Cuzinho Rosa da vizinha de 10 anos (tezudinha)

Meu nome e Jorge e eu fiz algo que eu não deveria fazer , mais nao aguentava mais , eu tenho 48 anos de idade moro em SP e em frente á minha casa mora uma loirinha muito tezudinha de 10 aninhos de idade , mais a putinha e muito gostosa quando lembro do que fiz com ela meu pau fica latejando , ela é toda doce , meiga tem uma bundinha redondinha e um peitinhos pequenos e uma xoxotinha pequenininha , tem um pé de jaca aqui em casa e ela veio com uma sainha Rosa com aqueles cabelos loirinhos soltos e uma regatinha toda meiga me pedir jaca era por volta de 12:30 ela tinha acabado de chegar da escola que era ali perto os pais dela deviam estar trabalhando e ela confiava muito em mim e em minha esposa assim como os pais dela era de costume época de jaca ela vir pedir pois ela amava .
-Entra Camila minha princesinha
Dei um beijo na testa dela e ela veio toda faceira e sorridente .E eu já estava planejando fazer algo com aquela menina
Podem me chamar de monstro mais eu não resisti aquela menina ela parecia provocar
Quando derrubei a jaca ela meio que rachou no chão e ela foi lá quando se abaixou pra tentar pegar a jaca vi aquela pequena calcinha tampando uma xoxotinha lisinha . Estava com uma faca então cortei a jaca e como ela estava querendo muito comer a jaca e não conseguia tirar ela do chão por causa do peso permaneceu da msm posição aquele bumbum exposto meu pau latejando , num movimento brusco peguei ela passando os braços pela cinturinha dela e num movimento coloquei a calcinha dela de lado e disse pra ela que se ela gritasse eu mataria ela e enterraria ela no quintal , ela começou a chorar e eu desci ela é encostei ela na árvore e abaixei afastei de novo a calcinha e ela xorosinha , me deparei com uma bucetinha sem pelo e rosinha abria aquela xoxotinha com os dedos e lambia como um doido e ela ali xorando mais paradinha, meu pai doia de tao duro lambi com muita vontade aquele xoxota e passava a língua naquele cagadorzinho dela que cuzinho Rosa
-vou deixar esse cagadorzinho seu vermelho de tanto que vou socar nele
-para Sr Jorge me solta to com medo quero ir embora
-vou parar so quando encher seu cuzinho de leite
Num movimento cortei aquela calcinha com a faca e levei ela arrastada pra cozinha peguei um pote de manteiga e ela só pedia pra parar e largar ela é eu dizia que se ela colaborasse não ia machucar mais caso contrário mataria ela
-ta bom eu vou colaborar mais nao me machuca
-fica de quatro quero que engatinhe até a sala assim
Vendo ela me obedecer daquele jeito meu tesão aumentou peguei o pote de manteiga e lambuzei as pontas de dois dedos e passei no Rego dela ela deu um gritinho assustado mandei continuar até o tapete da sala chegando la me sentei no meu sofá e tirei meu pau de 18 cm e Grosso pra fora e ela arregalou os grandes olhos azuis e eu disse
-imagina que é um pirulito e chupa
-eu não quero
Dizia chorando , dei um tapa na cara dela e puxei os cabelos dela e bati na cara dela deixando vermelho e mandei ela mamar
Até que ela abriu a boquinha no máximo e começou fazer uma gulosinha maravilhosa parecia que era manhã e a bixinha ja era putinha profissional na mamada
Vendo ela mamar minha pica era sensacional até que resolvi enfiar o dedo naquele cuzinho dela não ia tirar o cabacinho da bucetinha dela não naquele dia so queria o cuzinho Rosa dela .comecei a enfiar um dedo e ela gemia e chorava com a pica na guela até que enfiei dois dedos e fui amaciando aquele cizinjo virgem e apertado
Vem cá fica de ladinho ai no chão ,fui pra trás dela e beijei aquela boquinha e ela negava e eu batia na cara dela comecei a fazer carinho na bucetinha dela E passei mais manteiga no cu dela muita manteiga msm e lambuzei meu pau de manteiga então encostei meu Caralho naquele cu e falei
-vou bem devagarinho
E ela so chorava mais
Quanto mais ela Chorava mais tezao eu ficava então segurei aquela putinha abri a perninha dela e cravei a rola toda naquele cuzinho rosinha
-aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
-issooooo putinha Mirim grita chora ninguém vai te ouvir .
Abafava os gritos dela as vzs quando muito auto mais nunca parei de estocar fundo aquele cuzinho fiquei assim por uns 20 min até não aguentar mais e encher o tobinha dela com minha porra quando tirei meu pau saiu sangue Merda e porra levei ela pro banho e lavei ela é ela chorava muito abri as bandas da bunda dela e vi que tinha deixado um estrago naquele cu , estava vermelho e ela chorava sem parar ai ameacei ela de novo disse que se la contasse pra alguém mataria ela é a família dela e que ela seria a culpada , dei uma lambida no cuzinho dela mais uma vez e mete dessa vez no chuveiro e sem resistencia do cuzinho sem lubrificante nem nada coloquei ela de quatro no vaso e tasquei a vara no olho do cuzinho mais uma vez e gosei tudinho na boca dela , ela se limpou e se vestiu , ela chorava muito ainda é andava de pernas abertas ai dei uma remédio pra dor pra ela diSse que ia passar logo a dor e peguei jaca pra ela levar pra casa . Logo depois disso aquela putinha viciou na minha pica e vem pra ca pra mim socar no cuzinho dela quase todo dia depois da escola e eu dou dinheiro pra ela brinquedo tudo que ela pede ela consegue comigo com aquele cuzinho Rosa dela .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,00 de 3 votos)
Loading...