meu irmao me papou

oi gente meu nome e luis tenho 25 anos sou casado e tenho uma vida
sexual com minha esposa normal.
mas vou contar o que me aconteceu quando eu tinha 13 anos no sitio
que moravamos
meu pai era caseiro de um sitio no interior de sao paulo e minha mae ajudava ele
a cuidar de tudo
tenho uma irma e um irmao
minha irma quando fez 13 anos tambem começou namorar um negao
e ele arrombou ela e meu pai fez eles ir morar juntos meu irmao douglas
era mais velho que eu tinha na epoca 16 anos e nao morava com a gente
ele trabalhava na cidade e morava na casa do primo casado e so vinha
no fim de semana nos ver
ele era muito legal trazia coisas pra nos comer e meu pai gostava de uma pinguinha
ele sempre trazia
minha mae tambem tomava dai era muito engraçado minha mae e meu pai meu irmao
todos quentes de pinga era so rizadas e bagunça eu como nao bebia
adorava a bagunça
quando meu pai e minha mae bebia nao demorava muito a zueira e depois quando iam dormir
do meu quarto dava pra ouvir os gemidos dela e o barrulho da surra de rola que ela levava
meu irmao sempre dormia no meu quarto caia na cama e desmaiava
eu ficava ouvindo a safadeza dois dois no outro quarto dava pra ouvir tudo
foi num desses sabado que meu irmao como sempre veio
mas dessa vez nao trouxe nada mas como o patrao estava no sitio meu pai foi no bar buscar
a noite como sempre zueira mas como minha mae tinha colocado o colchao no sol e choveu e molhou
nao tinha como meu irmao dormir
ai resolveirao que ele podia dormir comigo afinal nao tinha nada ver ne
eu como nao bebo fui me deitar e eles ficaram bebendo eu ja sabia o que ia acontecer meu irmao iria cair no sono
papai e mamae ia transar ate amanhecer e eu dormir tambem deitei no canto deixei a berada da cama pro meu irmao
hora que ele viesse nao ia me acordar era so deitar e dormir demou peguei no sono
acordei com o barrulho de meu irmao deitando na cama e fiquei quetinho so ouvindo a safadeza que vinha do quanto de papai
como sempre mas derrepente senti algo mexendo na minha cueca notei que era a mao de meu irmao tentando abaixar
resolvi deixar ele fazer isso e ver ate onde ele ia
ele cuidadosamente pra mim nao acordar desceu minha cueca ate no pe
depois começou alisar minha bunda depois parou fiquei quieto achei que ele tinha disistido dei um risinho mudo e fiquei na minha
mas comecei a sentir uns movimentos foi ai que percebi que ele estava fazendo seu pau ficar duro
nem liguei pensei se ele quizer por em mim vou deixar afinal ele e muito legal sempre tras presente
ele virou pra mim alisou minha bunda de novo dai eu senti um negocio quentinho me pincelando foi ai que percebi era o pinto dele
escutei ele gospir na mao e passar no buraco do meu cu nossa lambusou melecou
ouvi de novo gospir na mao lambusou a sua pika disfarcei e virei na cama so pra ver o tamanho da rola
nossa era grande meu irmao era dotado uns 22cm mais o menos um cabeçao enorme
ele finjiu estava dormindo dei um tempo pra tomar coragem e me virei de bunda pra ele de novo
e finji dormir e fiquei esperando ele
demorou um pouco começou me pincelar de novo pra cima pra baixo quando passava na porta dava uma paradinha
ate que ele parou na porta e começou a forçar a entrada senti quando a cabeça começou a entrar
me apertei no travesseiro sentia arder e a rola abrindo meu rabo derrepente fez um barrulhinho tipo quando arrebenta uma bexiga
e o pau dele afundo tudo dei um gritinho ele parou na hora tentou sair eu segurei ele falei continua eu aguento
ele falou no meu ouvido safadinho gostou ne mexi com a cabeça que sim
e foi a noite toda ele me fez chorar na rola na hora de gozar falou vou tirar eu falei nao nao deixa enche de porra vai
foi uma delicia sentir a porra quente invadindo minhas tripas
depois desse dia eu esperava ansioso o fim de semana chegar pra meu irmao vim
e a noite eles bebia eu ia deitar na frente so pra esperar ele vim
meu pai e mae na putaria no quarto do lado e meu irmao vinha eu ja estava acostumado com ele deitava pelado pra facilitar o trabalho
ele deita eu viro ja pego no pau dele caio de boca mamo
e depois ofereço meu cu ele afunda e me fode a noite toda goza
da um tempo me pega de novo as vezes muitas
hoje sou casado como ja disse como minha mulher normal
mas sempre que posso me emcontro com meu irmao que casou tambem
e deixo ele se divertir em mim .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...