Meu primo tinha tesão na minha bundinha

Meu nome é Marcelo, quando era menino, ia visitar meus tio e os moleques amigos do meu primo gostavam de passar a mão na minha bundinha. No inicio ficava bravo com eles. Mas não resolvia muito, era só aparecer uma oportunidade e sentia várias mãos me tocando. Sempre pediam para eu ficar na frente deles para eu ficar vigiando que estava nos procurando, logo vinha um por traz e colava na minha bundinha. Uma noite fui me esconder com um moleque que tocou nas minhas coxas e subiu a mão por dentro do meu calção e apertou minha bunda, senti um prazerzinho no toque dele, tratei de correr dali e me juntei aos outros. Passou mais um tempo de brincadeiras e corremos para aquele mesmo lugar, mas agora meu primo veio junto. Como ele é meu primo deixei ele encostar nas minhas costas, segurou na minha cintura e perguntou se estava vendo algum menino chegando. Logo revezaram outros moleques na minha bunda. Sentia uns pintinhos durinhos na minha bundinha. Voltamos para a calçada de nossas brincadeiras, ninguém ia para traz do muro quando eu não ia, sempre me convidavam para se esconder comigo lá. Depois de todos estarem escondidos, fui para traz do muro, sozinho. O moleque mais taradinho correu e ficou comigo, passava a mão na minha bunda por baixo do calção, deixei ele me alisando enquanto eu vigiava que nos procurava, eu estava gostando e ele percebeu, fui tirar ele e agarrei seu pau duro fora do calção, senti que seu pau quentinho na minha mão, ele retirou minha mão e encostou na minha bunda de novo. Perguntei porque estava de pau de fora e ele respondeu que ia dar uma mijada. Corri de novo e voltamos nos esconder atrás dos carros. Meu primo me chamou para ficar com ele escondido, fui. Meu primo também alisava minha bunda, quando ele me alisava eu ficava bem quieto e adorando, o outro viu e apareceu em seguida. Trocaram de posição e meu primo viu o outro de pau de fora roçando na minha bunda, também tirou o pau pra fora e deixou ele nas minhas coxas. Pediu para eu baixar meu calção, se tivesse só eu e ele tinha deixado. Depois desta pergunta coloquei a mão para tirar meu primo e sentir seu pau, agarrei o pau dele para afasta-lo e chegou outros moleques e aproveitei para fugir. Em outro momento fiz a besteira de convidar meu primo para se esconder comigo. Ficamos uns minutos sozinhos e meu primo já de pau de fora tentou baixar meu calção, estava segurando meu calção com o pau dele nas minhas coxas, fui soltando meu calção e deixando ele baixar, minha bundinha branquinha era acariciada e o pau entrando nas minhas coxas. O outro moleque chegou e me viu de calção baixado e pediu para substituir meu primo, este procurava meu cuzinho para meter e eu me afastava das investidas dele. Meu primo pegou minha mão e fez eu segurar seu pau, sentia o sangue sendo bombeado no seu pau, queria ficar sentindo seu pau, mas tivemos que sair dali. Atrás de um carro, meu primo me convidou para ir pra casa e brincar sozinho com ele. Fomos para casa e tomando banho juntos, ensaboados meu primo colocou o pau na minha bunda e me alisava o peito e barriga, sentia arrepios de prazer. Meu primo louco de desejo de me enfiar, foi me curvando no vaso, eu queria deixar ele me penetrar e não resisti. Com nossa falta de jeito demorou para ele acertar a entrada. Quando entrou a cabecinha, o pau entrou suavemente até o fim, eu recebia ele com prazer, ele fazendo o vai e vem e ouço ele dizendo que esta gozando, mesmo assim não me larga, mas a tia manda sair que o banho ta muito demorado. No quarto vendo televisão ele pede para ver melhor minha bundinha, sem responder sua pergunta, ele me vira de bundinha pra cima, mostra seu pau duro para mim e passa a mão na minha bunda. Monta em cima de mim e passa o pau no meu reguinho, meu cuzinho lubrificado do gozo dele no banho, suga seu pau pra dentro. Parecia um cachorrinho na minha bunda, eu calado aguentava firme meu primo me comendo. Gozou de novo e ainda socou bastante antes de tirar, fiquei com rosto virado para o outro lado, para não encarar meu primo. Apagamos a luz e tentamos dormir, meu primo disse que esta sem sono, respondo que também não tenho sono. Pensativos adormecemos nus. Acordei primeiro e fiquei olhando para pau do meu primo, pensei em acordar ele para ser comido novamente, mas havia o perigo de ser descoberto pelos tios. Chegou a noite e fomos brincar, corri para me esconder e esperar por meu primo, que tinha combinado com o outro moleque de deixar nós ficarmos sozinho. Ajoelhado deixei meu primo tirar meu calção, agora mais acostumado fui penetrado facilmente. Meu primo gozou dentro de mim e pediu para eu ficar ali mais um pouco e saiu. Estava sem calção esperando por meu primo. Não demorou muito e chegou o moleque dizendo que meu primo tinha mandado ele se esconder comigo, que eu ia gostar dele também. Fui deixando ele tocar em mim, De pé mesmo sinto seu pau procurar um lugar para se acomodar, depois do pau lá dentro ele retira minha camiseta. Enquanto ele faz o vai e vem, alisa meus peitos, tenho vários arrepios de tesão. Ele demora mais que meu primo, o entra e sai dele esta muito gostoso, sinto uma sensação desconhecida mas muito boa. Enquanto ele me alisava o peito gozo de prazer, depois de alguns minutos ele goza dentro de mim. Se arruma e diz que vai mandar vir o outro moleque que brincava conosco. Fico esperando pelo outro querendo gozar novamente, chega ele e eu recebo na posição de penetração. Este mais jovem que eu, demora tanto a gozar, que tenho que bater uma punheta pra eu gozar. Depois dos três satisfeitos, é hora de ir para casa. No banho meu primo quer mais um pouco, só que não consegue gozar. Na hora de dormir ele pula para minha cama. Recebo ele de conchinha, puxo sua mão para meu peito e peço a ele um carinho. Relaxado com seu pau dentro de mim, gozo em cima do lençol, em seguida meu primo também goza. Passamos aquele resto de férias com muito prazer. Voltei pra casa e meu primo ligava sempre pra mim, eu também sentia a falta dele, estou pensando em brincar aqui na minha cidade, mas meus amiguinhos são mais respeitadores.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...