,

Começou como brincadeira 3

Há 2 anos 3 ★ 0.00

Somos Cel e Eliz (51 e 48 anos Campinas interior de SP ) , nos dois outros contos,contei como tudo começou,o exibicionismo,encoxadas,cinema,e por ultimo o estacionamento da concha acustica ( dogging ) , e pensar que um ano antes disso tudo,nem imaginava que um dia pudesse acontecer algo assim,a minha Eliz me surpreendeu muito,depois que começamos a ser cumplices nessas deliciosas brincadeiras,ela me confessou que já tinha feito alguns joguinhos de sedução com outros homens,no passado,mas nunca levou até o final,que teve uma amiga que tinha um casamento bem livre e vivia contando as conquistas deles,sempre com a permissão do marido dela,mas nunca imaginava que um dia faria algo parecido,e que quando eu comecei a atiçar ela com o exibe para o sr Durval,Eliz se sentiu atraida por tudo que pudesse curtir,e como ela curtiu,chegou a me surpreender varias vezes nesses ultimos anos,assim foi naquele dia voltando do estacionamento da concha acustica ( no segundo conto ),ela parecia uma adolescente tão animada,exibia seus seios melados pela gozada daquele estranho,e falava sem falar do prazer que sentiu ao gozar nos dedos dele,me lembro que esse dia era uma quarta feira,e já na quinta a noite lá estavámos nós rondando aquele estacionamento,Eliz ficava atenta a cada rapaz que estava passeando entre as arvores,ela queria tentar encontrar o mesmo estranho da noite anterior,por isso não paramos, mas demos varias voltas,como não vimos ele,achamos melhor parar na mesma lanchonete que o vimos na primeira vez,e lá estava ele,conversando com atendentes da lanchonete,estacionamos e ele nos viu,veio ao encontro e nos deu boas vindas,dessa vez chamamos ele para dentro do carro,Davi é seu nome,40 anos divorciado,livre para sacanagens como ele mesmo disse,dessa vez ele nos convidou se queriamos ir ate um motel ali proximo em vez de ficar no estacionamento,olhei para a Eliz e o olhinho dela brilhava,saimos de lá direto para o motel que ele indicou,tinha um quarto simples,bem limpinho e bonito,mais bem simples,pela primeira vez entravámos em tres em um motel,uma vez dentro do quarto foi demais,primeiro fiquei meio sem saber onde ficar,tinha uma mesinha com duas cadeiras me sentei ali e fiquei apreciando a cena, Davi beijava ela desde o carro,em pé os dois trocavam caricias e se beijavam,ele levantou a saia da Eliz e apalpava a bunda,ja dentro da calcinha,ele era menor que eu imaginava na noite anterior,tinha um pouco mais que a altura da Eliz ( 1,70 ) e bem menor que meus 1,87,em um momento jogou ela na cama e começou tirar a roupa sem deixar os carinhos e beijos,mamou os seios dela e em seguida foi descendo,tirou a mini saia jeans dela e caiu de lingua,pela primeira vez Eliz olhou pra mim,um sorriso enorme,e voltou seu olhar para o Davi,ele chupou a buceta dela por um longo tempo,levantou as coxas dela e passou a lamber tudo,bunda,cú,buceta,coxas,voltou atacar a buceta dela e pimbaaaaaa,Eliz se esparramou na cama gozando pela primeira vez ,ele sem perder tempo,subiu em cima dela,ficou de joelhos sobre o corpo dela e deu o pau pra ela mamar,nosssaaaaaa,Eliz se superou naquela mamada,que coisa incrivel, bolas saco,pau,mamava e babava em tudo,ele socou na boca dela como na noite anterior,virou pra mim e pediu preservativo,ai lembrei que deixei no carro,corri lá buscar,voltei ele chupava a buceta dela de novo,mas com ela de quatro dessa vez,colocou a camisinha e pronto,pela primeira vz depois de casada a Eliz sentia outra rola na buceta dela,foi a primeira coisa que ela falou assim que ele penetrou ela,e ficava me perguntando se estava tudo bem? porque ela estava amando,Davi me chamou para participar,mas eu queria mesmo ver primeiro,foi uma hora de rola que ela levou dele sem parar,ele virava e revirava ela na cama,colocava ela para cavalgar e me falava que ela era demais uma delicia e coisas assim…a Eliz quando ia gozar tambem lembrava de mim,sempre me avisava aos gemidos que iria gozar de novo…e de novo…e depois de novo…de quatro,e com ele em pé fora da cama,foi assim que ele avisou que ia gozar e se podia gozar nos seios dela como na noite anterior,eu disse que sim,ele entou socou bem rapido na buceta dela,saiu rapido e foi em direção ao rosto dela..ela se deitou e tomou uma gozada incrivel…seios,barriga..e em seguida ela me surpreendeu…a Eliz sempre fez de tudo numa boa…mas deixar na boca era raro,mas assim que ele deu os jatos maiores,ela abocanhou ele,Davi estava suando muito,ficou ali ajoelhado ao lado da boca dela,ela mamando sem parar,não resisti e me deitei atras dela e soquei meu pau naquela buceta toda fodida por outro,nesse momento confesso sentir um pequeno ciumes,afinal eu estava ali comendo ela com toda minha força e vontade e tesão,e ela tirou o pau dele da boca e ficou falando com ele,que tinha sido incrivel,que ela tinha gozado tres vezes enquanto ele não parava de come la,ele deitou ao lado dela e fazia carinhos nos seios,nos cabelos dela…a Eliz ainda segurava o pau dele,que nem era maior que o meu,mas sem duvida que ele era um comedor com uma putz pegada,meteu nela durante muito tempo,eles ali namorando e eu me acabando na buceta dela por tras…enfim gozei e enchi a bucetinha dela, ela olhou para tras e sorriu pra mim,mas me incomodou a pergunta, já? fui tomar um banho deixei eles ali na cama,logo eles vieram atras,tomamos banho os tres, bom, eu e Davi,porque Eliz ficou o tempo todo mamando a rola do Davi,nos dois conversando ,falando da experiencia nova , e ele da experiencia que ja tinha com outros casais,e a Eliz ali,mamando sem parar,Davi pediu para eu pegar outra camisinha,e ali mesmo no banheiro começou a comer ela de novo, ela apioada na parede e ele socando por tras dela na buceta , sem parar…gozei bem gostoso dessa vez so apreciando eles meterem,em seguida Eliz começa a gozar,Davi depois, Eliz de ajoelhou e levou tudo no rosto,olhou pra mim e disse,querido,igual nos filmes.
Se banhamos, levamos o Dav de volta para ele pegar o carro dele,afinal ele iria trabalhar no outro dia e precisava descansar, e nós fomos para casa,nunca mais nossa vida sexual seria a mesma depois dessa noite maravilhosa no tal de motel miraje,rsrssrsr!!!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)
Loading...

,

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Porteiro safado

    nossa meu pau ate fiocu babadinho de tanto tesao…
    manda mais contos ou fotos da sua esposa esse e meu email: [email protected]

  2. Rola dura

    Cara moro ao lado de campinas. Deixa eu foder a sua esposinha. Tenho 34 e com um tesao sou máquina de perversão e taradice….11995446291

  3. correa

    Parabéns muito bom o conto fiquei com muitíssimo tesão me chamem no watts 12981959266 casais e casadas carentes. Sigilo absoluto.