Engravidado a loira Indecisa !

Meu nome é Heitor, carioca , sou moreno claro , 23 anos, 1,80 de altura, 82 quilos, bem sarado sarado, peito liso natural, pernas e braços quase sem pelos, olhos claros puxados , meio que japinha morenão! pau de 22cm e bem grosso. Gozo muito. Sou do tipo que goza numa buceta e continua firme pra mais. Acho que nasci pra reproduzir pq fico de caralho duro so de pensar que minha gozada pode engravidar uma gata. Sinto tesão no risco. mas chega de falar de mim, vamos falar da Sheila, uma gata linda que cursa direito na mesma universidade que eu.
Nicolly é uma loira espetacular ! (dependente de italiano) , 21 anos, 1,65 de altura, 63 quilos, toda esculpida, seios bem redondos e empinados e uma bundinha bem arrebitadinha e dura. Sento atras dela sempre que possível para puxar papo e ficar conversando durante as aulas chatas e tirar minhas dúvidas nas mais dificeis. É do tipo intelectual e cdf. Me amarro no tipo inteligente, marrenta ! Saimos algumas vezes, claro, mas ela sempre com o papo de querer ser so amiga e que não sabe se estava preparada ainda para um relacionamento visto que o caso com o ex foi bem dificil e eles se separaram a menos de um mês. Dae um dia eu resolvi acabar com essa indecisão dela.
Fomos pra uma festa da sala num sabado a noite e no final da festa levei ela pra minha casa. Ficamos conversando, bebendo mais um pouco, e começou a pintar um clima gostoso. Ela foi ficando cada vez mais safada, acho que por conta do álcool. Começou a tirar a blusa dizendo que tava ficando com calor e realmente ela tava bem vermelhinha. Disse que não tinha problema e logo ela tava sentada no meu colo tirando a minha camisa também. Meu caralho foi ficando animado e ela sentiu ele crescer por baixo da calça jeans. “Nossa gato, isso tudo?” ela perguntou. “Não é nem metade dele ainda, gata” eu respondi confiante. Ela deu um sorrisinho e começou a fazer um vai e vem por cima da calça e fui ficando cada vez mais maluco. Precisava comer ela.
Tirei o sutia dela e cai de boca naqueles peitões. circulei cada mamilo com minha lingua alternando entre eles diversas vezes e apertando de leve. Ela botava a cabeça pra tras e gemia bem gostoso. tirei o resto da roupa dela, a minha, ficamos pelados e deitei ela na cama com as pernas bem abertas e encostei a cabeçona da minha vara na entrada da buceta dela. Começei a empurrar pra dentro mas ela se esquivou. “Gato, não to tomando pilula. Põe uma camisinha vai, por favor.” ela pediu. Meio sem vontade eu atendi o desejo dela. Botei uma camisinha no bicho, ela verificou com as mãos e foi levando ele pra dentro dela. No papai-mamae, ela deitada na cama de pernas bem abertas e eu em pé na beirada, ela foi levando pra dentro daquela buceta quentinha meu kct encapado. Foi entrando e ela foi ajeitando e gemendo a cada cm que botava pra dentro. Ela ia se remexendo e puxando o caralho ate que entrou todo. Ela conseguiu ajeitar meus 22cm de pau, durao e grosso, dentro daquela caverninha umida e gostosa. Mesmo pela camisinha dava pra sentir que era muito quente e tava bem molhada. Ela tava com muita vontade mesmo. Caí por cima dela, abraçando forte e comecei um vai e vem gostoso nela. Embora tivesse muito bom eu queria era goza dentro dela. “Gata to quase gozando. Quer que eu goze já?” eu perguntei. “Não, ta muito bom. Não quero que vc goze ainda.” “Então vou tirar um pouco, gata. Gosta de ser chupada?” “Adoro! Me chupa todinha vai gatão!”
Blefei na real. Não tava nem um pouco perto de gozar mas tava com um plano em mente. Tirei de dentro e começei a descer minha lingua pelos seios dela, chupei muito os mamilos de novo, chupado forte e mordiscando. continuei descendo pela barriga ate a xaninha linda, raspadinha, lisinha e apertada que estava um pouco aberta ja. Meti a lingua dentro dela e ela começou a suspirar e ofegar e a gemer alto e gostoso. Enquanto isso eu fingindo que tava batendo uma mas na real peguei a ponta da camisinha com as duas mãos, e fiz um rasgo bem no deposito de porra. Deslizei o cabeção do meu pau através do furo e deixei só ele pra fora. No mesmo instante meu pau ficou pulou de tesão, ficou bem mais duro do que estava, senti a cabeçona inchada e com muito tesão inflar ainda mais. Aquela altura ela ja estava bem louca, gemia muito e pedia pica. “Que delicia, me chupa gato. Quero teu pau de novo em mim, me fode vai, me come meu gostoso, enfia tudo pra dentro, quero vc la no fundo da minha buceta!” Sem pensar duas vezes eu introduzi meu cacete de volta, sentindo a pele dela bem gostosa na minha cabeçona desprotegida. A buceta dela estava tão quente e umida que deixou meu cacete pulsando de tesão. Nesse momento ela pegou na vara e alisou. Acho que desconfiou quando coloquei a cabeçona pulsando nela, mas sentiu o resto da camisinha na vara e relaxou. Soltou o pau e pediu “Me fode forte vai meu macho, enfia esse cacetão pra dentro de mim, me come!” Enlouqueci com o pedido e com a buceta quente na cabeçona do meu caralho. Comecei a meter gostoso, tirava tudo e colocava de volta. Vez por outra meu cacetão latejava de tesao e soltava lubrificante dentro dela, deixando ela mais molhada e tesudo ainda. Ela gemia e urrava de tesao rebolando gostoso empurrandoa buceta de encontro ao meu pau pedindo pra ir mais e mais fundo. Tava decidido. Ia fazer essa gata ser só minha. Continuei fudendo ela bem gostoso, rebolando pra fazer o cacete girar dentro dela e a cada estocada eu sentia a camisinha deslizando mais e mais pra trás, até ficar só o anelzinho na base do pau. Tava com o pau todo pelado dentro dela, sentindo a bucetona quente sugando ele. Agora sim tava ficando bem perto de gozar. Enlouqueci tirando o pau quase todo e enfiando tudo de novo, tava muito próximo. “Gata ta vindo! Vou gozar hein? Posso gozar?” “Pode meu macho, goza pra mim tesudo, enche a minha buceta de leite!” putz fiquei louco de tesao ouvindo aquilo. Será que ela sabia que eu tava sem a camisinha? E se sabia, ela queria o mesmo que eu! Então deixei sair. “Ah gata, ta vindo! Ta saindo! Vou gozar gata! Vou inseminar você! AH!! TO GOZANDO EM VOCÊ!!! AHHHH!!!” “Isso meu gostoso! Deixa sair! Me insemina vai, goza dentro da minha bucetinha quente!!!” Sem aguentar mais eu explodi de tesão dentro dela, gozando forte. Fiz questão de enfiar o mais fundo que eu consegui dentro dela pra ejacular direto no utero, encher ela de leite bem forte e gostoso. Quando terminei fiquei ainda com o cacete duro dentro dela, mas ela pediu pra tirar e descansar um pouco. Quando tirei e ela viu o estrago ela me olhou com uma cara incrédulo de que não tava acreditando. Correu pro banho e tentou lavar a buceta. Fui atrás dela pra tentar amenizar, mas ela tava bem assustada. “E se eu engravidar agora, gato? To no periodo fertil, o que vou fazer?” “Calma gata, ta tudo bem. Relaxa, ta tudo certo.” E enquanto eu abraçava ela meu cacete ainda duro pulsava proximo da bucetinha dela querendo entrar de novo. “Era iss que você queria né? Que seja. Quer me engravidar então engravida, gostoso!” Ela puxou o cacete e botou pra dentro da buceta dela. Nem tirei a argolinha da camisinha e voltei a comer ela, de pe, debaixo do chuveiro, agua quente em nós dois enquanto o pau entrava e saia de dentro dela. Porra e sabonete ajudavam meu cacete a penetrar cada centimetro da xana dela e eu forçava ainda mais o pau pra cutucar o utero dela, bem fundo. Ela gemia forte e gostoso. “Isso gostoso, bota no fundo vai, enfia no meu utero, me engravida vai, me fode forte!” Palavras magicas pra mim. Meu caralho tava adorando explorar o fundo daquela buceta gostosa daquela mulher tesuda que pedia leite dentro dela. Meu saco começou a subir, a cabeçona pulsando e logo eu tava ejaculando dentro dela novamente. Apertando forte de encontro ao fundo da buceta, querendo botar meu semem direto no utero dela pra fazer ela minha. MArcar meu território.
Quando terminei de gozar ela me abraçou meio sem jeito e sussurrou no meu ouvido “Se vingar vc vai ter que casar comig e me comer assim todos os dias da gestação ate o final, ok?” E bom, galera, como vocês ja desconfiam, foi assim que eu casei e garanti a gata dos meus sonhos. Meu filho ja nasceu, tem 4 meses, e minha princesa está grávida de 2 novamente ! putz HaHa , e vamos nos casar no final do ano como ela quer .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 1 votos)
Loading...