Vovô tirou meu cabacinho

Meu nome é Jéssica, tenho 25 anos, sou alta, morena, tenho peitos grandes e bum bum médio.
Vamos ao q interessa, sempre fui uma menininha muito safada, sempre gostei de esfregar bonecas e outros brinquedos na minha bucetinha, até sentir uma sensação gostosa e ficar molinha.Sempre adorei ir para casa do meu vô, ele mora sozinho, ele é alto, moreno e não aparenta nem de longe ter a idade q tem 67 anos.
Desde de pequena eu e meus pais sempre íamos na casa do vovô passar o final de semana.Nessa época eu tinha uns 6 ou 7 anos.
Em um desses finais de semana estávamos lá, qndo minha tia ligou pra minha mãe dizendo q minha vó tinha passado mal e estava no hospital, meu pai e minha mãe foram pro hospital ver minha vó e me deixou com meu vô, dps de um tempo minha mãe liga e pergunta se meu vô ficaria comigo pois eles teriam q passar a noite no hospital, ele disse q sim.
Quando anoiteceu meu vô disse q ia me dá banho pra jantar e depois íamos dormir.
Só de pensar ficar peladinha na frente de alguém minha bucetinha já ficava piscando.
Qndo chegou no banheiro comecei a tirar a roupa e meu vô parando me olhando, ele falou q eu já estava crescidinha e tinha uma bucetinha linda, não sei porque mas acabei ficando com vergonha, e tampei meus peitinhos e minha bucetinha, meu vô disse q não precisava ficar assim, afinal ele é meu vovô.
Eu falei q tava cm vergonha dele me ver sem roupa, então ele falou q ia tirar a dele tbm só assim não teria o porq eu ficar cm vergonha se ele tbm estaria pelado, dei uma risadinha e falei tá bom.
Eu fiquei paralisada olhando pro “piu piu” do meu vovô, era enorme e grosso, ele olhou pra mim rindo e falou, vamos meu amor, vovô vai te dá um banho bem gostoso.
Fomos para debaixo do chuveiro e ele começou a passar sabonete no meu corpo todinho, peitos(que ainda não tinha nem carocinho,rs), barriga, bundinha e bucetinha(ainda sem pêlos).
Quando olhei pro “piu piu” do meu vô ele estava muito maior, eu perguntei como ele tinha crescido tão rápido, ele falou q era porq estava perto de min, e começou a esfregar minha bucetinha, comecei a ficar toda mole e falei pra ele q tava adorando o banho q ele tava me dando, ele parou derrepente e disse q já estava bom de banho.
Acabamos o banho, jantamos e fomos assistir TV, deitei a cabeça no colo dele, e comecei a sentir, o ” piu piu” dele duro de novo, e comecei a rir.
Ele começou a fazer carinhos em mim, na minha cabeça, e foi baixando, nas costas e na minha bundinha, fico toda molhadinha só de lembrar.
Derrepende ele parou, não sei se por medo, ou consciência pesada, mas parou, acabei dormindo, nem percebi qndo ele me levou pra cama. Acordei de madrugada sentindo alguma coisa na minha bucetinha, quando olhei bem meu vovô tava com o rosto na minha bucetinha, a melhor sensação q tinha sentido até então, fingi q ainda estava dormindo e aproveitei a situação.
Ele tava alucinado, falava coisas do tipo, QUE BUCETINHA GOSTOSA DO VOVÔ, VOVÔ VAI METER A ROLA EM VC SUA PUTINHA, Q NETINHA MAIS VAGABUNDA ESSA Q O VOVÔ TEM.
Aquilo tava me deixando maluca, nem sei quantas vezes senti a sensação gostosa e fiquei molinha, hoje eu sei q tava gozando.
Derrepende ele subiu em cima de mim e colocou a cabecinha na entrada da minha bucetinha e começou a forçar, quando entrou eu dei um grito de dor e prazer, mas ele nem esquentou e começou a falar coisas de novo.
EU SABIA Q VC TAVA ACORDADA VADIA, TOMA ROLA NESSA BUCETINHA, EU SEI Q ERA ISSO Q VC QUERIA MESMO, TOMA ROLA MINHA VADIAZINHA, VOU ENCHER ESSA BUCETINHA DE LEITE MINHA PUTINHA.
Dps de um tempo ele ficou ofegante e gozou dentro de mim, me pegou no colo e me levou pro banheiro me lavou e me colocou na cama de novo, sentou e ficou olhando pra mim, me pediu desculpa e disse q nunca mais ia fazer isso de novo, me pediu pra não contar pra ninguém, disse q se eu falasse a polícia ia vim pegar ele é nunca mais nos veríamos, sentei, olhei nos olhos dele e disse.
PROMETO Q NÃO CONTO NADA PRA NINGUEM SÓ SE O SENHOR ME PROMETER Q EU VOU SER SEMPRE A SUA VADIAZINHA, DEI UM BEIJO NA BOCA DELE E DEITEI DENOVO.
Ele me abraçou e me disse q agora eu seria a única VADIAZINHA da vida dele.E foi assim até meu vozinho falecer, mas tivemos muitas outras transas maravilhosas, hoje só consigo gozar gostoso com homens bem mais velhos, gosto de chamalos de vovô.

Comentem que conto quando ele comeu meu cuzinho.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 1 votos)
Loading...