Perdi o cabaço com minha tia Cont…

Desculpe-me precisei sair e pra não perder o relato mandei sem terminar.
Bem, eu estava ali petrificado olhando pra minha tia somente de calcinha e situem. Ela olhou pra mim e disse:
– vc achou a tia bonita? Olha Pedrinho vai ser nosso segredinho não vou contar da revista mas a titia quer brincar de papai e mamãe com vc. Por que seu tio não esta mas dando no couro. E eu fiquei muito excitada em te ver com essa revista.
Eu ali parado não estava entendendo nada so tinha olhos para o corpo da titia.
Ai ela fez assim:
– vem cá… Tem medo não tia Viviam não morde.
E começou a me bolinar procurando minha pica dentro do short, depois de achar ficou abrindo e esticando e disse que se estivesse doendo pra eu dizer. Fez isso um pouco depois ela se sentou no vaso e me abriu as pernas e me puxou ficou se esfregando em mim e falando um monte de coisas que eu não me lembro.
A única coisa que me marcou muito foi quando ela tirou a calcinha e ficou com as pernas abertas repetindo varias vezes que estava com muito tesao.
Dai ela me puxou novamente segurou a pica com uma das mãos e foi introduzindo dentro dela. Mas como a minha pica ainda era pequena ela ficava saindo e entrando.
Foi ai que ela pegou o pauzinho do rolo de papel higiênico retirou o papel e ficou enfiando na buceta cheia de cabelo. Enquanto ficava pegando no meu pau.
Ficou fazendo isso e gemendo. Nessa hora ouvimos um barulho e ela mandou eu vestir o short e sair e disse pra eu não contar pra ninguém.
Sempre que dava ela me chupava e punhentava. Mas nunca mais deixou eu colocar a pica na xoxota dela. Os anos passaram e guardamos o segredo. Mas depois de muito tempo não fazia mas sentido não contar. Hj tia Viviam tem uma netinha linda o nome dela é Jessica.
Tem 10 anos uma coisa linda tenho vontade de ensinar a ela o que sua avó me ensinou. Mas ainda não tive oportunidade.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...