Meu filhão

Bom tudo começou desde muito cedo sou casado e no casamento só temos um filho vou chamar de Arthur sempre fui um pai muito presente sempre ajudando no dia a dia o que se tornou mais constante quando eu mudei de horário em meu trabalho comecei a trabalhar a noite e com isso ficava durante o dia cuidando do meu filhão era preparar almoço e também dar banho deixar na escola com isso ele tinha 6 anos de idade de inicio foi tudo normal sem malicia alguma, ate que um dia comecei a ficar exitado quando dava banho em Arthur vendo aquela bundinha toda redondinha lisinha perfeita ensaboada fiquei exitado mas terminei o banho preparei ele para e escola levei ele e voltei pra casa ai relembrando o que rolou fiquei novamente exitado pensando na bundinha de meu filhão mas com sentimento de culpa, mas no dia seguinte novamente estava la dando banho em meu filhão e novamente exitado comecei a fazer caricias na bundinha dele o que me deixou mais exitado corria o dedo em seu reguinho entre as pernas era uma sensação surreal era boa demais então os dias foram se passando e cada vez mais eu molestava meu filhão foi apos um bom tempo que comecei a levar ele ate a cama e roçar o pau em sua bunda nossa era bom demais não sou pauzudo tenho 15cm mas frente aquela bundinha pqna era grandão e roçava meu filho não falava nada não entendia o que acontecia achando ser brincadeira mas neste dia disse que nunca deveria contar a ninguém sobre isso ele disse q não contaria se deixava levar passei aproximadamente dois anos não sei exatidão de tempo que as brincadeiras foram no banho e o tempo que rocei na cama mas sei que quando tinha 8 anos as coisas começaram a mudar pois foi quando eu já cheio de tesão desejo preparei meu filhão para penetra lo comprei arrumei pomada anestésica muito gel lubrificante também e foi ai que iniciei meu filho levei ao banho e no banho o mesmo ritual se iniciou lavei ele todinho deixei todo cherozinho ai levei pro quarto ele ja deitou na cama já entedia que a brincadeira era sexual com 8 aninhos mas nunca falou nada estava de bruços foi a primeira vez lambi o cuzinho dele nossa era quente muito quente um calor mesmo lambi muito aquele cuzinho senti que ele segurou forte o edredon creio que deu tesão ou cocegas não sei ao certo peguei o anestésico e com o dedo fui introduzindo e movimentando la dentro deixei ele fazer efeito um tempo e nesse tempo passei a roçar seu reguinho e meio das pernas passou uns 5 a 8 min e comecei a tentar penetra lo tarefa que foi difícil mas usava muito gel lubrificante ate que que a cabeça começou a abrir seu cuzinho olha seu rosto e sentia que estava um pouco desconfortável fui metendo aos poucos ate tudo estar dentro de meu filhão fiquei imóvel dentro dele um tempo e comecei a movimentar bem devagar era bom demais a sensação era maravilhosa e em pouco tempo gozei creio que foi no máximo uns 5 min e já estava gozando foi rápido mas o tesão foi incomparável me senti realizado naquele dia apos isso dei um novo banho em meu filho e eu junto ele caladinho apos o banho comecei a conversar sobre o acontecido ele disse que gostava do que nos tinha e que poderiamos fazer mais vezes hj estou com 45 anos meu filhão á esta com 15 muitos momentos vivemos juntos nos damos super bem

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 1 votos)
Loading...