o renato saiu todo molhado pois tinha tomado banho,aquilo me despertou e percebi que rolava sacanagem,quando renato foi embora entrei no galpao e vi varios moveis velho, mas o que me chamou a atençao foi um sofa bem limpo e forrado,procurei algum lugar que desse pra espiar e achei um buraco na parede onde antes tinha um exaustor,do lado de fora tinha uma cerca de madeira que dava perfeitamente pra olhar pelo buraco,voltei pra casa e fiquei aguardando a oportunidade,fiquei exitado so em pensar no que eu iria ver,o pro pietario so ia la de manha bem cedo e nao voltava mais, sua mulher eu nunca vi no terreno,ele uma vez me disse que ela era alergica a bichos,na segunda feira estava em casa separando algumas toalhas quando ouvi a voz da menina,fui para a cozinha e la estavam os dois irmaos,logo chegou o renato e entraram no galpao,fui pelo cantinho e subi na cerca, tinha uma visao total do galpao,eles estavam sentados no sofa e o ricardo botou o pau pra fora,e fabio foi logo chupando,meu pau ficou duro na hora,ele chupava como uma puta,lambia e punhetava, depois de algum tempo renato levantou e deu pra menina chupar,ela chupou um pouco e parou,renato falou auguma coisa e os dois baixaram a roupa ficando pelados da sintura pra baixo,ficaram de quatro em cima do sofa e ricardo passou algo no cuzinho dos dois,primeiro ele ficou atraz da menina e pelo que vi ele enfiou tudo nela,ficou metendo uns 10 minutos e passou pro garoto,nisso eu ja tirei meu pau pra forra e comecei uma punheta,quando ele enfiou seu pau, o muleque começou a rebolar ,e gemia com tezao, rernato tirava todo pau e enfiava de uma so vez, ai ele gozou, tirou o pau e mandou os dois se vestirem,e eu quase caio da cerca na hora que gozei,fui pra casa e fiquei pensando como comer os dois,quando fui tomar banho pra dormir bati outra punheta,passei aquela semana chegando tarde e nao via ninguem,no domingo conversei com renato mas nao comentei nada,na segunda fiquei pelo quintal na espectativa de iniciar uma conversa com os irmaos, mas quem veio foi o menorzinhoe disse que seus irmaos tinham saido com a avó,renato chegou e sentou num banco em baixo de um pe de manga e resolvi entrar pra descansar,cheguei na cozinha e olhei para o banco,renato e o garotinho tinham sumido,pensei um pouco e resolvi conferir, qando olhei e garoto tava mamando no renato e depois de um tempinho renato tirou toda a roupa dele e do lucas,botou ele de quatro e passou o tal lubrificante no pau e no cuzinho de lucas,o pau de renato era um pouco menor que o meu e mais fino, mas mesmo assim era grande para aquele cuzinho,e ele meteu todo e demorou mais de 20 minutos pra gozar,e eu na cerca me acabando na punheta,gozei ,eles terminaram e fui pra casa,nisso renato me chamou, e o garoto estava junto com ele,me pediu agua e os dois beberam.renato disse que teria que ir em casa mas voltava pra prender os animais,pegou sua bicicleta e saiu,lucas ficou na minha varanda e mandei ele entrar,nao conversei muito,meu pau tava duro e botei pra fora,lucas me olhou com cara de safado e puxei ele pra chupar,quase gozei com ele me chupando, mas tirei seu shorte e deitei ele na minha cama,passei cuspe no cuzinho dele e no meu pau,e dei uma forçada,mas ficou seco,peguei um tubo de penicilina e passi no cuzinho dele enfiando o dedo, botei meu pau e fui metendo bem calmo,quando a cabeça entrou lucas deu um apertada nocu e dei um tempo,depois enterrei tudo e se meu paufosse maior acho que entraria mais,meti ate gozar, foi um gozo especial, e dei um discanso e meti outra vez,minha porra escorria pelas pernas dele e levei ele pro banheiro pra limparele sentou no vasoe ficou peidando o ar das minhas bombadas,seu cuzinho ficou muito aberto e dei um tempo antes de mandar ele pra casa,falei com ele pra nao contar para os irmaos e nem para o ricardo,passei a chegar mais cedo e assim que ricardo ia embora ficava no quintal, ele me via e vinha correndo,depois consegui comer seus irmaos mas ele era bem mais gostoso,

]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...