A evangélica e seu casal de gêmeos parte 2

bom, continuando minha história, vou direto ao assunto para não me alongar muito.
tomei meu banho, passei um creme cheroso, vesti uma bermuda, e uma camisa esporte, calcei um tênis e fui para a casa daquela morena com seu casal de deliciasssssssss, quando cheguei, toquei a campanhinha e ela veio me atender com uma saia justa, muito justa, me parecia que ela estava sem calcinha, porque não vi a marca da calcinha, ela estava linda e muito provocante…
quando cheguei ainda era cedo, fui bem antes, para ficar ao lado daquela linda morena e ver o que podia rolar.
me chamou para ficar com ela na cozinha enquanto ela preparava alguma coisa para nós comermos.
endoidei de vez, ao ficar olhando aquelas curvas bem de perto e sentir o seu cheiro, muito agradável e minha rola começou a se manifestar, ficou tão dura que ela viu na hora e me perguntou porque eu estava assim, se era ela a culpada, sorri e falei na hora que ela era sim, que desde o primeiro dia sou louco por ela, ela sorriu mandou eu colocar a rola para fora, e caiu de boca como se fosse a ultima pica da vida dela, ela conseguiu o que poucas haviam conseguido ou seja, engolia minha rola todinha e ficava chupando, lambendo a cabeça com tamanha vontade que não demorou e enchi a boca dela de porra, levantou o vestido, me levou para a sala e ficou de 4 no sofá e mandou eu terminar o serviçooooooo, quando vi aquela bunda linda, de 4, aquela buceta depiladinha e o cu dela piscando,virada para mimmmmmmm, não resisti e enfiei minha cara na bueceta e no cu, dela, e não sabia o que era mais gostoso chupei e enfiei a língua por uma boa meia hora e ela hurrava muito, gozou várias vezes e mandou enfiar minha pica em sua buceta, continuou de 4 e não perdi tempo, enfiei com força e ela deu um forte gemido e começou a falar coisas tipo, vem meu amor, enche a buceta dessa morena com seu cacetão, e eu socava com força e ela gritava e se contorcia, eu com a pica enterrada na buceta dela, puxava seus cabelos como se fossem as rédeas de uma égua e fui socando e ela mando eu enfiar tudo, acho que ela achou minha pica pequena porque queria mais, quando estava me preparando para gozar ela mandou eu tirar e enfiar de uma vez só minha rola no seu cu, queria que eu arrombasse o cu dela e que eu gozasse la dentrooooooooooooooo, não me fiz de rogado, adoro um cu e um cuzão desse eu não ia perder e soquei muito, ela gritava sem parar e gozava muito a cada 10 estocada que eu dava naquele cu maravilhosoooooo, derrepente comecei a urrar e a minha porra saiu com muita preção dentro do cu dela, soltei uns 5 jatos de porra grossa la dentro e fiquei engatado por uns 10 minutos, so sai de cima dela quando o ônibus que tras as crianças, buzinou para avisar que chegaram, mesmo suados nos recompomos, ela me deu um beijo de língua e falou, quero você morando aqui comigooooo, eu me tremi todo ao houvir essas palavras e falei com ela, a senhora é quem mandaaaaaa, a crianças entraram e me vendo la, vieram correndo e pularam no meu pescoço e ficaram me acariciando e dizendo, que bom que você está aquiiiiii, fui me sentar a mesa para almoçar com elas em meu colo, e foi ai que a mãe delas falouuuuuu, vamos almoçar e descansar, depois vocês podem brincar com ele a vontadeeeeeeee, nem acreditei no que estava houvindo, cheguei ate a me beliscarrrrr, e na mesma hra fiquei pensando no cu do menino e que hoje eu ia meter no cu e buceta da meninaaaaaaaaaaaaa
quando estavamos almoçando ela avisou as crianças que eu ia morar ali na casa deles agora e que de agora em diante deveriam me chamar de tio, as crianças adoraram e vieram para o meu colo e ficaram me beijandooooo
acabamos de jantar e fomos ver tv, ela deitou-se no sofá, e me deitei com a cara em cima da buceta dela e como estava de calção, minha rola já estava durona e para fora do calção, as crianças brincavão com ele que já estava babando muito, a menina chupou primeiro, depois ficou relando a buceta nele até que não aguentei e seguerei ela firme e forcei a entrada da minha rola que foi deslizando ate a buceta dela agasalhar tudooooooo e ela ficar subindo e descendo, entrava tudo e saia, a menina não parava de gemer, a mãe dela fingia que não estava vendo e continuava olhando para a tv, ai a menina falou quero agora no cuzinhooooo, a mãe derrepente olhou para ela e falou, faz devagar porque ela não esta muito acostumada e continuou vendo a TV, a menina sentou com força e a minha rola foi entrando rapidinhooooooooooooo e logo estava toda enterrada no cu dela, a mãe ficava acariciando meus cabelos porque eu continuava com meu rosto no colo dela, soquei muitoooooooooo o cu dela e gozei muito, mas muito mesmo, mas o que eu queria mesmooooooo agora era o cu do menino, que bunda linda, que cu gostosoooooo, foi a menina sair de cima e ele já foi se posicionado em cima e minha rola encaichou rapidinho naque cu delicioso e fui socando sem parar e ele gemendo e a mãe olhando sériaaa, mandou ele quicar com mais força que o tio já ia gozarrrrrrrrrrrrrr, ele gemia muitoooooooooo e não parava de quicar e eu então dei um hurro forteeeeeeeee e enchi o cu dele de porra tambemmmmmmmmmmm, eu estava exausto, eles também, fomos os 4 para o chuveiro tomar banho e quando saímos do banheiro, a mãe deles falou que hoje todos íamos dormir junto no quarto delaaaaaa, pensei comigoooooo, hoje estou fudido, vão acabar comigoooo… em uma outra oportunidade conto que aconteceuuuuuuuuuuuuu

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 4 votos)
Loading...