Duas vezes

Meu nome é carlos,sou negro,1.76 metros de altura,peso 73 kg,tenho 37 anos,divorciado,militar;o que vou contar e real,e como diz o titulo,aconteceu 2vezes mesmo.
Quando tinha 15 anos,meu pai alugou a casa dos fundos pra uma mulher e sua filha,a menina tinha 8 anos e ficava sempre sozinha pois sua mae trabalhava,ela saia as 6 hs e so voltava as 7 hs da noite,a menina era bem esperta e cuidava da casa,esquentava a comida,e ate lavava as roupas,ela de manha saia com a mae e ia para a escola,voltava as 12.30 hs,meu pai era separado de minha mae e eu morava com ele,e tambem ficava sozinho,e tambem estudava de manha,como nao tinha muro entre as casas eu sempre via a menina,começamos a conversar e quiz saber seu nome,em que serie estava;seu nome era flavia e estava na segunda serie,com o passar dos dias ela começou a frequentar minha casa e ficavamos vendo tv,um dia ela veio com um vestidinho curto e eu vi sua calcinha que estava enfiada na raxinha,aquilo me deu tesao e fiquei de pau duro,eu ficava sem cueca e meu pau ficou apontando pra cima no calçao,nao escondi pra ver no que dava,e vi que ela ficava olhando,me levantei e passei perto dela,bebi agua e ofereci a ela,meu pau tinha amolecido e ela olhava procurando o volume,ai ele começou a subir de novo,perguntei o que ela estava procurando e ela desviou o olhar,ai eu falei que sabia e perguntei se ela queria ver,ela balançou a cabeça e tirei o pau, pedi pra segurar e ensinei ela a punhetar,esfreguei sua bucetinha e gozei,espliquei sobre o gozo e paramos,no outro dia ficamos pelados e esfreguei meu pau naquela xereca branquinha,na bundinha e gozei entre suas pernas,ficamos assim por um mes mais ou menos,um dia estava conversando com um colega de escola e ele me contou que tinha metido na bunda de uma prima de 12 anos,ai eu perguntei se tinha entrado e,ele me disse que ficou enfiando o dedo pra alargar,quando cheguei em casa ela logo veio,disse que queria enfiar na bundinha e ela topou na hora,passei um pouco de margarina no cuzinho dela e enfiei o dedo,ela nao reclamou e botei ela me chupando com o dedo no cu,resolvi enfiar outro dedo e com cuidado entrou,fiquei rodando o dedo e quando senti que entrava com facilidade,botei ela de quatro e comecei a enfiar o pau,quando a cabeça entrou,ela reclamou mas eu acalmei ela e fui empurrando,e comecei a meter ate gozar quando ela tinha 10 anos elas mudaram,foram dois anos gozando na bundinha dela,eu ja com 18 anos,passei nas provas de sarguento especialista e fui pra uma outra cidade,casei tive um filho,me separei,17 anos depois, estava de ferias e fui conhecer recife,fiquei hospedado na casa de um amigo de farda que tambem estava de ferias,fui conhecer as praias e quando lanchava numa barraca veio uma mulher e me chamou pelo meu nome,nao reconheci,e ela disse que era a flavia,na hora nao liguei o nome mas ela foi dizendo que morou nos fundos de minha casa e eu lembrei dela; ela se mostrou feliz em me ver e me contou que tinha morado com um rapaz e ele trouxe ela para recife,e ela ficou gravida mas o relacionamento nao deu certo,e ja estava separada a 4 anos,e tinha uma filha de 6 anos,que nunca mais tinha visto o marido,e trabalhava na barraca porque era mais perto da sua casa,falei que estava de ferias e estava na casa de um amigo,so que esse amigo e sua familha eram evangelicos e que eu estava sem jeito ate de tomar umas cervejas,ai veio o inesperado, ela me chamou pra ficar na casa dela,voltei pra casa desse amigo e contei uma historia dizendo que tinha encontrado uma antiga namorada e ela me convidou pra ficar com ela,agradeci o tratamento que recebi e,fui pra barraca esperar flavia sair do serviço; a casa dela era de um quarto e tinha um bom sofa na sala,e eu dormiria ali,a filha dela era bem parecida com a mae so que moreninha,quem olhava ela era a dona da casa,uma senhora idosa,mas a menina ficava praticamente solta no quintal,ela ainda nao estudava e flavia vinha na hora do almoço e cuidava dela,ai ia novamente pra barraca e so voltava as 6 hs da tarde.as vezes levava a menina quando tinha pouco movimento,tomei banho e jantamos um peixe com côco, la pelas 20 horas ela me levou num bar e tomamos algumas cervejas,ela ficou meio alegrinha e começou a relembrar quando ela era minha vizinha,e sobre os dois anos de nossas brincadeiras,eu fiquei meio sem jeito,pois a filha dela estava deitada no sofa com a cabeça no colo,falou que a mae dela nunca desconfiou de nada e que gostava daquela epoca,ai a cerveja começou a dar sono e fomos todos dormir,acordei quando ela estava se preparando pra ir trabalhar,tomei cafe e pouco conversamos,saimos juntos e enquanto andavamos ela disse que eu poderia ter ficado dormindo,eu disse que queria ir ate olinda e voltaria na hora do almoço,ela me esplicou como chegar em olinda e nos depedimos,la tirei varias fotos e tomei cerveja com tira gosto de peixe frito,enquanto bebia fiquei pensando:porra ela falou de quando eu comia ela com 8 anos,e deixar eu dormindo perto da filha,sera que ela nao pensou na possibilidade de rolar o mesmo com a menina,cheguei na barraca quando ela ja estava saindo pro almoço,na casa, dei uma olhada na situaçao de alimentos e falei que iria fazer umas compras,ela disse que nao precisava mas eu inssisti; fiz uma compra com quase tudo,e carnes,doces,biscoitos frutas,leite queijo e tive que pegar um taxi,quando cheguei ela ja tinha voltado pra barraca,a menina estava sozinha e fui arrumando as compras de geladeira pra nao estragar,a menina quando viu o nescal,pediu pra fazer pra ela,qundo fiquei prestando atençao nela,confesso que fiquei de pau duro, ela estava so de calcinha e dava pra ver sua bucetinha,mas,eu me segurei,fui ao banheiro e bati uma pra descarregar,fiquei mais um pouco mas nao tinha tv e eu fui pra barraca tomar umas e entrar no mar pois estava fazendo muito calor,a tardinha voltamos juntos pra casa,tinha comprado duas malas de latinha e ja estava bem gelada,e ficamos bebendo, ela chorou quando viu tudo que comprei,e disse que ela nunca tinha comprado a maioria das coisas,enquanto bebiamos ela me perguntou se eu nao achava a filha linda,eu disse que era parecida com ela quando tinha oito anos,so que morena,ela sorriu e falou que nunca mais tinha dado a bunda,e se eu quisesse ela toparia,quando a menina dormiu fomos meter, ela chupou e comi seu cu e dei uma boa gozada na buceta,ela gozou duas vezes pois fazia tempo que nao transava; eu sou vasectomisado e encharquei ela de porra,tomamos banho e ela me chupou no banheiro,gozei na sua boca,de manha ela saiu e eu fiquei deitado mais um pouco,e ela me pediu pra dar cafe pra menina quando ela acordasse,disse que faria e acho que dormi de novo;acordei com a menina indo ao banheiro,fui pra cozinha e fiz nescal pra nois dois,e comemos bolo que tinha comprado,la pelas 11 horas pedi pra menina tomar banho e pegar roupas pra irmos ate a barraca,eu estava na sala e ela trouxe um chort e blusa pegou uma sandalha e deixou na sofa para minha aprovaçao,disse que estava bom e ela tirou a calcinha na minha frente e foi pro banheiro,fui junto e abri o chuveiro,ja estava de pau duro e botei ele pra fora e fiquei punhtando e ela olhando,gozei no vaso,saimos e la na barraca disse que iamos almoçar num bar do outro lado da rua,depois do almoço ela voltou pra barraca e eu e a menina fomos num brechó que eu tinha visto num outro dia,la comprei uma tv usada e antena,voltamos pra casa no carro do dono do brecho; quando flavia chegou estavamos vendo tv,e ela me deu um abraço e me beijou,de manha acordei e dei o cafe pra menina,ai quando fui ao banheiro ela foi junto e ficou esperando ver meu pau,botei pra fora e mandei ela segurar,e fui seguindo do mesmo jeito que fiz com sua mae,e pedi ela que nao contasse pra ninguem,esfreguei gozei e chupei ela, sua buceta era mais volumosa que a da mae quando era pequena,quando flavia chegou almoçamos e eu sai junto,a tardinha passei na barraca e disse que iria ver o meu amigo,voltei la pelas 9 hs,quando cheguei ela botou a janta e foi ver televisao,acabei de jantar e fui tambem,a menina dormiu e transamos,no outro dia ela estava de folga e ficamos ate tarde conversando,falei da minha separaçao,do serviço,do meu apartamento,que morava sozinho e ela me perguntou se eu tinha achado outra menina depois que ela e a mae se mudaram,disse que nao e que tinha sentido muita falta,so que fui pro quartel e depois me casei e nao pensei mais,mas de vez em quando batia uma quando lembrava,ai ela falou que ali no nordeste era muito comum ter meninas que faziam e tinha umas que bem pequenas ja nao tinham cabaço,ai eu disse; poxa to ficando com tesao,ela riu e disse que se eu quezesse acharia uma,que tinha varias que era facil, falei que ia pensar,e ela riu,faltava 15 dias pra minhas ferias acabar e quando acordamos ja era quase hora do almoço,fui pra cozinha e preparei uma carne assada com batatas e passamos a tarde bebendo,a menina veio e sentou no meu colo, tentei tirar mas ela inssistiu e eu deixei,meu pau ficou duro e me levantei pra mijar pra ver se ele baixava,quando fiquei em pe favia deu uma olhada e deve ter visto ele duro,votei e fiquei meio cabreiro,ai a menina sentou de novo,e me exitei de novo,aproveitei que flavia tinha ido buscar outra cerveja,tirei a menina e ajeitei o pau pra nao aparecer,fiquei de pe e ela me perguntou poque que nao sentava,ai eu falei ;na maior cara de pau ela fica sentando no meu colo e voce sabe né,ela riu e disse que isso era normal no homem,a menina foi brincar com as latinhas vazias e a coisa ficou por ai,no outro dia na barraca ela me mostrou um menina de uns 6 a 7 anos e disse ali uma,ela é vizinha e aquela e a irma mais velha,era uma menina de uns 14 anos,falei que a irma era muito feia e flavia disse que tava falando da menor e que levaria ela pra brincar com a filha e eu podia dar uma gozada pra lembrar dos velhos tempos,e riu,a tarde ela ja chegou com a menina, eu ja tinha brincado com a filha dela e, ela disse que ia na casa de uma amiga e que eu ficasse a vontade,ela saiu e eu comecei a brincar com as duas,a menina vizinha aguentou meu pau na bunda sem nenhum esforço,quando flavia voltou estavamos vendo tv,ela me perguntou ..e ai?,…fiz com o dedo sinal de positivo,ela levou a menina e nao tocamos mais no assunto,de manha ela veio do banheiro e perguntou se entrou na bunda eu disse que sim mas a menina era meio sem graça e fazia por fazer,so deitou e abriu a bunda; que com ela teve uma conquista e foi bem melhor,ela sorriu e mudamos de assunto no outro dia sai e comprei um lubrificante,eu iria comer a bundinha da filha dela,depois do almoço chupei a menina e passei o lubrificante,enfiei o dedo bem devagar e ela aceitou e fui abrindo ela,mas ainda estava apertado,levei tres dias mas botei meu pau,gozei duas vezes sem tirar de dentro,o cu dela ficou arrombado e ela andava de pernas abertas,lavei ela antes da mae chegar e sai pra arejar a cabeça,fiz um lanche na rua e cheguei as 9 horas e senti que flavia me olhou diferente, eu disse que ja tinha jantado e a menina foi dormir, fui transar com flavia e ela perguntou se eu ia ter tesao,mostrei o pau ja duro e metemos,ela foi dormir e eu fiquei pensando sobre a pergunta dela, e tive certeza que ela ja sabia de algo,de manha chamei a menina e perguntei se ela tinha contado pra mae,ela disse que nao mas que flavia olhou o cu dela,ja que estava no assunto meti nela,fiquei em casa o dia todo e a tarde meti de novo,e so limpei o lubrificante,quando flavia chegou disse que iria comprar cigarro,quando cheguei ela estava no quarto com a filha,e a porta estava fechada,ela saiu e abriu uma cerveja, e bebemos juntos,fomos dormir e no outro dia falei com a menina sobre ela e a mae no quarto, e ela disse que a mae olhou sua bunda de novo,e perguntou se eu enfiava ali,ela disse que sim e flavia perguntou se doia,ela disse que so um pouquinho mas era bom,e agora,vou contar pra flavia,mas foi ela que entrou no assunto e disse que estava tudo bem,ai passei a deixar minha porra na menina, sem me preocupar com ter que esconder; minhas ferias acabaram e voltei,deixei um dinheiro com ela e,nunca mais voltei,isso ja faz 4 anos,a menina ja esta com dez,daqui a pouco ela casa e quem sabe se nao vou la comer a filha dela tambem.mas quando cheguei em casa me deu vontade de continuar,,se rolar eu conto

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,80 de 5 votos)
Loading...