,

Você Viro Meu Inimigo Intimo

31-08-16 6 ★ 0.00

Na primeira vez em que um pau me foi enfiado goela abaixo – figurativamente falando – eu tinha apenas 10 anos. Dez.
Voltava da escola pra casa todos os dias, de ônibus. Naquele dia não foi diferente. E, mesmo assim, foi totalmente diferente. Porque, naquele dia, sentado do meu lado, estava um senhor que achou que seria uma excelente ideia colocar o pau pra fora da calça e se exibir pra uma criança.

Aquele foi o primeiro dia em que me senti um objeto. Enojada e impotente.

Da segunda em diante, parei de contar. Já apertaram minha bunda, já apertaram meus peitos, já puxaram meu cabelo, já assobiaram e disseram grosserias que, certamente, não diriam às suas santas mãezinhas.
Há quase dez anos, contudo, uma dessas situações marcou a minha vida. Há quase dez anos fui estuprada.

Não fui estuprada por um estranho. Sei o nome e sobrenome do meu estuprador, e há dez anos sabia também o seu endereço, onde trabalhava, o que fazia, onde tinha estudado, quem eram seus amigos.que por ventura um deles era meu irmão .

Fui estuprada por um amigo, num encontro.

Não estávamos muito bêbados. Não, eu não estava usando roupas provocativas. Sim, eu disse que não queria. Aliás, nada disso explicaria ou justificaria o que aconteceu, mas acho bom ressaltar pelo caráter educativo do relato: não, as mulheres nunca estão a salvo.
Como em algumas vezes anteriores, eu e meu amigo tivemos um “date”, saímos juntos pra nos divertimos ,pois ele era quase um filho do meu pai , conversamos, rimos. Fomos pro seu apartamento, depois. Tomamos um drink qualquer. Eu queria estar com ele, eu estava atraída, eu estava a fim.

Mas, de repente, me vi forçada a uma situação de violência e agressão da qual não queria participar. Enojada e impotente, como aos doze anos. Dizendo, ou melhor, gritando que não, mas não tendo força suficiente para me desvencilhar de um corpo adulto muito maior e mais forte do que o meu.

então aconteceu mais o menos assim que por anos ainda não sei que eu possa ter feito naquela noite diferente de tantas outras ,que ficamos neste tal de “date” simplesmente estávamos assistindo um filme ,uma comédia romântica ¨¨Penetras Bons de Bico ¨¨.
na metade do filme ele começo se achegar como muitas vês fazia , mais nunca passo disto ,mais este dia ele tento enfiar a mão dentro da minha calcinha e chegando na entrada da minha xota .

eu mais que depressa direi a mão dele dali ,e disse pó Antônio assim não tem brincadeira você ta passando do ponto .
ele disse se passei do ponto então não tem mais volta gatinha .
em tom de brincadeira ele me agarrou e puxando me ao seu colo ,já foi tirando minha saia , me deixo só de calcinha eu gritei , xinguei e esperneei ,mais nada adianto ele segurando minha minhas mãos só com uma e a outra se alojou se na minha entrada da xota .
quando tento introduzir o dedo lá no fundo ,ele percebeu que eu era virgem .
então me virando o rosto para si ele disse .

___você guardo pra mim né então pra que esperar .
dizendo isto acabo de tirar minha roupa e me deixando nua a sua mercê , já não tinha mais voz para gritar então comecei a chorar .
mais ele não se importo nem parecia o amigo que conhecia desde que tinha 5 anos .
ele foi meu amor de infância virou meu algoz .
eu dizendo que assim não quero nada adianto pois eu fui subjugada e invadida na minha intimidade sem ao menos ter uma escolha.
ele me deito na cama já o cobertor que nos cobria já não existia entra nos , ele tento abrir minha pernas mais quando ele largo minha mão eu fui com tido e passei a unhas nele deixando um risco em sua costa
.
ele por sua vês subiu em cima do meu corpo e segurando um das minha mão levo a cabeceira da cama a amarrando ,e por sua vês fez a mesma coisa com a outra .e me vi ali amarrada na cabeceira da cama completamente nua a mercê do homem que admirava minha vida toda ,e logo que me amarro ele pego minhas perna e abriu que parecia que ia me abrir em duas .
segurando minhas pernas ele começo a chupar e dizendo você ta gostando meu amor hoje você será minha como nunca alguém ira tela .

continuando a me chupar começo a introduzir seu dedo no meu anus dizendo que aqui eu vó por o dedo mais na tua xota vó enfiar meu pau ate as bolas gatinha e você vai adorar e pedir mais , eu sentindo aquele dedo entrando me arrombando meu anus .
foi uma dor imensa que achei que não podia piorar mais acredite piorro e muito .
cansado de brincar com minhas parte ele levando minhas pernas me deixando parecendo um frango assado e mesmo com a truculência que sentia minha xata começo a responder com lubrificação mesmo involuntária .

dai Antônio foi entrando adentro da minha xota e por mais incrível que pareça ela começo a responder com uma sensação que nunca tinha sentido mesmo quando eu me masturbava não chegava nem perto do que tava sentindo , então ao sentir prazer naquela penetração dai que Antônio se achando onipotente ,se agito ainda mais e começo um vai e vem que eu numa mistura de choro e prazer rebolava para se adequar aquele momento .
ja não sentia mais a mão amarrada e começava a devolver carinho naquela ato monstruoso que eu tava passando, ao ponto de Antônio
desamarrar e me segurando com um certo carinho que ate então não tinha .
então ele acabo gozando ,que mais eu estranhei que dizia que quando perde a virgindade sangra muito não sei se foi o ato , de como foi bruto mais não sangrei quase nada só um pouquinho de sangue que mau dava para notar pois ele me melou de esperma no meu corpo todo tava fedendo aquela coisa gosmenta misturado com suor dos nosso copos .
depois disto ele me levo para o chuveiro eu já sem força para reagir só acompanhava e tomamos banho junto ele me lavando eu tava como dopada pelos acontecimento ali ocorrido .

quando voltei para casa meu irmão falo hoje vocês demorarão muito o filme tava bom em to de risada , eu nem respondi pois meu irmão e meus pais já achavam que eu não era mais virgem pois eles já tinham falado em tom de brincadeira que a gente iria casar quando eu atingisse a idade pois não nos largamos sempre tava juntos como amigos ,pois meus pais achava Antônio um bom rapaz e um ótimo partido já que com 18 anos já era independente e já tinha seu negocio onde meu irmão trabalhava para ele .mesmo achando eu nova de mais para ele mais Antônio seria o filho que meu pai sempre queria ter tido .

Antônio trabalho dês dos 10 anos em uma oficina de carro com o tio e foi dono da tua Propriá as 16 anos com 18 já é independente financeiramente dono do próprio apartamento e o galpão onde a oficina dele ta montada ele já e dele ,ele é o cara qualquer menina queria , esse qualquer inclusive eu ,queria .
rapaz honesto trabalhador só bebe socialmente ,não tem vicio .mais nesta tarde descubro que ele não sabe que NÃO É NÃO .

eu que sonhava com uma noite de amor com meu amor ,

tive uma tarde de horror com quem eu confiava a minha vida .

mais se contento em abusar da minha confiança

DESCULPEM ME PELO DESABAFO MAIS AQUI QUEM CONTOU ESSA HISTÓRIA É UMA MULHER QUE DEIXO DE SER CRIANÇA PELO AMOR DA SUA VIDA

QUE AGORA NÃO PASSA DE UM HOMEM A QUAL NÃO QUER MAIS DAR TE MAIS NADA SÓ TEU

DESPREZO .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)

,

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Rodrigo

    quer lixo ninguem denuncia nada vou começa a estrupa mulheres tambem

  2. snack

    ainda acho que você gosta dele, esse papo de inimiga que porra é essa mina, o cara esta arrombando outra buceta agora e você com esse papo ele quer mais que você seja a outra ou nenhuma na vida dele, o que ele queria com você esta feito. estou atrás de inimigas para fuder também.

  3. snack

    o estranho que acho que você ainda gosta dele, pois esse papo de inimiga não afeta nada a vida desse verme sem vergonha que com certeza está comendo outra buceta agora.

  4. Danvonblack

    Não sei a quanto tempo foi isso mais se seus pais ainda tem uma relação de confiança com esse rapaz, vc deveria contar pra eles e desmascarar esse cara. Nao sei como funciona a lei nesses casos e nem sei se esse acontecimento pode ser comprovado mais vc deve contar. Se vc tem uma boa relaçao com seus pais, Nao fique em silencio, Conte pra eles o ocorrido. Nao tenha vergonha. nao tenha medo.

    • Inimiga íntima do meu inimigo

      Desculpe mais o que ocorreu já fiz minha vingança hoje eu posso dizer que só a pior inimiga que ele vai ter pro resto da vida dele

  5. ANONIMO

    bom dia, por culpa desses monstro que nois homens as vezes acaba pagando, mais venho aqui lhe dizer que isso foi um crime que essa pessoa deveria paga, para refletir noque fez ja vc nao fez denuncia deixou em pune, essa rapaz de ter feito varias outras vitimas ou vai fazer oque deixa mais triste que vc moca se denucia ainda leva a culpa mais fique tranquila justica do homem falha mais a de DEUS NAO FIQUE EM PAZ….