Troca troca-saudades João

Após as experiencias que tive na descoberta do troca troca que na verdade gostava só da troca e que os machos se sentiam dominadores,machos mas na verdade algo se abria dentro de mim e queria poder através da submissão
obediência conseguir tirar o máximo do meu macho.
Como mudei de cidade fui por em pratica a minha teoria e na turma nova tinha um rapaz João,bonito,alto,e pelo jeito com uma mala justa.
A turma resolveu ir ao cinema e fiquei na paquera e quando o João foi ao banheiro entrei junto e que bela juba,linda,grande,grossa contemplei.
Após o cinema sentamos perto e a conversa foi para o lado de sacanagens e riamos pra valer até alguém tocar no famoso troca troca.Neste momento senti um certo desconforto e alguém comentou que era coisa de viado e me vi discordando que não concordava pois algo lindo,secreto de duas pessoas em descobrir sensações que irão nos orientar a nossa vida.
Achei que o assunto morreu mas dois dias depois o João encostou em mim e me perguntou você teria coragem de fazer troca troca comigo e respondi de pronto olhando para ele,topo até troca com você.
Ele sorriu para mim e me convidou a ir na sua casa com ele e de pronto vamos.Chegamos e fomos entrando e ele me disse estamos sozinhos pois meus pais chegam somente a noite.
Entramos no seu quarto e fomos tirando a roupa e pude ver de perto seu pau,fomos tomar um banho aonde pegando uma esponja fui passando nele e ele começou a fazer o mesmo.
Deitamos na cama nus e de imediato num 69,e comecei a mamar seu pau e ele começou o mesmo com o meu,estava gostoso demais e pedi você tem gel e passando no meu dedo fui colocando no seu cu e de imediato fez o mesmo com o meu.
Senti sua respiração aumentar e me preparei para beber sua porra e veio forte gostosa,quente e ele ficou doido olhando para mim esquecendo o meu pau em sua boca e me colocando de joelhos comecei a meter na sua boca e senti que ia gozar e enchi a sua boca de porra.
Fomos nos lavar e começamos a nos tocar,o abracei colocando ele encostado na parede e comecei a sarrar suas nádegas e deslisar meu pau e ele submisso fungando mas curtindo.
Fomos para a cama e o coloquei de 4 e fui com a língua tocar o seu anel e pedi abre com suas mãos suas nádegas e ele submisso obedeceu e fui colocando com gel um dedo e invadindo seu cu e ele começou a rebolar,e fui metendo pra valer,e quando tirei coloquei meu pau sedento por um cu na sua portinha e ele dizia cuidado nunca dei meu cu,mas firme esperava submisso e não deixei esperar meti de vez invadindo seu cu-ele deu um berro mas aguentou e eu dizia -aguenta o tranco e comecei a socar de vez pra valer o levando a pedir mete no meu cu,ele é seu seu puto,me arromba gostoso.e fui firme ate encher seu cu de porra.
O levei ao banheiro e dei um banho gostoso e aos poucos ele foi voltando ao normal e olhando para mim disse você comeu gostoso meu cu e como é bom.
Fizemos um lanche e nos vimos deitados nus na cama e se acariciando e senti sua mão nas minhas nádegas,e aos poucos me virou e sentou sobre mim e começou a me acariciar,abriu minhas pernas e alojou seu pau no meu rego.Gostoso demais sentir seu corpo sobre o meu e seu pau perto do meu cu e comecei a rebolar e disse mete gostoso no meu cu,e ele passando
gel no meu cu foi metendo seu dedo gostoso,e comecei a rebolar.e ele me pós de 4 e senti direcionar seu pau e começou a pressionar e foi invadindo gostoso e parecia um cavalo pois metia forte,indo fundo e se realizando e dizia tome ,veja como é bom dar o nosso cu e comecei a pedir mete forte,me arromba quero sentir suas nádegas batendo em mim e ele socava e foi bom demais e gozou me enchendo com sua porra.
Deitamos na cama comecei a tocar a sua bunda e acariciar e fui virando o deixando de costas para mim,sentei sobre ele,abri suas pernas e fui colocando meu pau e invadi seu cu e comecei a meter suave deixando ele relaxado e gemendo.O coloquei de 4 sem tirar meu pau e continue entrando e saindo,subi sobre ele e fiquei de cima para baixo e disse ao seu ouvido vou batizar este cu e de pronto soquei de uma só vez,com meus braços o segurava e metia ferro o batizando e suas pregas se foram e ele aguentando a socada.Cheguei ao ponto de deitar sobre ele e ficar descansando mas que gostoso saber este viado que ainda não sabia da sua realidade.
Quando o deixei lhe disse lembra que gostava de troca troca e também só de troca.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 1 votos)
Loading...