Final de semana da nat e da gab

Oi, sou a Nat e tenho uma amigona, a Gab, nos duas temos 12 aninhos, os dias 8, 9 e 10 de julho mudaram nossas vidas, eu e gab sempre estamos juntas desde dos nossos 4 aninhos quando nos mudamos para a casa a frente da casa da gab, quando eu não estou na casa dela ela esta na minha, estudamos na mesma turma e sempre saimos juntas, nestes dias 8,9 e 10 a Gab dormiu aqui em casa, dias 8 depois da aula ela ja veio comigo para casa e ficamos vendo tv a tarde toda, meus pais trabalham o dia todo, ate ano passado tinha uma tia que ficava comigo pela manhã e eu estudava a tarde, este ano estamos estudando pela manhã ai a mãe desponsou a tia e fico sozinha a tarde quando não vou pra casa da Gab, minha mãe trabalho até as 17 hs e chega em casa pelas 17:30 hs, meu pai chega por volta das 19:30 hs, nesta sexta mamãe ficou mais cedo, umas 16:00 hs, quando chegou deu oi pra nós e foi tomar banho, depois de uns 30 minutos ela veio ate a sala com um camisetam solto e convidou eu e a Gab para ir ate meu quarto para ela nos mostrar alguma coisa, quando chegamos no quarto ela começou a falar com nos duas, dizendo que nós eramos duas meninas muito lindas e que tudo que é homem que namorar umas princesinhas que nem nós e por isso ela tinha que ensinar umas coisas pra nós, ela perguntou se a gente queira aprender e a gente falou que sim, i ela perguntou se a gente ja tinha namoradinho ou tinha ficado com algum menino, eu não tinha e falei que nunca tinha ficado com nenhum menino, a Gab pra minha surpresa ja tinha dado uns beijinhos em um memino da escola, mais só isso, minha mães falou então que nós tinhamos muito para aprender, como nós tinhamos que fazer para ter os meninos nas nossas mãos, e mandou a gente ficar só de calcinha, tiramos nossas roupas e ficamos como ela havia dito, então ela sentou na cama e colocou uma de cada lado dela e disse, vocês tem que aprender a dar prazer para os meninos, e foi alisando nossos corpos que não são muito bonitos, mas temos alguns atrativos, mamães disse pra mim olhar como ela ia fazer com a Gab e depois era a vez da Gab olhar, começou a passar a mão nos peitinhos da Gab deu um selinho nela a Gab tava meio assustada mas mamães pediu para ela se acalmar, e continuou, beijou seus peitinhos e foi decendo na bariguinha da gab e foi baixando as calcinhas da gab e foi beijando as coxas e chegou na bucetinha da gab, começou a passar a lingua, deu uns beijinhos e botou todinha na boca e começou a chupar, a Gab se retorcia e mamãe alisava a Gab e chupava sua bucetinha, e depois colocou um dedo no cuzinho da Gab e foi forçando e a gab reclamou mas mamãe não ligou e continuou a chupar e enfiar o dedo, mais um pouco e a Gab deu um gemido forte um gritinho e soltou o corpo, e a mamães falava isso meda todo teu meuzinho, depois a mamãe disse agora e vc meu amorzinho e fez o mesmo comigo, depois ela voltou para a Gab e disse pra mim agora filinha, vc chupa a mamãe pra ver se vc aprendeu bem, eu estava com vergonha mais mamãe me forçou a cabeça no meio da pernas dela e fez eu chupar, e ficou chupando a Gab e enfiando o dedo no cuzinha dela, eta a gab gozar denovo, e fez eu chupar ela ate ela gozar tambem, nós duas ja não aguentavamos mais ser chupadas e gozar, então mamãe foi tomar banho e nos ficamos ali deitadas, exaustas peladinhas, todas melecadas com o gozo da minha mamãe, foi quando meu pai chegou, mamãe ainda no banho e nós duas num sono após tanto gozarmos pelas chupas da mamãe, papai chegou e foi ao meu quarto para dar um oi, quando chegou la viu nossos corpinhos nus e nós dormindo todinhas lambuzadas e com a bucetinhas inchadas de tanto serrem chupadas, papai pensou na hora que nós duas é que tinhamos feito coisa errada, e ficou ali parado olhando para nós, ele fechou a porta e saiu em direção da suite dele, as 21:40 hs minha mãe foi nos chamar para jantar, quando entrou no quarto ela chamou nos e disse vcs deviam ter colocado uma roupa, agora levantem se lavem coloquem alguma roupa e dessam para jantar, dessemos e papai ja estava na messa esperando, quando chegamos ele disse oi meninas, sentem e vamos jantar, depois eu quero falar com vocês.
Jantamos, depois fomos para o quarto depois papai subiu e entrou no quarto e disse, vocês tem alguma coisa para contar para mim? nós afirmamos que não, ai ele perguntou se nós tinhamos namoradinho, e falamos que não, ai ele perguntou se a gente tinha alguma curriosidade em relação aos nossos corpos, em nos tocar uma na outra e falamos que não, nós não faziamos estas coisas, ai ele disse que quando chegou em casa tinha visto nós duas dormindo cansadas das safadezas que tinhamos feito. e ele queria saber o que tinha acontecido ali entre nos duas, se a gente gostava de outras meninas e se ja tinhas feito com outras meninas, a Gab quieta com o rosto vermelho de vergonha, meu pai disse não adianta ter vergonha agora, porque vocês estavam fazendo coisa de gente grande, ai a Gab falou, a culpa não é nossa, e papai perguntou, como assim, a culpa não e de vocês? e Gab disse, foi a mãe da Nat e estava nos ensinando como ter os mennos, ai o pai falou, como assim, a Gab disse: a dona Adri…. disse que a gente tinha que aprender a dar prazer aos meninos, e chupou a gente, e colocou o dedo em nossos cuzinhos, e ainda fez nos chupar ela e disse que tinhamos que beber todo meu dela, assim como ela tomou nosso melzinho da buceta, meu pai ja tava de pau duro quando a Gab terminou de falar, ele falou que tudo bem, para gente ir dormir que no outro dia a gente conversava mais, deitamos e dormimos, nós estavamos cansadas, só que de madrugada eu acordei e fui na cozinha beber agua, quando voltava para o quarto papai saiu da suite e perguntou que eu estava fazendo, falei que tinha indo beber agua, que iria no banheiro e ia voltar para o quarto, ele disse depois vou la para te cobrir, ele não demorou e foi ao meu quarto, quando chegou estava com um pote namão, ele disse: bom, ja que a mamãe deu a primeira aula, eu vou continuar com a segunda aula, eu perguntei com assim papai, e ele disse: vou ensinar vcs a serem mulheres mesmo, do jeito que um homem gosta mesmo, eu perguntei e a mamãe, quando ele disse que ela só ia acordar pela manhã, que ela tinha comado as pilulas dela, e que a casa poderia cair que ela não acordaria, ai ele acordou a Gab e disse que ia continuar a aula que mamãe tinha começado disse para ficarmos peladinhas que ele ia continuar de onde a mamãe tinha parado e cai de boca nos petinhos da gab e alisava a bucetinha dela, me chamou para perto dele e disse chupa o pau da papai, e fez eu lamber e chupar aquele mastro duro e grosso eu quase que não conseguia colocar a cabeça na boca, e mamou a Gab chupou a bucetinha dela e enfiou o dedo no cuzinho dela, depois fez comigo e fez a Gab chupar ele e aquilo tava ficando muito gostoso, ate que ele pegou o pote que tinha levado lambuzou o pauzão e o cuzinho da Gab e depois colocou um travesseiro debaixo dela e foi forçando aquele mastro no cuzinho dela, ela chorava e pedia pra para, mas papai não parava e foi enfiando aquele cabeção da bundinha dela, enquanto ele enfiava no cuzinho dela me chamou pra frente dele e começou a me chupar, e foi enfiando aquele pauzão no cu da gab, ai ele mandou eu deitar com a pernas abertas na frente da gab pra gab me chupar o pau dele ja tinha entrado um pouco mais que a cabeça, ai ele começou a tirar e colocar bem devagar num vai e vem e gab começou a me chupar com força, quanto mais ele enfiava mais ela me chupava quando eu vi o pauzão dele ja tava todo dentro dela e ela ja não taa chorando e tava se contorcendo e meio que gemendo e me chupando com vontade que chegava doer a minha bucetinha, papai ficou naquele vai e vem um bom tempo ate que aumentou o ritimo e disse vou gozar, a gab forço a bundinha pratraz como que dissese pra ele pra gozar tudinho dentro dela e me chupava e apertava minha bunda, eu gozei umas 2 vezes na boca dela, papai ficou um tempinho encima dela, quando ele saiu tava com o pau mole, e saiu um monte de porra do cuzinho da gab, a Gab tava cansada demais, porque tinha gozado tambem papai en quanto socava no cuzinho da gab tambem siriricava ela que gozou muito, papai soltou a gab e vei pra cima de mim, me encheu de carinho e alisou meu cuzinho, passou a mesma coisa que tinha passado na gab e depois me arrombou tambem, no inicio doeu muito, mas ele não me deu folga e que nem fez com gab, depois de um certo tempo ja não era dor e sim um misto de dor com algo muito gostoso, comeu bem meu cuzinho ate gozar dentro de mim tambem, eu e gab estavamos muito exaustas ele disse para dormirmos para descansar, eu e ela ficamos abraçadas e dormimos e papai foi para a suite dele, quando acordamos ainda melecadas da porra do papai levantamos e fomos tomar banho, doia muito nossos cuzinhos, mas não reclamamos, mamae foi trabalhar cedo e papai estava em casa, tomamos cafe e papai perguntou se estavamos bem, depois ele falou que nós não podiamos contar pra ninguem o que tinha acontecido entre nós, e a gab falou que sabia disso porque se ela falasse alguma coisa para alguem o pai da Nat melhor amiga dela ia pra cadeia e a mãe dela tambem, como a Nat ia ficar sem os pais dela, passamos o dia normal como se não tivesse acontecido nada, só não dava pra sentar direito, papai nos deu uns analgesicos para aliviar a dor, quando a mamãe chegou, papai tava no jardim nos fundos, ai ela disse pra nós, vocês querem continuar as aulas que a mamãe tava dando, quando a gab disse: eu to com a bundinha doendo muito, não tenho como continuar, a mamãe falou como assim com o a bundinha doendo, nós só enfiamos um dedinho que vc no fim das contas ja tava bem acostumada e gostando, é mais o pai da Nat nos deu mais uma lição depois na madrugada, mamãe chamou papai e em gritos na cozinha, falava com papai que como ele podia ter feito aquilo, que ela não imaginava que ele era assim, como ele podia ter tezão em duas crianças, quendo ele interrompeu ela e disse que ela que tinha começado, tomando leitinho de bezerrinha novinha, ela meio que ficou atorduada e ficou parada, quando eu disse que a culpa era delas que aceitaram a aula da mamãe para pegarem os meninos, mas que tava tudo bem, que eu amava eles e que a gab tambem gostava muito deles, foi quando o papai disse: quem sabe a gente aproveita que ta tudo certo e vamos pra terceira lição? ai a mamãe disse que as maninas que sabem, a gab saltou na frete e disse não sendo na bundinha eu to a fim, é ue duendo muito minha bundinha, e eu ja fui tirando a roupa.

como ja ta ficando muito longo, continuo no proximo

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...