Menina Curiosa (7 anos)

Me chamo Andre e tenho 29 anos. Era sábado e eu estava em casa Junto com minha filha Aline (6 anos) e sua amiguinha Thais (7 anos).

Eu estava sentado no sofá assistindo TV enquanto as meninas estavam sentadas no chão brincando . Estava calor e eu estava sem camisa e vestia um short de jogar futebol. Distraído com a TV eu coloquei o pé no sofá e fiquei mexendo na minha unha. Nisso, sem eu perceber, meu saco saiu pela lateral do short e ficou a mostra. Eu não vi, mas Thais viu, e não tirava o olho dele.

De repente olhei pra ela e percebi o que estava acontecendo. Ajeitei o short e me sentei melhor. Porém reparei que a menina estava inquieta tentando flagrar minha rola de novo. Achei engraçado, sua curiosidade e com o passar do tempo comecei brincar com essa situação. Sem ela saber que era de propósito eu abria e fechava as pernas, ora mostrando ora escondendo meu pau.

No começo era engraçado ver sua carinha de curiosidade, depois fui ficando excitado com aquela situação perigosa e proibida. Minha filha ainda não tinha percebido o que me deixava com mais tesão ainda.

Com o tempo Thais percebeu que eu estava me exibindo de propósito, mas mesmo com vergonha ela não parava de olhar. Ainda mais depois que meu pau ficou duro.

Com o passar do tempo eu resolvi me exibir de vez. Tirei meu pau pra fora e fiquei punhetando, só parava quando minha filha se virava.

A menina estava gostando muito, mesmo na sua inocência ela parecia gostar muito e sabia que era algo proibido, pois quando minha filha olhava ela disfarçava.

Depois de uns 20 minutos nessa brincadeira, resolvi arriscar algo mais íntimo. Mandei minha filha ir buscar água pra mim enquanto ela foi eu puxei Thais pra perto de mim e coloquei a mãozinha dela no meu cacete. Foi algo rápido, não durou um minuto, mas foi tão gostoso que quase gozei. Minha filha apareceu e tivemos que parar rapidamente. Continuei me exibindo, mas queria ir mais longe, afinal talvez nunca mais tivesse outra chance igual essa.

Depois de um tempo bolei um plano. Mandei minha filha ir tomar banho e pra evitar que Thais fosse junto, pedi pra Thais me ajudar arrumar meu quarto. Assim que Aline entrou no banheiro levei a menina para meu quarto. Chegando lá, ela viu que não tinha nada pra arrumar e percebeu logo minha intenção.

Tirei meu short e meu caralho pulou duro pra fora. Ela rapidamente pegou nele e foi matar a curiosidade. Ela apertou, apalpou as bolas, mexeu nos cabelinhos… Segurei sua mãozinha e ensinei como punhetar e embora bem desengonçada até que estava bem gostoso.

Peguei ela no colo e deitei na cama subi seu vestido a altura do pescoço, vi sua calcinha rosa de bichinhos puxei de lado e meti a língua. Estava com um gostinho acredoce e eu suguei com gosto. Chupei, babei, passei a língua no grelinho, Chupei seu cuzinho ela gemia e se contorcia toda. Ficamos nessa brincadeira uns 10 minutos e como estava com medo da minha filha sair do banho resolvi parar e ir direto ao assunto. A coloquei em pé e depois de me punhetar mandei ela me chupar. Ela não queria, pois estava com nojo, mas como meu cacete tava limpinho e Cheiroso consegui fazer ela chupar a cabeça até eu gozar. Ela tentou fugir, mas segurei seus cabelos tipo rabo de cavalo soltei vários jatos na boca de la, só tirei quando ela engoliu tudo. Perguntei se tinha gostado e ela falou que não pois era meio azedo. Ri da sua inocência e fomos pra sala esperar minha filha.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,50 de 6 votos)
Loading...