Como meu pai tirou a minha virgindade

Oi pessoas lindas este é meu primeiro conto aqui e minha história diferente de muitas aqui é bem real . Meu nome é Ana e vou contar como eu perdi a virgindade e como passei a amar sexo desde muito nova. Na minha casa morava eu, minha irma Beatriz (bia), e nossos pais. Meu pai é advogado, minha mãe enfermeira . Ela trabalha a 20 anos no mesmo hospital. Faz plantão de 24 por 48horas. Nos dias que ela trabalhava meu pai nos deixava na escola e depois ficávamos na vizinha até ele chegar por volta das 18horas. Quando ele chegava nos dava banho e depois jantar . Brincávamos um pouco e depois a gente ia dormir. Eu tinha 7 anos a bia tinha 3. Essa era nossa rotina. Meu pai lavava minha bucetinha e da minha irmã mas pra mim isso era uma coisa normal, eu inclusive abria bem as pernas . Só hoje eu vejo que nessa idade eu já sentia tesao. Minha avó materna sofreu um pequeno acidente e minha mãe foi passar alguns dias com ela . Nós ficamos com meu pai. Era sábado e o filho da vizinha veio brincar com a gente . A gente estava brincando de casinha , fingindo que ele era o pai, eu a mãe e bia a filha. Hahaha nessa de brincar de casinha o vizinho disse que a gente tinha que beijar. Meu pai pegou no pulo. Falou que aquilo era errado e que a gente nunca mais podia fazer aquilo. E mandou o guri embora acabando com a brincadeira. Porém depois disso meu pai começou a brincar mais comigo. A bia sempre estava no chão e ele me pegava no colo. Ficava me sacudindo, no banho passava mais tempo me lavando e começou a tomar banho junto. Até que um dia ele me colocou sentada no vaso e me mandou colocar o piu piu dele na boca. Eu obedeci pra mim aquilo era uma brincadeira e ele me fez jurar que não ia contar pra ninguém. Por 2 anos isso aconteceu. Sempre que tinha uma chance ele fazia essas coisas. A essa altura já tinha gozado na minha boca , no meu rosto , em cima de mim , mas nunca tinha me penetrado nem com os dedos . Eu estava com nove anos, minha mãe foi dobrar um plantão pra uma amiga dela .Meu pai pegou a gente na vizinha , fez tudo como de rotina e depois disse que ia sair mas já voltava rapidinho. Mas ele demorou muito. Eu dormi no sofá da sala. Acordei com ele pegando na minha bucetinha e falando nossa está ficando no ponto. Ele me apertou com força eu me mexi e ele levou um susto. Pediu desculpa . Daí eu disse : te desculpo se fizer comigo igual faz com a mamãe. Eu juro que não conto. Ele então tirou minha calcinha e me lambeu todinha. Foi gostoso mas eu queria outra coisa hahaha. Então meu pai me pegou no colo e me levou pro quarto. No caminho ele me beijou. Nunca esqueci aquele gosto de álcool que foi meu primeiro beijo de verdade e um dos mais gostosos. No quarto ele me colocou na cama. Tirou meu vestido e de novo me fez jurar segredo. Aí ele me fez mamar o pau dele . Depois começou a colocar na minha bucetinha. No começo eu estava gostando. Depois começou a doer e eu pedi pra ele parar. Mas ele disse : não posso parar filha fica caladinha e ao mesmo tempo que tampou minha boca empurrou com vontade, eu comecei a chorar .kkkk mas aos poucos foi ficando bom. Ele só parou quando gozou, tirou o pau de dentro e quando eu coloquei a mão senti saindo a porra. Passei a mão pra ver e também tinha bastante sangue .Meu pai me levou para o banho. Me lavou e depois lavou a mancha lençol . Desde dia em diante ele nunca mais parou de me comer . E começou a fazer brincadeiras também com a bia. Mas essa parte eu vou contar depois . Eu super apoio o incesto. Acho que toda filha deve perder a virgindade com o pai hahaha mas sem violência. Só fazer com carinho que elas gostam. Se quiserem saber como nossa história termina e como ele comeu a bia deixem seu comentário. Digam o que acharam do meu conto a opinião de vocês vai fazer eu contar tudo que já vivi com meu pai e com os outros homens que já fiz sexo . Beijos molhados nas bucetas das gostosas e chupadinha no pau dos tarados.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,89 de 9 votos)
Loading...